FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Você sabe o que é uma novilha maninha?

EDUCAPOINT

EM 12/12/2019

4 MIN DE LEITURA

0
0
As novilhas maninhas são fêmeas freemartin, ou seja, que apresentam o freemartinismo. O freemartinismo, por sua vez, é uma das mais severas formas de anormalidade sexual em bovinos. Essa condição causa infertilidade em fêmeas nascidas de parto gemelar com macho.

Quando o feto fêmea divide o útero com um feto macho, eles também dividem as membranas placentárias. Essa junção entre as placentas ocorre por volta do quadragésimo dia de gestação e os fluidos dos dois fetos também se misturam, provocando uma troca de sangue, hormônios e antígenos que carregam características que são únicas para cada sexo.

Nos primeiros meses de gestação, o feto de cromossomos XY (macho) começa a secretar o hormônio masculino testosterona na corrente sanguínea. Como há uma troca natural de fluxos entre as placentas, a testosterona acaba inibindo o desenvolvimento genital do feto feminino. Outro fator é a transfusão de células germinativas do feto masculino (XY) para o feto feminino (XX), produzindo assim um quimerismo XX/XY (isto é, indivíduo com células com cromossomos XX e outras com XY). A ação dessas células com o cromossomo Y no feto feminino também inibe o desenvolvimento do trato genital. Nesses casos, as chances de essa fêmea não reproduzir, ser estéril, são grandes, entre 90% e 95%.

O macho Freemartin apresenta apenas uma redução da fertilidade, porém a maioria das fêmeas é completamente infértil. Devido à transferência de hormônios e de células o desenvolvimento do trato reprodutivo da fêmea freemartin é severamente comprometido e às vezes apresenta elementos do trato reprodutivo do macho.

Para que ocorra o freemartismo em bovinos, são indispensáveis algumas condições. Primeiro que haja liberação de dois oócitos, sendo um deles fecundado por espermatozóide X e o outro fecundado por espermatozóide Y, gerando gêmeos dizigóticos; segundo a implantação de heterosexos (XX e XY) no útero; e por último que se produza fusão placentária durante a gestação precoce, levando a anastomose de vasos sanguíneos cório-alantóideos, entre os embriões (Figura 1), culminando com a modificação na organogênese feminina.



Figura 1 - Anastomose vascular placentária de fetos bovinos. Fonte: Robert A. Foster, Departamento de Patologia, Faculdade de Veterinária de Ontario, Universidade de Guelph – Apud. AyalaValdovinos et al. (2011).

O Freemartinismo não pode ser prevenido, mas pode ser diagnosticado precocemente pelo exame das placentas dos partos gemelares ou avaliação cromossomal, o que não é muito comum. Mas um exame clínico na vagina é suficiente para perceber que o órgão possui apenas 3 ou 4 centímetros de profundidade - o que se costuma chamar fundo cego, e não 10 a 15 centímetros, como seria normal.

Mesmo com o passar do tempo, o canal da vagina não desenvolve, assim como sua vulva, que continua pequena como a de um animal que ainda não atingiu a fase adulta. Algumas fêmeas Freemartin apresentam o clitóris aumentado e tufos de pelo na vulva. Os ovários da fêmea Freemartin não se desenvolvem adequadamente e não produzem os hormônios necessários para manifestação do comportamento de estro.



Figura 2 - Bezerra freemartin com vulva pequena e pêlos longos na comissura ventral.



Figura 3 - Formação hiperplásica na vagina em bezerra freemartin.

A maioria das fazendas prefere criar as novilhas Freemartin, mesmo sabendo que a chance dela ser estéril é muito alta, porque normalmente elas têm aspecto masculinizado, com carcaça mais pesada e musculatura mais definida, podendo ter comportamento de macho, sendo usada como rufião, para auxiliar na detecção do estro.

Por que algumas novilhas mesmo não sendo gêmeas de macho apresentam características de novilha maninha?

Isso acontece porque, em alguns casos, o feto macho morre na fase inicial da gestação gemelar, mas o tempo que ele permanece viável no útero é suficiente para causar alterações no desenvolvimento da fêmea.

A porcentagem de parto gemelar em bovinos é muito variável, porém em condições naturais, estima-se que ocorre em de 3 a 5% dos partos. Essa condição pode ser provocada por ovulações duplas, dois óvulos são fertilizados, gerando dois bezerros diferentes (do mesmo sexo ou de sexos diferentes), ou então quando um zigoto (oriundo de um único óvulo fertilizado) se divide em dois, gerando fetos idênticos com o mesmo sexo, chamados gêmeos univitelinos. Este último caso representa algo em torno de 10% das gestações gemelares em bovinos.

Se você quiser conhecer mais temas relacionados à reprodução de bovinos, a plataforma EducaPoint oferece uma série de cursos com essa temática!

Lembrando que você pode adquirir cada curso individualmente e ter acesso a esse material para sempre. Ou você fazer um plano de assinatura semestral ou anual da plataforma EducaPoint, que lhe dará acesso a TODOS OS CURSOS oferecidos (cerca de 165!) durante o período de assinatura. Clique aqui e escolha seu plano.

Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082

Fontes consultadas:

O que é uma novilha maninha? (https://www.milkpoint.com.br/colunas/jose-luiz-moraes-vasconcelos-ricarda-santos/o-que-e-uma-novilha-maninha-41586n.aspx)

Freemartinismo em bovinos: revisão de literatura - Almeida J e Resende OA, RPCV (2012) 107 (583-584) 133-141 (http://www.fmv.ulisboa.pt/spcv/PDF/pdf12_2012/133-141.pdf)

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.