ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Márcio Hamm, da Melkstad: "valorizamos muito a nossa mão de obra, pois sem ela, não fazemos nada"

Segundo o Top 100 2018 elaborado pela AgriPoint, o Grupo Melkstad comercializou no ano passado 13.759.177 litros de leite, aparecendo na sétima posição entre os maiores produtores de leite do Brasil.  Produzindo em média de 37.696 litros de leite por dia, a agropecuária foi uma das que mais expandiu a sua produção, com um incremento de 8.445 litros por dia comparado a 2016, uma variação de 29%. Também, a propriedade teve forte incremento no acumulado na produção de leite nos últimos quatro anos (2013 a 2017), obtendo 31.209 litros/dia de acréscimo.

Márcio Hamm, Gerente Operacional da MelkstadSegundo Márcio Hamm, Gerente Operacional da Melkstad, quando se mudaram em 2015 para a própria fazenda, possuíam 240 vacas em lactação. “Vieram conosco também os nossos funcionários que, na época, eram sete casais, ou seja, 14 pessoas. Em 60 dias de mudança, compramos mais um rebanho de 300 vacas em lactação e assim, dobramos o plantel, surgindo a necessidade de uma gestão melhor e diferente. Viemos de um negócio pequeno, pois começamos com 50 cabeças”.

Para aprofundar os conhecimentos na área de gestão, Diogo Vriesman, sócio e presidente da Melkstad, buscou auxílio externo junto à Clínica do Leite e por meio do Sistema MDA, profissionalizou ainda mais o seu negócio, ajustando os aprendizados adquiridos para a Melkstad. Vale destacar que o projeto da propriedade foi desenhado para alcançar 2 mil vacas em lactação e foi baseado em visitas realizadas em propriedades dos Estados Unidos e Europa.

Grupo Melkstad
O projeto da propriedade foi desenhado para alcançar 2 mil vacas em lactação e foi baseado em visitas realizadas em propriedades dos Estados Unidos e Europa

De acordo com Márcio, após os cursos, a empresa deu um grande passo, como a divisão da fazenda em setores. “Temos um supervisor em cada setor e diariamente recebo um feed back deles. São os mesmos que treinam os colaboradores de suas equipes e gerenciam os painéis com seus respectivos indicadores. Além disso, me reúno semanalmente com os supervisores e separo algumas horas para perambular pela fazenda a fim de conversar com todos os envolvidos. A meu ver, o nosso ponto forte hoje são os treinamentos e a reciclagem da mão de obra mais antiga. Tentamos ao máximo trabalhar com famílias e valorizamos muito as pessoas, pois sem elas, não fazemos nada”. 

Melkstad - produção de leite

Para Hamm, uma das motivações de seu trabalho é engajar os funcionários e sentir que eles estão animados com o serviço. “Buscamos manter esse ânimo em toda a nossa equipe e agregar na vida das pessoas. Gostamos muito de casais, pois percebemos que eles trabalham sinergicamente, tiram folga juntos, férias, entre outros”. Hoje a Melkstad possui 52 funcionários e 60% da mão de obra é feminina.

Márcio será um dos palestrantes do Interleite Sul 2018 e a sua palestra abordará a “Gestão de pessoas visando o sucesso da atividade”, no painel “A transformação do leite no Sul do país”. Além da sua apresentação, o painel contará com Christiano Nascif, da Labor Rural, e Renato Serena Fontaneli, da Embrapa Trigo.

O futuro da Melkstad

Em entrevista ao MilkPoint, Márcio destaca que devido ao amplo crescimento do negócio nos últimos três anos, surgem desafios diariamente. “Temos que matar um leão por dia, mas sei que no futuro, todo nosso esforço será compensando, inclusive, já aumentamos a nossa produção média diária e continuamos ampliando o rebanho. Creio que no Top 100 2019 subiremos novamente a posição”.

Ele não nega que um dos principais desafios é manter em pé e com constância todos os processos. “São muitos indicadores para deixarmos estáveis, inclusive a gestão das pessoas. Nos empenhamos para deixar a turma motivada com toda essa expansão e alguns indícios provam que estamos no caminho. Na semana passada adquirimos 200 vacas novas e ninguém reclamou que teria mais serviço, pelo contrário, um dos funcionários nos questionou se não poderíamos ter adquirido mais 100. Isso para nós não tem preço”, complementa Márcio, frisando que tudo indica que até o final de 2019, baterão a meta das 2 mil vacas em lactação.

Já estamos há menos de um mês do Interleite Sul 2018! Neste link, você garante sua inscrição > http://www.interleite.com.br/sul/inscricoes

Aproveite para confirmar a sua presença na página do Interleite Sul no FacebookPor meio dela também serão publicadas novidades sobre o evento! 

A hashtag oficial do evento é: #interleitesul2018 

Para quaisquer outras informações sobre patrocínio ou dúvidas, envie um e-mail para ana@agripoint.com.br ou ligue para (19) 3432-2199.

patrocinadores Interleite Sul 2018

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.