ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Relaxar e coçar é só começar...

POR CRISTIANE CAROLINE ABADE

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 24/09/2013

3 MIN DE LEITURA

14
1
Todos que já tiveram a oportunidade de visitar uma fazenda onde o coçador automático rotativo para vacas é utilizado, com certeza chegaram a conclusão de que elas não gostam de se coçar... ELAS AMAM! 

Afinal, o que dizem as pesquisas a respeito da utilização do coçador automático? 

                                 
Primeiramente é importante ressaltar que se coçar é um comportamento considerado normal para os animais de produção, como cavalos, suínos e bovinos.

Tal comportamento tem diversas funções, mas a principal delas é manter a limpeza.
O ato de se coçar ajuda os animais a remover lama, fezes, urina, insetos e parasitas dos pelos e, assim, reduz o risco de doenças.

As vacas leiteiras para se coçarem, normalmente usam a língua ou coçam com os pés traseiros, ou ainda golpeiam com o rabo na tentativa de alcançar todas as partes do corpo.

No entanto, algumas partes são inacessíveis para esses animais, como é o caso da cabeça, pescoço, costas e o quarto traseiro e, nesses casos, elas vão usar qualquer objeto disponível no ambiente para alcançá-los.

Além de ser natural, esse comportamento parece ser importante para as vacas leiteiras e o enriquecimento do ambiente favorecendo-o pode trazer vantagens ao bem-estar desses animais.

É ai que entra a utilização do coçador automático, pois ele permite que as vacas satisfaçam o comportamento natural de se coçarem mais facilmente, podendo assim reduzir o estresse devido ao tédio causado por ambientes de confinamento (De Vries et al., 2007).

O uso do coçador automático tem se mostrado benéfico segundo diversos estudos.

DeVries et al. (2007) testaram 72 vacas holandesas em lactação para o uso ou não do coçador automático.

Nesse estudo, durante a primeira semana as vacas passaram por um período de adaptação ao novo grupo formado, na segunda semana o comportamento das vacas foi monitorado como controle e na terceira semana o coçador automático foi instalado nos currais e as vacas foram avaliadas quanto a sua utilização por 2 semanas.

Até 24h após a instalação do coçador automático 56,9% das vacas utilizaram o instrumento.

Após 7 dias 93% dos animais usaram o coçador e ao final do período de tratamento apenas 1 vaca não tinha utilizado o coçador.

Quando o coçador estava presente os animais passaram mais tempo se esfregando no coçador automático (6,76 min) do que na parede (0,44 min.) ou bebedouro (0,22 min.).

Além disso quando introduzidas ao coçador automático, as vacas aumentaram em 508% o tempo gasto se coçando e em 226% a frequência de eventos.

Os resultados desse estudo indicam que o coçador permite maior facilidade de alcançar os lugares inacessíveis e pode trazer benefícios ao bem-estar. Pelos resultados também é possível concluir que os animais gostam de usar o coçador automático.

O trabalho de Newby et al. (2012) apresentaram resultados interessantes, os autores testaram o uso do coçador automático por vacas no pré e pós-parto.

A hipótese do estudo foi de que se o coçador automático pode trazer benefícios às vacas em lactação, disponibilizá-lo para vacas no pré e pós-parto poderia ajudá-las a lidar com o estresse relacionado a esse período.

Os resultados foram bastante interessantes.

No curral de pré-parto todas as vacas utilizaram o coçador automático com média de 31,5 + 17,7 min/d entre 72 e 48 horas antes do parto. Tempo esse bem maior do que o encontrado por De Vries et al. (2007) que foi de 5 a 7 min/d.

As vacas que tiveram o coçador automático no curral maternidade, curiosamente, lamberam os bezerros por mais tempo nas primeiras horas após o parto. Segundo os autores uma possível explicação para o fato é que o uso do coçador pode ter aumentado os níveis de ocitocina nesses animais e esse hormônio tem função na ligação materno filial em mamíferos.

O estudo de Miwa e Takeda (2013), por sua vez, mostrou que o modelo do coçador também é importante.

Os autores comparam o uso do coçador automático equipado com um dispositivo que o liga quando o animal o toca e o coçador estacionário por vacas leiteiras confinadas em free stall.

Os resultados indicaram que o coçador automático foi utilizado por 44% dos animais por dia enquanto que o estacionário foi utilizado por 29% das vacas por dia.

O coçador automático foi mais usado para coçar o quadril e as patas traseiras enquanto que o estacionário foi mais usado para a cabeça e pescoço.

A conclusão geral é que, independente do modelo, o coçador pode trazer benefícios ao bem-estar de vacas leiteiras confinadas. Portanto aos produtores que pensam em investir no bem-estar dos animais, esse pode ser um investimento que vai agradar o rebanho.

CRISTIANE CAROLINE ABADE

Médica Veterinária formada pela UEM.
Mestre em Ciência Animal-UEL (Bem-Estar de bovinos de leite.)
Trabalhei no IAPAR em projetos de extensão para pequenos produtores.
Experiência no Brasil e exterior em reprodução e manejo de vacas leiteira

14

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

BRÍGIDA GABRIELA DE JESUS SALES SOUSA

ROLIM DE MOURA - RONDÔNIA - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 02/09/2020

Já vou introduzir coçador nas propriedades que atendo!!!!
RENAN FERRARI

LIMEIRA - SÃO PAULO

EM 23/10/2019

Boa tarde, primeiramente parabéns pela matéria . Desenvolvi um trabalho de conclusão de curso de engenharia voltado ao bem estar animal e aumento de produtividade e qualidade e desenvolvemos um protótipo da escova massageadora , se houver interesse, meu contato 19 98162.1282.
CAMILA DALL AGNOL

CAXIAS DO SUL - RIO GRANDE DO SUL - ESTUDANTE

EM 20/07/2020

Bom dia.

Estou fazendo meu trabalho de conclusão também nesta área. Análise de produtividade animal quando estão expostos a um ambiente adequado. Você tem artigos que utilizou para desenvolver sua pesquisa?
EM RESPOSTA A CAMILA DALL AGNOL
RENAN FERRARI

LIMEIRA - SÃO PAULO

EM 21/07/2020

Olá Camila, tenho algumas coisas sim, inclusive a máquina pronta.
Me chama no whatsapp e conversamos. (19)9 8162-1282.
EM RESPOSTA A CAMILA DALL AGNOL
RENAN FERRARI

LIMEIRA - SÃO PAULO

EM 21/07/2020

Olá Camila, sim.
O meu foi nesta área, tivemos que pesquisar bastante, no Brasil ha poucas informações, tem que buscar artigos lá fora. Mas tenho bastante coisa, inclusive a maquina fabricada e funcionando. Qualquer coisa me chama no Whats (19)98162-1282.
CLÁUDIO COELHO

ARTUR NOGUEIRA - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 29/11/2016

A cara de felicidade da vaca da foto já diz tudo !
EDGAR FRANCISCO SOARES

SÃO GONÇALO DO SAPUCAÍ - MINAS GERAIS - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 29/07/2014

coçador  para vacas,  onde comprar, qual o contato. Tenho vários  produtores interessados.
CRISTIANE CAROLINE ABADE

LONDRINA - PARANÁ - PESQUISA/ENSINO

EM 30/09/2013

Oi Luciana



Muito obrigado pelo comentário!



Realmente o coçador estacionário é menos conhecido,

principalmente por ser menos utilizado.



Vou deixar uma definição aqui e espero que ajude aqueles

que não conhecem esse instrumento:



O coçador estacionário é uma estrutura, de certa forma simples,

que consiste em 2 hastes que formam um L invertido e tem cerdas,,

iguais as do automatico, do lado de dentro





LUCIANA FERRI FRARES

CARAMBEÍ - PARANÁ

EM 29/09/2013

Bom dia! Faltou detalhar melhor o funcionamento do coçador estacionário. Só quem já conhece o aparelho sabe do que se trata. Att.
CRISTIANE CAROLINE ABADE

LONDRINA - PARANÁ - PESQUISA/ENSINO

EM 25/09/2013

Bom dia!



primeiramente gostaria de agradecer pelos comentários =D



e respondendo a pergunta do Cesar: não tenho conhecimento de estudos que relacionam o coçador automático diretamente ao aumento da produção, mas alguns estudos da Universidade de Minnesota mostram aumento considerável de produção quando o ambiente é mais confortável ao animal, então eu acredito que, dentro do contexto de um confinamento, se as condições de cama e das instalações forem adequadas  o coçador pode ajudar sim no aumento do produção...

ROCCO ANSANTE

CAMPINAS - SÃO PAULO

EM 25/09/2013

Parabens pela reportagem,muito util.
ADALBERTO ANTONIO DE OLIVEIRA

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 25/09/2013

Parabéns, muito legal o artigo, realmente a cada dia temos que pensar mais na qualidade de vida de nossas vaquinhas... felizes viverão mais, produzirão mais...!!!
DAMASCENO

EM 25/09/2013

Bom dia

Com certeza, a experiência do coçador em vaca leiteira está aprovado, pois o animal fica bastante relaxado.   
CESAR

GUARAPUAVA - PARANÁ - ESTUDANTE

EM 24/09/2013

Em relação a produção media de leite foi observado alguma diferença com a presença ou ausência do coçador?
MilkPoint AgriPoint