ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Mentiras do leite: o que deveria ser falado só em 1º de abril (ou nem isso)

POR STEPHANIE ALVES GONSALES

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 01/04/2022

7 MIN DE LEITURA

10
10

Atualizado em 01/04/2022

Acredite se quiser: mesmo com a atual facilidade de encontrar informações, muitas pessoas ainda acabam se perdendo entre fake news e histórias que deveriam ser contadas só em 1º de abril (ou nem isso!), afinal, não passam de uma boa mentira.

É comum você ouvir por aí sobre exploração de animais, produto com conservantes, degradação do meio ambiente e tantas outras afirmações que não são baseadas em estudos ou pesquisas e acabam confundindo o consumidor a respeito de um produto tão nobre e importante.

A realidade é uma só: o leite e seus derivados são produtos altamente nutritivos e a produção de leite é uma atividade permeada de muito cuidado, carinho e dedicação por parte dos produtores e profissionais da área.

Mas, aproveitando o famoso 1º de abril, conhecido como Dia da Mentira, vamos trazer algumas mentiras relacionadas ao leite para que não haja mais dúvidas sobre esse produto incrível que é o leite.
 

“As vacas são maltratadas e exploradas para produzir leite”

Animais estressados não expressam seu potencial produtivo. Animais estressados geram custos exacerbados aos produtores. Animais estressados não emprenham. Resumindo: animais estressados não trazem nenhum benefício a produção leiteira. Será mesmo que o produtor iria manter os animais estressados?

Os investimentos para isso estão cada vez mais frequentes e ou produtores e técnicos estão sempre focados em ofertar uma qualidade de vida que proporcione bem-estar ao animal, trazendo instalações adequadas e nutrição ideal para que o rebanho esteja sempre em conforto e tranquilidade.

Você pode conferir algumas informações sobre a importância de manter os animais em conforto e tranquilidade nessas matérias:

 

“As barras coloridas no fundo da caixinha do leite UHT é porque o leite é reprocessado”

As pessoas acreditam que os quadradinhos coloridos na caixinha de leite UHT (figura 1) são produtos que já entraram no mercado, foram reprocessados pela indústria e voltaram para as prateleiras. Isso gera muita confusão, principalmente para as pessoas sem conhecimentos sobre tecnologia de alimentos.

Figura 1. Barras coloridas para teste de impressão 


Fonte da imagem: GZH- Jean Pimentel / Agência RBS

Essa informação é completamente mentira! As barrinhas coloridas no fundo da caixinha de leite, na verdade, são devido a um teste de cores para garantir a qualidade de impressão nas embalagens e não tem nada a ver com o produto em si. Dessa forma, não é necessário que esse teste seja feito em 100% das embalagens, por isso tem caixinhas de leite que apresentam as barras coloridas e outras não.
 

“Leite de caixinha não estraga porque tem vários conservantes artificiais”

Mais uma clássica que ouvimos por aí a respeito do leite: conservantes! A esterilização realizada no leite através do processo UHT - “ultra higth temperature” - tem como objetivo a obtenção de um produto bacteriologicamente estéril. Após o tratamento térmico, o leite é acondicionado assepticamente em embalagens estéreis, de tal maneira que não é preciso o uso de conservantes.

Sendo assim, a esterilização comercial indica que o leite UHT é microbiologicamente estável, contribuindo para uma maior shelf life (vida de prateleira) sem a necessidade de adicionar conservantes ao produto.
 

Quando houver necessidade, pode argumentar a favor do leite UHT com as informações destes artigos:

·

“Não precisa tomar leite na fase adulta"

"O ser humano é o único mamífero que bebe leite depois de adulto”

Sim! Somos os únicos a tomar leite quando adultos. Mas também somos os únicos a comer chocolate, os únicos que fazem compras no shopping e os únicos que leem livros. Ser único não significa ser pior ou melhor. O leite é considerado um alimento completo, contém proteínas, fósforo, potássio e zinco, além de ser a maior fonte de cálcio e importante fonte de vitaminas A, D, B2 e B12.  

Os nutrientes do leite são essenciais em todas as fases da vida e consumir cálcio é vital para manter um nível adequado no sangue para que o organismo não consuma cálcio dos ossos, gerando problemas como a osteoporose, por exemplo. Existem no mercado leites e derivados com lactose reduzida ou mesmo com 0% de lactose, o que permite o consumo de lácteos por pessoas intolerantes. O leite A2 é uma alternativa para quem tem um tipo específico de alergia. Opções não faltam e recomendações de consumo também.

O leite pode contribuir para prevenção de doenças do coração, diabetes e controla nível de colesterol no sangue. Estudos recentes indicam o consumo de lácteos para um envelhecimento saudável e mais forte. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é de três porções por dia de lácteos.

Veja essas matérias que abordam o assunto tomando seu copo de leite:

 

“A produção de leite prejudica o planeta”

A bovinocultura é frequentemente apontada como grande emissora de gases do efeito-estufa e isto leva a discussões sobre a diminuição do consumo de leite e carne. Com o aumento do foco no tema devido a COP26, o assunto acaba levantando polêmicas.

Mas, afinal, as vacas e as mudanças climáticas estão realmente relacionadas?

Os bovinos possuem o rúmen, um órgão que contém bactérias capazes de degradar as gramíneas através de um processo químico que resulta em CH4 – gás metano -, que é expelido ao meio ambiente por meio da eructação dos animais. O metano permanece na atmosfera por um curto período, mas absorve mais energia térmica do que o CO2, o que faz algumas pessoas acreditarem que cause danos ao planeta e gera novos questionamentos em torno dos rebanhos bovinos e sua responsabilidade perante as mudanças climáticas.

Porém, a existência de rebanhos bovinos não é algo recente. Os bovinos existem há milhões de anos e a emissão de metano deles acontece desde sempre, ou seja, se os rebanhos de grandes animais dos períodos pré-industriais não foram capazes de aquecer o planeta ao longo dos milhões de anos, não serão os rebanhos de animais domesticados que o farão.

Os ruminantes não podem ser os únicos responsabilizados pelas mudanças climáticas mas, claro, devemos nos esforçar para minimizar os impactos causados e trabalhar cada vez mais com sustentabilidade na bovinocultura.

Você pode conferir algumas matérias que mostram pesquisas e dados sobre a influência (ou não) das vacas em problemas com o meio ambiente:

“Gestantes não podem consumir leite e nem derivados”

A falta de consumo do leite e derivados durante a gestação coloca o bebê em risco devido uma série de possíveis deficiências nutricionais que a ausência dos nutrientes componentes do leite pode causar.

Diante disso, fica mais do que evidente que é importante e necessário que a gestante consuma alimentos lácteos, evitando somente em casos de recomendações médicas, intolerância à lactose, alergia ao leite, ou outros problemas decorrentes da ingestão, casos que são considerados raros.

Mantenha-se informado sobre isso com essas matérias:

“Não pode tomar leite com manga que dá ‘nó nas tripas’”

Todo mundo já ouviu a vó ou o tio falar que não pode associar o leite com a manga. Isso não passa de mais uma mentira.

Na verdade, é um mito que se arrasta desde a época da escravidão, quando os senhores de engenho, com intuito de diminuir o consumo de leite pelos escravos e obter maior sobra para comercialização, diziam que tomar o leite e comer manga poderia causar morte. A fartura da fruta fazia com que os escravos optassem por consumi-la e evitassem o leite, fazendo com que houvesse maior sobra para comercialização. Daí que vem esse mito que até hoje se manifesta.

A realidade é que a combinação de leite com manga faz bem para a saúde, pois são alimentos saudáveis e de alto valor nutritivo.
 

É possível passar horas citando várias mentiras que contam sobre o leite e todos os processos que permeiam a cadeia leiteira, infelizmente. Torcemos para que as informações sobre esse alimento e sua produção sejam disseminadas de forma correta e retratando a realidade, e que afirmações falsas como essas citadas no texto sejam vistas somente em 1º de abril.

Temos aqui no MilkPoint um artigo que trás vários mitos e verdades sobre o leite, abordando outras mentiras que espalham a respeito de um produto tão nobre. 

E você, já ouviu muita mentira mal contada por aí a respeito do leite? Conte pra gente nos comentários as mais absurdas.

STEPHANIE ALVES GONSALES

Zootecnista formada pela Universidade Estadual de Maringá e pós-graduada em Gestão do Agronegócio, Assistente de Conteúdo MilkPoint.

10

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LAYSA PIRES

PICOS - PIAUÍ

EM 11/04/2022

Parabéns... por essas valiosíssimas informações. Concordo plenamente cm vcs do milkpint.com.br. DEUS ABENÇOE SEMPRE TODOS VCS
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 11/04/2022

Bom dia, Laysa.
Amém! Muito obrigada pelo comentário e elogios.
Espero sempre vê-la por aqui. Continue nos acompanhando!

Um abraço, fique com Deus e ótima semana!
ELIZANGELA ALMEIDA SANTOS

SANTO ANDRÉ - SÃO PAULO

EM 07/04/2022

Nunca acreditei nessas mentiras, amo leite.
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 07/04/2022

Olá, Elizângela! Bom dia..
Que bom!! O leite realmente é um alimento incrível.

Obrigada pelo comentário. Continue nos acompanhando!
Abraços e até mais!
WESLEY MATEUS

EM 07/04/2022

Muito bom!
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 07/04/2022

Bom dia, Wesley!
Obrigada pelo comentário. Fico feliz em tê-lo por aqui.
Continue nos acompanhando!

Abraços, ótimo dia!
ANISIO MUNHOZ

MARINGÁ - PARANÁ

EM 05/04/2022

Obrigado pela informação
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 05/04/2022

Boa tarde, Anisio!
Obrigada pelo comentário e por nos acompanhar.
Espero vê-lo sempre por aqui.

Abraços e ótima noite!
KATIA PANIAGO DE OLIVEIRA MACIEL

GOIÂNIA - GOIÁS

EM 05/04/2022

Excelente matéria!
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 05/04/2022

Boa noite, Katia!
Muito obrigada. Feliz em vê-la por aqui.
Continue nos acompanhando.

Abraços!
MilkPoint Logo MilkPoint Ventures