ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Soro e leitelho na produção sustentável de alimentos

VÁRIOS AUTORES

INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 11/08/2021

2 MIN DE LEITURA

0
28

O interesse por alternativas que minimizem os efeitos da poluição ambiental são crescentes e tornam-se cada vez mais necessárias, devido as recentes mudanças climáticas.

Os resíduos gerados durante o processamento do leite e derivados são altamente poluentes e o descarte inadequado, isto é, sem tratamentos adequados causam poluição ambiental. Este impacto é gerado principalmente pela lactose — principal açúcar do leite —, o maior constituinte do processo de difícil degradação.

Uma forma das indústrias de laticínios reduzirem o descarte dos coprodutos da fabricação de derivados lácteos, como é o caso do soro de leite, é o aproveitamento em formulações alimentícias, devido às múltiplas funcionalidades e propriedades tecnológicas.

Atualmente, existem inúmeras versões de bebidas lácteas fermentadas, ou não, com propriedades probióticas e prebióticas, tendo como principal ingrediente o soro de leite. Além disso, o soro de leite em pó é uma opção sustentável que contribui para minimizar os efeitos do descarte no leito dos rios.

Ainda, conforme Alves et al. (2014) a separação por membranas e a secagem por atomização do soro de leite, permitem a obtenção de bebidas energéticas proteicas, concentrados proteicos, isolados proteicos e frações proteicas do soro isoladas.

Na fabricação da manteiga utiliza-se o creme de leite oriundo do desnate/padronização do leite, ou, o creme gerado pelo desnate do soro de leite. Desta forma, surge o leitelho, definido como o coproduto da fabricação da manteiga e contém uma mistura de componentes derivados do leite desnatado e membranas dos glóbulos de gordura do leite.

Para Ramos et al. (2021) o sorvete com substituição total de leite desnatado por leitelho apresentou melhores características físico-químicas e sensoriais que o sorvete convencional.

Nesse sentido, o soro de leite e o leitelho são coprodutos atuais e emergentes capazes de agregar valor às indústrias processadoras de alimentos, além de reduzir os impactos no meio ambiente.

 

Leia também:

 
Referências

ALVES, M. P.; MOREIRA, R. O.; RODRIGUES JÚNIOR, P. H.; MARTINS, M. C. F.; PERRONE, I. T.; CARVALHO, A. F. Soro de leite: tecnologias para o processamento de coprodutos. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, v. 69, n. 3, p. 212-226, 2014.

RAMOS, I.; SILVA, M.; ANTUNES, V.; PRAXEDES, C.; OLIVEIRA, M. Development of ice cream with added buttermilk. Brazilian Journal of Food Technology, v. 24, e2020237, 2021.

MARCO ANTÔNIO PEREIRA DA SILVA

Doutor em Ciência Animal pela Universidade Federal de Goiás, Professor do IF Goiano - Campus Rio Verde, GO

JUAN CARLOS ROBERTO SAAVEDRA MORE

Ingeniero Agroindustrial e Industrias Alimentarias, Universidad Nacional de Piura - Peru, Mestre em Ciência Animal pela Universidade Federal de Goiás - Campus Samambaia, Goiânia, GO.

THAMARA VENÂNCIO DE ALMEIDA

Médica Veterinária, Doutora em Ciência Animal pela Universidade Federal de Goiás - Campus Samambaia, Goiânia, GO.

MARIA SIQUEIRA DE LIMA

Engenheira de Alimentos pelo IF Goiano - Campus Rio Verde, GO, Mestre em Tecnologia de Alimentos pelo IF Goiano - Campus Rio Verde, GO, Doutoranda em Ciências Agrárias - Agronomia pelo IF Goiano Campus Rio Verde, GO.

GIVANILDO DE OLIVEIRA SANTOS

Educador Físico e Mestre em Tecnologia de Alimentos pelo Instituto Federal Goiano - Campus Rio Verde

JOÃO VITOR TEIXEIRA DA CUNHA

Acadêmico de Zootecnia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde, GO

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint