ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Comércio global de lácteos cresce em 2020

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 19/04/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

O comércio global de produtos lácteos aumentou 2,8% em 2020, apesar do impacto que a pandemia teve nos mercados e nas economias, conforme o último relatório da Eucolait. O desempenho entre as diferentes categorias de produtos foi misto.

O comércio de queijo, leite em pó integral e soro em pó aumentou. As exportações globais de manteiga e leite em pó desnatado caíram no ano, mas isso se deveu aos altos volumes sendo comercializados em 2019.

A União Europeia (UE) + Reino Unido foi o maior bloco exportador, respondendo por 31% dos volumes de exportação em leite equivalente. A Nova Zelândia e os Estados Unidos são o segundo e o terceiro maiores exportadores, respectivamente. A China foi o maior mercado importador, impulsionado pela recuperação da demanda por soro em pó após uma queda em 2019.

 

Queijo

O comércio global de queijos cresceu 2% em 2020, com as exportações da UE + Reino Unido crescendo 7%. As exportações de queijo para o Japão aumentaram 13%, auxiliadas por um novo acordo comercial; em contraste, a disputa de aeronaves e as tarifas retaliatórias significaram que as exportações para os EUA caíram 10%.

A UE + Reino Unido também conseguiu ganhar uma pequena parte da participação no mercado global de queijos, em detrimento dos EUA, Nova Zelândia e Austrália em 2020.

 

Manteiga

O comércio global de manteiga caiu 8% em 2020 em comparação com 2019, mas a UE + Reino Unido contrariou a tendência e aumentou as exportações em 17%. Este crescimento foi suportado por preços competitivos, com as exportações particularmente elevadas no primeiro semestre do ano. No entanto, o outro grande exportador, a Nova Zelândia, recuperou terreno na segunda metade de 2020.

 

Leite em pó

O comércio de pó foi misto, com alguns pós crescendo no comércio, mas outros encolhendo. Em 2019, as exportações de leite em pó desnatado receberam um impulso extra da Europa, eliminando os estoques de intervenção, de modo que 2020 foi menor em comparação.

A China foi o principal destino de leite em pó integral e desnatado, apesar das menores importações de ambos em comparação com 2019. Em 2020 foi a primeira vez, desde o pico de 2013/14, que a China foi o principal importador de leite em pó desnatado.

 

Reino Unido

Para o Reino Unido, o comércio de lácteos caiu em geral em 2020, quando a pandemia atingiu a demanda em seu principal destino, a UE. Olhando para o futuro, o comércio de lácteos deve aumentar à medida que o mundo se recupera da pandemia. A Organização Mundial de Comércio (OMC) previu uma recuperação "forte, mas desigual" para o comércio global geral em 2021, com o volume total de mercadorias crescendo 8% em 2020.

Embora a demanda no Reino Unido e seus destinos de exportação devam se recuperar, o atrito comercial por deixar totalmente a UE já impactou as exportações do início de 2021 e pode impactar em quanto a recuperação beneficia nossas exportações.

As informações são da AHDB, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint