ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Laticínios uruguaios com grandes oportunidades na China, mas com alta barreira tarifária

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/09/2019

1 MIN DE LEITURA

0
0

As barreiras tarifárias são um dos principais desafios para o avanço do setor de laticínios uruguaio na China, embora em um cenário de grandes oportunidades nesse mercado. Isso foi apontado por Mercedes Baraibar, da área de Estudos Econômicos e da Informação do Instituto Nacional do Leite (INALE), após recente missão ao gigante asiático.

Os 10 dias da missão incluíram visitas a fábricas de laticínios, reuniões com importadores do setor e participação em uma exposição na 25ª Conferência da Associação da Indústria de Laticínios da China, além de um seminário em Guangzhou.

Baraibar disse que o Uruguai tem uma grande oportunidade comercial para laticínios na China, considerando que a produção doméstica do país asiático não é suficiente. A isso se somam as limitações de seus principais fornecedores: a produção australiana está em quedas anuais sistemáticas há três ou quatro anos devido à seca e a Nova Zelândia está praticamente na fronteira máxima de seu suprimento, independentemente dos períodos de pico de produção. "Temos a possibilidade de avançar, a questão é tarifária", afirmou a especialista. No leite em pó, por exemplo, a tarifa é de 10%.

Ela considerou essencial destacar a produção de qualidade do Uruguai e continuar aprofundando os laços de confiança. E destacou o grande interesse das indústrias chinesas na compra de produtos e no investimento em diferentes partes do mundo.

“Antes de 2013, o Uruguai praticamente não exportava laticínios para esse destino. Em 2013, foi o boom da explosão da demanda chinesa de laticínios e, até 2015, teve uma participação muito importante na compra de leite em pó integral. Em 2016, a China reduziu as compras e os preços internacionais despencaram. E em 2018, as vendas do Uruguai para esse destino começaram a aumentar gradualmente. Atualmente, a China é o quinto maior destino de exportação de laticínios do Uruguai.”

A visita do Ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca, Enzo Benech, juntamente com uma delegação local, está prevista para o final de novembro, informou Baraibar.

As informações são do Blasina y Asociados, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint