ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Membrana do glóbulo de gordura do leite como promotor da saúde

POR RAMON DA SILVA ROCHA

E ADRIANO GOMES DA CRUZ

ADRIANO GOMES DA CRUZ

EM 09/08/2021

3 MIN DE LEITURA

3
8

A Membrana do Glóbulo de Gordura do Leite (MGGL) possui papel fundamental na preservação dos glóbulos de gordura sob a ação de fatores externos, como ação enzimática, por exemplo, além de atuar como importante emulsificante na indústria de alimentos e bebidas. Basicamente, são divididas em três camadas, formando uma mistura bastante complexa de lipídeos, proteínas e carboidratos.

Muito se discute sobre suas interferências tecnológicas, que são importantes de serem atentadas, como, por exemplo, sua utilização em queijos com baixo teor de gordura devido à alta capacidade de retenção de água por parte dos fosfolipídios. Porém, existem outros fatores importantes a serem discutidos quando o assunto é MGGL, principalmente sua relação direta com a manutenção da saúde.

A MGGL é formada principalmente por proteínas e gorduras, que em suas frações menores são excelentes fontes de compostos bioativos importantes para saúde. Compreender o teor de micronutrientes presentes na fração lipídica pode aumentar a possibilidade de utilização tecnológica, gerando assim produtos com alto valor agregado.

Ao se desnatar um leite integral, a MGGL pode sofrer alterações em sua estrutura devido a ações mecânicas que ocorrem no interior da desnatadeira. Por isso, para o isolamento mantendo suas propriedades sem sofrer importantes alterações, são necessários quatro etapas, que envolvem concentração e centrifugação; lavagem do creme para remoção de outros compostos que não os glóbulos de gordura e por fim a utilização de detergentes, sais biliares, ou congelamento e descongelamento a fim de desestabilizar os glóbulos de gordura.

A MGGL é então isolada por meio de microfiltração, liofilização, sedimentação ultracentrífuga e também spray drying. Também pode ocorrer o isolamento a partir de soro e leitelho. É uma alternativa interessante de aproveitamento desses resíduos, porém sua composição rica em compostos solúveis em água (como lactose e algumas proteínas) faz com que o processo de obtenção seja diferente da utilizada no leite integral.

A composição final da MGGL pode ser afetada por fatores relacionados à genética do animal, nutrição e fisiologia, podendo também sofrer alterações conforme a metodologia empregadas para o isolamento da mesma. Ao mesmo tempo, em virtude de sua complexa e rica composição promove diversos benefícios para saúde quando administrados de forma correta.

membrana globulo de gordura do leite

 

membrana globulo de gordura do leite

 

MGGL possuem compostos biologicamente ativos que atuam contra bactérias e vírus causadores de infecções. Estudos com suplementação de fórmulas infantis com MGG demonstraram resultados positivos, reduzindo casos de diarreia e sangue nas fezes, além de aumentar níveis de zinco, vitamina B12 e aminoácidos. São importantes também na inibição do crescimento celular descontrolado, reduzindo o risco de surgimento de câncer.

Frações lipídicas da MGGL já demonstraram benefícios com relação a doenças neurais, como Alzheimer, além de estimularem a produção de neurotransmissores que são importantes para a memória.

Além disso, alguns de seus metabólitos auxiliam na melhora de respostas inflamatórias e imunológicas. Há também relatos de serem importantes contra o crescimento de microrganismos patogênicos no intestino.

Muito já se descobriu acerca da membrana do glóbulo de gordura do leite, avanços importantes foram dados a partir de descobertas genéticas, funcionais e tecnológicas, bem como maior conhecimento sobre sua obtenção, isolamento e utilização. Como, por exemplo, a sua introdução em fórmulas infantis, que visam equilibrar a composição com relação ao leite materno.

Apesar de bastante avançado, ainda há muito a se explorar com relação à utilização de MGGL em produtos lácteos, bem como a necessidade de novos estudos evidenciando benefícios funcionais e tecnológicos.

 

Referências

Abd El-Salam, M. H., El-Shibiny, S. Milk fat globule membrane: An overview with particular emphasis on its nutritional and health benefits. International Journal of Dairy Technology, 2020.

Kuchta, A. M., Kelly, P. M., Stanton, C., Devery, R. A. Milk fat globule membrane - a source of polar lipids for colon health? A review. International Journal of Dairy Technology, v.65, n.3, p.315–333, 2012.

Manoni, M., Cattaneo, D., Mazzoleni, S., Giromini, C., Baldi, A., Pinotti, L. Milk Fat Globule Membrane Proteome and Micronutrients in the Milk Lipid Fraction: Insights into Milk Bioactive Compounds. Dairy, v.2, n.2, p.202-217, 2021.

Raza, G.S., Herzig, K., Leppaluoto, J. Invited review: Milk fat globule membrane—A possible panacea for neurodevelopment, infections, cardiometabolic diseases, and frailty. Journal of Dairy Science, 2020.

RAMON DA SILVA ROCHA

Programa de Pós-Graduação em Hig. Vet. E Proc. Tec. de POA, Faculdade de Veterinária,Universidade Federal Fluminense - UFF, Niterói, RJ e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Departamento de Alimentos, Rio de Janeiro, RJ

ADRIANO GOMES DA CRUZ

Engenheiro Químico, Doutor em Tecnologia de Alimentos (UNICAMP), Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) - Departamento de Alimentos.

3

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SERGIO CHAVEZ

INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 17/08/2021

Que intereante estudio y presentacion. Un valor mas para la leche.
REGIS NUNES FERREIRA LEITE

LAGOINHA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/08/2021

Ótimo artigo, como pediatra , vejo as nossas vacas leiteiras ajudando e aprimorando as fórmulas lácteas com MGGL e como produtor leiteiro se abre um campo na diferenciação do uso do leite
RAMON DA SILVA ROCHA

NITERÓI - RIO DE JANEIRO - PESQUISA/ENSINO

EM 11/08/2021

Olá Regis. Agradeço pelo feedback. Um abraço!
MilkPoint AgriPoint