ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Qualidade da água: 1 - importância para os animais

VÁRIOS AUTORES

PRODUÇÃO

EM 11/05/2007

6
0
Para se manter no sistema produtivo o pecuarista deve buscar alternativas para intensificar a produção em sua propriedade, as opções para tal seriam através de: melhorias no potencial genético dos animais, na qualidade da alimentação fornecidas aos animais e na sanidade de seu rebanho. Estes três fatores agindo em conjunto proporcionarão um aumento nos índices zootécnicos da fazenda, reduzindo desta forma o ciclo de produção, abatendo animais mais jovens de alta qualidade, aumentando o giro de capital na propriedade.

A água é um nutriente essencial para todos os seres vivos, nos animais ela corresponde a cerca de 50% a 80% do peso vivo. Por ser o constituinte de maior abundância no organismo, a quantidade e qualidade da água fornecida aos animais é de fundamental importância para o seu desempenho produtivo, ela deve ser limpa, inodora, incolor, insípida e abundante.

Segundo Campos (2006), a água ingerida pelos bovinos tem a função de nutrição do tecido celular e compensar as perdas ocorridas pelo leite, fezes, urina, saliva, evaporação (suor e respiração) e também para manter a homeotermia (temperatura do corpo constante), regulando a temperatura do corpo e dos órgãos internos.

A quantidade diária de água exigida por bovinos e ovinos é influenciada por diversos fatores tais como temperatura ambiente, peso, idade, fase da vida do animal (prenhez, engorda, crescimento) e o consumo de matéria seca. O fornecimento inadequado de água diminui o consumo alimentar prejudicando a performance do animal. A Tabela 1 ilustra a ingestão de água diária necessária para bovinos de acordo com o peso e em função da temperatura ambiente. (NRC)

Tabela 1. Exigências diárias de água (L) para bovinos (peso em função da temperatura ambiente).


Fonte: NRC

A maioria das propriedades utilizam aguadas provenientes de açudes, onde a água é capitada no período das chuvas, não ocorrendo renovação, e onde os animais entram, defecam e urinam, podendo provocar diferentes doenças. De acordo com Cervoni (2006), a principal fonte de contaminação de cistercose é a água poluída. Neosporose, toxoplasmose e eimeriose são enfermidades causadas por protozoários e que podem contaminar os bovinos por meio de ingestão de água contaminada.

Dentre as causadas por bactérias, destacam-se a brucelose, salmonelose, botulismo hídrico e outras. Uma forma de prevenção, ou de, pelo menos, diminuir a incidência dessas enfermidades é o fornecimento de água com qualidade. A água com qualidade comprometida, pode ser responsável pela perda de peso, falta de apetite, transtornos alimentares, e até levar o animal à morte.

Apesar do aparente custo elevado na instalação de bebedouros numa propriedade, este investimento é de fundamental importância, pois além de possibilitar o fornecimento de água de qualidade para os animais, aumentando os índices zootécnicos, também faz com que reduza os riscos de erosão e assoreamento de córregos e nascentes de rios, provocados pelos trilheiros dos animais, quando estes vão em busca das fontes naturais de água.

Olhar com atenção o fornecimento de água aos animais pode contribuir para um melhor desempenho animal garantindo uma produção mais eficiente do rebanho.

Nos próximos artigos serão abordados temas como: parâmetros da qualidade da água, posicionamento e tipos de bebedouros. Informações de dimensionamento de bebedouros podem ser encontrados no artigo: Pastejo rotacionado. 3. Dimensionamento de cochos e bebedouros.

Referências bibliográficas:

CAMPOS, A.T. Importância da água para bovinos de leite. Instrução técnica para o produtor de leite, n 31, ISSN N° 15183254. Embrapa Gado de Leite. Juiz de Fora (MG), março 2006.

CERVONI, J.E. Água - Fonte de vida (quando não contaminada). acesso em 25/04/2007.

PATRICIA MENEZES SANTOS

NINO RODRIGO CABRAL DE BARROS LIMA

6

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

RENATO FINOTTI

CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 23/02/2010

Bom dia!
Tenho um cliente que está com problemas na água utilizada para o gado.
Esta água deixa as roupas manchadas de escuro e é utilizada na criação. O gado está comendo pouco e não está, segundo ela, retendo os minerais, com isso vem perdendo peso.
Quais os parâmetros a serem analisados nessa água que podem estar influenciando na nutrição (desenvolvimento) destes animais.
ISRAEL DOMINGUES GUIMARÃES JUNIOR

ARAGUAÍNA - TOCANTINS - PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE

EM 06/09/2007

Dr. Patrícia Menezes, acredito eu que a temperatura da água interfere sim no ganho do peso animal, uma vez que ela pode interferir no processo das bactérias. Como essas bactérias trabalham em uma temperatura relativamente alta não seria nada interessante que a temperatura da água ingerida pelo animal esteja muito menor que a temperatura do rúmen, que poderia causar um retardamento das atividades das bactérias e conseqüentemente um prejuízo no ganho de peso final.
LINCOLN CORREIA

SÃO PAULO - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 28/05/2007

Os protocolos de boas práticas agropecuarias tem como obrigatório o uso de água, utilizando bebedouros artificiais e sempre proceder a ánalise da água.
MARCIO PELLE

GUARACIABA - SANTA CATARINA - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 22/05/2007

Ótimo artigo, também é importante salientar não só a importância da água consumida pelos animais, mas também a preservação ambiental de todos os pontos de água da propriedade com vistas ao grande impacto ambiental que a atividade provoca ao meio ambiente quando utiliza-se como bebedouros os açúdes, nascentes, córregos, rios etc, dando acesso direto dos animais a estes locais. No entanto é importante a conscientização dos produtores em instalar bebedouros em pontos estratégicos das pastagens, que evitem a degradação ambiental e conseqüentemente melhore a qualidade da água que o produtor irá fornecer a seu rebanho.
GLADSTON MACHARETH

CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

EM 20/05/2007

Excelente artigo.

O produtor precisa ter conhecimento da qualidade da água disponibilizada ao seu rebanho.
VALDIR PERIN SOUSA

OUTRO - GOIÁS - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 19/05/2007

Bom dia.

Eu queria saber se tem alguma temperatura de água ideal para o animal em terminação ou mesmo na fase de recria. Se isso interfere no desenvolvimento do mesmo.

Obrigado,

Valdir

<b>Resposta da autora:</b>

Prezado Valdir,

Apesar de algumas pessoas comentarem sobre a importância da temperatura da água para o desempenho dos animais, não conheço dados científicos que comprovem esta afirmação.

Atenciosamente,

Patricia Santos