ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Leite é agua!

POR STEPHANIE ALVES GONSALES

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 22/03/2022

3 MIN DE LEITURA

0
5

Hoje, 22 de março, é comemorado o Dia Mundial da Água. A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de conscientizar a população internacional sobre questões essenciais que envolvem os recursos hídricos.

Como um dos recursos naturais mais importantes para sobrevivência, a necessidade de uso consciente da água é um ponto que deve ser abordado categoricamente em todos os contextos. Na produção de leite não seria diferente. 

composição do leite engloba diversos componentes, entre eles existem proteínas do soro , caseínagordura láctealactose, vitaminas, sais minerais e a água. O leite possui em sua composição 87% de água. A importância da água no leite deve-se à sua influência em diversas reações, como a de Maillard, oxidação de lipídeos, desenvolvimento microbiano, cristalização da lactose, entre outros. 

E não só no produto final a água é relevante: apenas o oxigênio é mais importante que a água para a vaca, embora o nutriente seja frequentemente negligenciado nas propriedades. Tanto a qualidade quanto a quantidade da ingestão de água são importantes para a produção de leite. 

Fornecer água de qualidade e na temperatura correta é essencial. O rúmen do bovino possui uma temperatura de 37oC graus, aproximadamente. Por isso, se a água servida for muito fria causa um desconforto e uma redução do consumo dessa água de até 20%. 

Realizar análises periódicas da água fornecida aos animais na propriedade é de extrema importância. Fazer análises somente no momento que um problema for detectado significará maiores gastos financeiros para correção de algo que poderia ter sido evitado se houvesse a prática do monitoramento da qualidade da água.

Os principais critérios de qualidade da água são:

  • Propriedades físico-químicas (dureza da água, pH, salinidade);
  • Sensoriais (presença de sabor ou odor que dificultam a ingestão de água);
  • Concentração de compostos tóxicos ou que prejudiquem o desempenho animal (nitratos, sulfatos, metais pesados) e;
  • Microbiológicos (contagem de coliformes, presença de patógenos causadores de doenças).
     

Leia mais sobre isso aqui:

Além da qualidade, a fornecer a quantidade de água necessária para o animal é de extrema importância. A necessidade diária de água varia de acordo com a idade, tamanho, nível de atividade e nível de produtividade do animal. Temperatura ambiente, umidade, disponibilidade e qualidade da água também podem afetar este consumo. Deve-se considerar que parte da água da vaca vem de sua ração e, portanto, menor quantidade de água será bebida quanto mais úmida for a ração.
 

Leia mais sobre isso aqui:

A qualidade e a quantidade da água podem afetar o consumo de ração e a saúde animal, uma vez que ofertar uma água de má qualidade provavelmente resultará na redução do consumo de água e ração, o que impactará na produtividade do animal.

O objetivo da produção animal, seja qual for a espécie, é produzir a maior quantidade, no menor tempo e com a melhor qualidade e segurança, aliada aos mínimos impactos ambientais. Para isso os investimentos em genética, nutrição e ambiência são considerados o tripé dos bons resultados. Mas pouco ou nenhum investimento realmente é focado para se conhecer a água.

Muitos pesquisadores e nutricionistas alertam sobre a necessidade de conhecer melhor a água utilizada e advertem sobre a falta de investimento neste tema mesmo que o aporte financeiro seja significativamente menor do que o necessário para nutrição ou genética, por exemplo.

Leia mais sobre isso aqui:

Produtores tem ganhos reduzidos, empresas captam produtos em menor quantidade e qualidade e fornecedores de insumos veterinários, nutricionais, genética e equipamentos se esforçam para alcançar os resultados prometidos, enquanto a água pode ser o fator chave que facilitaria e/ou encurtaria o processo.

Existem diversos outros pontos importantes que poderíamos discorrer a respeito da necessidade de atenção com a água tendo em vista sua real importância para a produção. A água não deve ser lembrada somente hoje e pesquisas sobre o tema devem ser mais frequentes.

Aqui no MilkPoint você encontra vários artigos sobre o tema que podem ajudar a melhorar sua produtividade e rentabilidade com pequenos ajustes. Confira:

STEPHANIE ALVES GONSALES

Zootecnista formada pela Universidade Estadual de Maringá e pós-graduada em Gestão do Agronegócio, Assistente de Conteúdo MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint