ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Trabalha com compost barn? Contribua com essa importante pesquisa!

Não é novidade que os produtores de leite no Brasil estão buscando com maior frequência informações sobre o compost barn. O ‘boom’ do sistema ocorreu após algumas suposições como a maior facilidade de manejo e a finalidade clara e adequada para os dejetos dos animais.

Na última pesquisa Top 100 realizada pelo MilkPoint, quando questionados sobre o alojamento utilizado para as vacas em lactação, as propriedades participantes desta edição são adeptas - em sua maioria - ao sistema confinado, predominantemente o free stall, em 46% das propriedades. Na sequência, aparece o compost barn, representando 22%.

“Se questionarmos aos produtores de leite o motivo pelo qual eles estão indo para compost barn e não para o free stall, provavelmente as justificativas serão essas. Muitos acreditam que o composto exige uma menor mão de obra comparada ao free stall, já que é mais fácil dar fim a cama do composto – que, diferente da areia do free stall - é constituída por uma matéria orgânica de ótima qualidade”, comentou Eduardo Pinheiro, médico veterinário e produtor de leite (Fazenda Rio Doce, localizada em Itobi/SP). 

A fim de entender com mais detalhes como o sistema vem se desenvolvendo no Brasil, o MilkPoint está lançando esta pesquisa para analisar - com detalhes - a percepção dos produtores e os resultados obtidos por eles com o sistema até então. O resultado da enquete será compilado e na sequência, por meio de uma matéria exclusiva, publicado no portal.

Vale destacar que a elaboração das questões contou com a colaboração de Adriano Seddon, que é médico veterinário, formado pela FMVZ/UNESP, Botucatu/SP e fundador da empresa Alcance Rural Ltda., na qual é diretor, com foco em consultoria em gestão e assistência veterinária a propriedades leiteiras. Em 2011, introduziu o sistema compost bedded pack em diversas propriedades brasileiras. Ele atua também na área de biotecnologia.

Acesse abaixo o formulário e compartilhe com os seus ‘parceiros de compost’. Você levará de 5 a 10 minutos para responder e contribuirá muito com a produção leiteira nacional:

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.