ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Agricultura regenerativa como alternativa de produção

POR STEPHANIE ALVES GONSALES

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 22/12/2020

3 MIN DE LEITURA

2
4

O termo “agricultura regenerativa” foi elaborado pelo americano Robert Rodale, que se baseou em teorias de hierarquia ecológica para estudar os processos de regeneração nos sistemas agrícolas ao longo do tempo. É um conceito ligado à possibilidade de produzir recuperando os solos.

O terceiro dia do Dairy Vision 2020, evento que ocorreu de forma online entre os dias 01/12 e 04/12, iniciou o terceiro dia com a sessão 5 abordando os temas: O setor lácteo, sustentabilidade e comunicação. A discussão permaneceu em torno da sustentabilidade e de métodos alternativos para produção, o que vem se tornando cada vez mais significativo uma vez que os consumidores se tornam cada dia mais interessados em saber qual a origem dos produtos que consomem e se os métodos de produção não agridem o meio ambiente. Dentre os convidados renomados, Elizabeth Whitlow, diretora executiva da Regenerative Organic Alliance, abordou o tema “Agricultura Regenerativa: o que é, como aplicar e perspectivas.”

O termo “agricultura regenerativa” foi elaborado pelo americano Robert Rodale, que se baseou em teorias de hierarquia ecológica para estudar os processos de regeneração nos sistemas agrícolas ao longo do tempo. É um conceito ligado à possibilidade de produzir recuperando os solos. Sua proposta visa a regeneração e manutenção de todo o sistema de produção alimentar, incluindo as comunidades rurais e os consumidores. Essa regeneração da agricultura deve levar em conta, além dos aspectos econômicos, as questões ecológicas, éticas e de igualdade social.

Em sua palestra, Elizabeth enfatiza que quanto mais o tempo passa, mais significativo a prática vem se tornando: “O termo “regenerativo” tem sido usado com muita frequência nos últimos anos à medida que mais e mais pessoas tem se convencido do poderoso potencial presente nas práticas regenerativas”. A agricultura regenerativa tem como princípio básico a proteção e o não esgotamento de recursos naturais do solo, eliminando o uso de agrotóxicos e pesticidas e criando um ambiente sustentável para o cultivo de alimentos. 

A importância dessa linha de pensamento voltado para a preservação tem se tornado importante para produtores e indústrias e Elizabeth ressalta que a Regenerative Organic Alliance existe para promover o mais alto padrão em agricultura e para isso, tem como base três pilares de sustentação. São eles: saúde do solo, bem-estar animal e justiça social para os agricultores e trabalhadores agrícolas.

Seguindo essa premissa, Elizabeth afirma que os consumidores têm buscado saber o que estão comendo, e optando por alimentos saudáveis, e grandes empresas têm colocado em seus objetivos uma produção com mínimo possível de agressão ao solo e meio ambiente, como é o caso da Danone.

O tema “Agricultura regenerativa” foi debatido durante um evento promovido pela empresa. “A agricultura e a natureza são o coração do que oferecemos aos consumidores e à sociedade. A agricultura define a maneira como cultivamos nossos ingredientes, além de representar a maior parte de nossas emissões de carbono”, disse o diretor de operações da empresa, Henri Bruxelles. Da mesma maneira, a Nestlé é outra empresa que acredita no conceito da regenerativo, e incentiva seus produtores a adotar práticas mais sustentáveis de produção.

Dessa maneira, a perspectiva futura é que se torne cada vez mais comum empresas buscando métodos se produção que sejam menos agressivos uma vez que a tendência dos consumidores de se preocupar com a preservação só tende a crescer. “A agricultura não precisa ser problema, ela pode ser solução para um dos maiores problemas da atualidade”, completa Elizabeth.

Dairy Vision 2020
O evento realizou sua primeira edição on-line entre os dias 1 e 4 dezembro e contou com 30 palestras com palestrantes de 14 países diferentes, proporcionando aos 350 participantes do evento uma experiência e visão global do setor de lácteos. O Dairy Vision 2020 foi realizado pela AgriPoint em parceria com diversas indústrias do setor. A equipe AgriPoint agradece a participação de todos que tornaram esta edição um grande sucesso. Nosso próximo encontro já está com data marcada: dias 24 e 25 de novembro de 2021, em Campinas/SP. Nos vemos no Dairy Vision 2021, até lá!

STEPHANIE ALVES GONSALES

Zootecnista formada pela Universidade Estadual de Maringá e pós-graduada em Gestão do Agronegócio, Assistente de Conteúdo MilkPoint.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JURANDI LAVOR ROLIM

GOIÂNIA - GOIÁS

EM 23/12/2020

Realmente o ser humano precisa mudar os rumos da exploração que vem fazendo da nossa fonte de vida. Sem carro, telefone, internet e uma série de outros apetrechos que o homem desenvolveu, biologicamente sobrevivemos; mas, sem água e alimento, a raça Homo Sapiens estará fadada ao extermínio.
O que dizer da Agricultura Sintrópica criada no sul da Bahia pelo pesquisador Ernst Gotsch, que faz experiências nesta área desde 1980? (Site Agenda Gotsch).
Gostaria de receber feed back.
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 23/12/2020

Olá Jurandi! Como vai?
Com certeza sua observação é muito verídica. A urgência de evoluir os métodos de exploração nunca foi tão necessária.

A Agricultura Sintrópica parte dos mesmos princípios que a Regenerativa citada no texto, focando na organização, integração, equilíbrio e preservação de energia no ambiente. De forma geral, todas as práticas que são voltadas à preservação e a diminuição de danos ao meio ambiente devem ser vistas com bons olhos e praticadas cada vez mais.
MilkPoint AgriPoint