FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

EUA: atualizações melhoram a segurança para os produtores de leite antes de expirar a Farm Bill

O Comitê de Apropriações do Senado dos Estados Unidos aprovou uma legislação que faz atualizações significativas para o Programa de Proteção da Margem para os produtores de leite (MPP-Dairy). A legislação inclui melhorias que levam a menores custos para os produtores de leite e a uma melhor cobertura de seguro quando as margens do leite estão baixas.

Ao invés de esperar que a Farm Bill expire no outono do ano que vem, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) pode implementar essas mudanças durante parte do ano de 2018, disse o Comitê de Apropriações do Senado. A Farm Bill expira no outono de 2018 e é improvável que o USDA possa implementar as mudanças da MPP-Dairy até 2020, se os produtores de leite tiverem que esperar mais um ano, de acordo com o comitê.

"Os produtores de leite dos EUA não devem ser deixados à espera de ação de Washington e esta legislação bipartidária toma medidas importantes ao fazer mudanças significativas no programa de margens leiteiras para apoiar melhor as pessoas que impulsionam nossa economia agrícola e comunidades rurais”, disse o senador de Wisconsin, Tammy Baldwin.

A Farm Bill foi criticada pela indústria de lácteos dos EUA por seus cortes no orçamento e por deixar os produtores sem uma proteção de gestão de risco adequada. "Os aprimoramentos para o Programa de Proteção da Margem de lácteos contidos na lei fortaleceriam o programa e ajudariam a abrir caminho para melhorias adicionais necessárias na próxima lei agrícola", disse o presidente e CEO da Federação Nacional de Produtores de Leite (NMPF), Jim Mulhern.

Entre as alterações está a mudança dos cálculos e dos pagamentos da MPP de uma base bimestral para uma base mensal para melhorar a precisão e o tempo do programa na resposta às condições do mercado. Os custos de prêmio também serão "dramaticamente" reduzidos para incentivar os produtores de leite a participar de níveis maiores de cobertura.

O Nível 1, correspondente a custos mais baixos de prêmio, será ajustado do nível atual de 4 milhões de libras (1,81 milhão de quilos) de produção (equivalente a 185 vacas) para 5 milhões de libras (2,27 milhões de quilos) para se alinhar melhor com o tamanho da fazenda leiteira média dos EUA de 223 vacas e incentivar fazendas a participar de níveis mais significativos de proteção.

"Ao tornar o programa de rede de segurança do setor de lácteos mais acessível, esta legislação garantirá que mais produtores tenham acesso a uma melhor proteção contra perdas catastróficas, como aquelas que tivemos em 2009 e 2012", disse Mulhern. "Embora haja mais trabalho a fazer para tornar a MPP uma rede de segurança efetiva, essas melhorias são um ótimo começo.”

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.