ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Com programa, produção de leite aumenta 365%

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/06/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

Um ano após o início do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) Balde Cheio, oferecida pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, o produtor Gilberto Caetano de Freitas percebeu que investir na pecuária de leite é um bom negócio. A produção diária na Fazenda Badajós, em Uberaba, passou de 117 litros para 427 litros, em média, ou seja, um aumento de 365%, mantendo a mesma quantidade de cabeças de gado.

Em maio de 2020, o foco do produtor era a pecuária de corte, avicultura e lavoura de soja, com parte da propriedade de 23 alqueires arrendada para cana-de-açúcar. “Investia pouco no leite, ficava entre 100 e 200 litros, no máximo, por dia”.

O incentivo para incrementar a produção partiu do filho, Victor Côrtes Freitas, de 24 anos. Há um ano, quando se formou em Agronegócio, ele passou a se dedicar mais à propriedade. “Vi que o leite era uma oportunidade, que estava mal aproveitada e com baixa eficiência, mas que tinha potencial para crescer. A assistência foi fundamental neste processo, pois trouxe informação e o estímulo que precisávamos para fazer o serviço necessário. O objetivo é continuar investindo no negócio”, explicou Victor.

Gilberto lembra que a iniciativa do filho coincidiu com a chegada do ATeG Balde Cheio e também com a adesão da propriedade ao Grupo Puro Leite, que promove a venda conjunta para um laticínio da cidade. “Com esse grupo e a orientação do programa, estamos nos mantendo no leite com lucratividade”.

O zootecnista e técnico de campo Antônio Luiz de Andrade Filho, destaca que a seleção do rebanho, com a substituição do gado mais velho e fraco, foi fundamental para os resultados. “Também fizemos ajuste de dieta, divisão de lote e manejo de ordenha. Com essas mudanças, a produção do rebanho melhorou, saímos de 11,9 para 16,3 litros por animal/dia, em média”.

Na avaliação do produtor Gilberto, o programa ganha nota 10. “Destaco a motivação, o conhecimento, as inovações que foram apresentadas, principalmente com relação ao balanceamento nutricional, e toda a disponibilidade do técnico em suas visitas”.

As informações são da Faemg, adaptadas pela equipe MilkPoint.

Atenção, leitores! Sempre com o intuito de proporcionar a melhor experiência para nossos usuários, estamos realizando uma pesquisa para ouvir você! Para responder é bem simples, basta clicar aqui e preencher o formulário. As dez melhores contribuições ganharão uma cortesia para nosso novo evento Interleite Experience ou para o Dairy Vision, maior evento sobre tecnologia e inovação em lácteos.  

baner interleite

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint