ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Dietas aniônicas: como seu uso reduz a incidência de hipocalcemia em vacas?

EDUCAPOINT

EM 09/11/2018

0
0
A hipocalcemia é uma doença muito comum na vaca recém-parida. Embora, na maioria dos rebanhos leiteiros, a incidência de hipocalcemia clínica possa ser baixa (abaixo de 3%), a incidência de hipocalcemia subclínica é bastante alta, chegando muitas vezes a superar 50% das vacas recém-paridas.

Dentre os fatores de risco da hipocalcemia está o excesso dos cátions Na+ e K+ na dieta dos animais. Outros fatores incluem maior produção de leite, número de lactações e raça do animal.

Saiba mais sobre hipocalcemia lendo esse artigo: Hipocalcemia subclínica: risco silencioso que pode gerar grandes perdas

Com relação especificamente à dieta, um dos manejos nutricionais utilizados para prevenir a hipocalcemia é o uso de uma dieta aniônica. O uso de sais aniônicos é recomendado como prevenção à hipocalcemia, pois têm a capacidade de melhorar a reabsorção óssea de cálcio.

Assim, quando são fornecidos sais aniônicos contendo enxofre e cloro, os ânions que ficam presentes no lúmen do trato intestinal são absorvidos, gerando uma carga mais negativa no espaço intracelular e intravascular. Para responder a essa carga negativa, há um aumento da absorção de hidrogênio, levando a uma redução do pH intracelular, inclusive, do sangue.

Confira o esquema na figura abaixo:


Figura 1: Efeito das dietas aniônicas na reabsorção óssea

A diminuição do pH do sangue aumenta a expressão de receptores ao hormônio da paratireóide (PTH) no osteoclasto, célula óssea que que causaria a reabsorção óssea. O aumento dos receptores ao PTH leva à melhora na reabsorção óssea desses animais, aumentando, por sua vez, a disponibilidade de cálcio sérico.

Assim, em vacas, dietas aniônicas previnem a queda da concentração de cálcio no plasma. No entanto, estudos mostram que esse mesmo efeito não é observado em novilhas. Por isso, não se recomenda o fornecimento de sais aniônicos a novilhas, devido a seu alto custo.

Pode fornecer sais aniônicos aos animais por um longo período?

Essa é uma pergunta frequente em fazendas menores, pois nessas é mais difícil separar vacas secas de vacas de pré-parto imediato. Um estudo feito na Universidade de Minnesota, com 60 vacas, utilizou três tratamentos:

1) Controle (dieta catiônica nos últimos 42 dias pré-parto);
2) Dieta aniônica tradicional (de 42 dias a 21 dias pré-parto dieta catiônica e de 21 dias pré-parto até o parto uma dieta aniônica);
3) Dieta aniônica (nos 42 dias pré-parto).

A ideia era descobrir se fornecer uma dieta aniônica por muito tempo tinha um efeito negativo para as vacas. A primeira coisa observada é que a ingestão de matéria seca no pós-parto tendeu a ser maior entre os animais da dieta 2.

a produção de leite foi maior nas primeiras oito semanas pós-parto nos animais que receberam dietas aniônicas (no tratamento 2 e 3). Assim, fornecer uma dieta aniônica por 42 dias é melhor do que não fornecer uma dieta aniônica. No entanto, o fornecimento por 21 dias seria a melhor opção, devido ao custo extra acarretado no tratamento 3, de acordo com esse estudo.

Confira outros artigos relacionados que podem lhe interessar:

Saúde no periparto: estratégias de manejo garantem sucesso do período de transição

Como prevenir a acidose ruminal subclínica nas vacas em transição?

Não deixe de conferir também o curso on-line, Sanidade e monitoramento de vacas em transição, do EducaPoint, em que Ricardo Chebel, apresenta os principais resultados de pesquisa da área.

Aproveite a Black Friday para adquirir o seu acesso aos mais de 125 cursos com um desconto exclusivo! Por apenas R$ 555 você tem acesso a TODOS os cursos disponíveis e aos novos que serão adicionados pelo período de 12 meses. Clique aqui e confira!

Aproveite também que agora o EducaPoint tem um aplicativo que permite ao usuário, com assinatura ativa, baixar qualquer vídeo-aula para assistir mesmo quando não tiver acesso a uma conexão com internet!

Se você já é assinante do EducaPoint, basta clicar aqui para realizar o download 
   

Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 
www.educapoint.com.br

Dúvidas, críticas ou sugestões de temas? Envie um e-mail para  contato@educapoint.com.br
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.