ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Vaca Gir: história, características e produção

POR STEPHANIE ALVES GONSALES

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 14/06/2021

2 MIN DE LEITURA

2
6

A raça Gir é muito utilizada para cruzamento com a Raça Holandesa, resultando em animais da Raça Girolando que também possui aptidão para produção de leite.
 

História da Raça Gir

Foi por volta de 1906 que os primeiros animais da raça Gir foram introduzidos no Brasil. A história conta que essas importações iniciais foram feitas por Teófilo Godoy, mas o Sr. Wirmondes Machado, criador do Triangulo Mineiro, informou que foi ele o responsável pela introdução da raça no país, em 1919.

Outras quatro importações foram realizadas entre os anos de 1930, 1955, 1960 e 1962, e tiveram extrema importância para a formação do rebanho da raça Gir. Atualmente, o registo genealógico dos animais é realizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) com sede em Uberaba/MG.


Características da raça Gir

A raça Gir tem porte médio, e sua pelagem tem várias cores reconhecidas como padrão para a raça, sendo elas:

  • vermelha em todas as suas tonalidades;
  • vermelha chitada;
  • amarelo, em tonalidades típicas da raça,
  • chita amarelo, com dominância da cor branca, com orelhas e cabeça totalmente ou parcialmente pretas;
  • moura escura, com predominância da cor preta, com orelhas e cabeça escuras;
  • moura clara, com predominância da cor branca, com orelhas e cabeça totalmente ou parcialmente pretas;
  • vermelha gargantilha;
  • chitada de vermelho;
  • amarela gargantilha;
  • amarela chitada;
  • chitada clara;
  • rosilha clara (moura de vermelho), predominando a coloração branca, com orelhas e cabeça totalmente ou parcialmente vermelhas.

vaca Gir

Os animais se destacam pela sua rusticidade, docilidade, baixo custo para mantença, longevidade produtiva e reprodutiva, facilidade de parto e boa produção de leite a pasto. O sistema termorregulador presente na raça permite que a vaca tolere altas temperaturas sem entrar em estresse térmico.

Fisicamente, os animais possuem cabeça de largura e comprimento médio, as orelhas são longas e finas, corpo comprido e ancas largas. 

O potencial produtivo da raça é um destaque. Animais da raça Gir tem a capacidade produtiva alta, mesmo com baixa quantidade de alimento ofertado. Suas exigências são inferiores às raças taurinas, o que faz com o que os animais sofram menos quando há necessidade de restrição alimentar.
 

Produção de leite da raça Gir

Os animais da raça Gir se destacam pela boa conversão alimentar, possibilitando uma boa produção leiteira à pasto. Seu temperamento para a ordenha também é destaque, tanto para ordenha mecanizada quanto para manual, mesmo que menos utilizada atualmente.

As seleções de melhoramento genético aprimoram características voltadas a produção de leite, como, por exemplo, tamanho de tetos e tamanho de úbere.  

Juntamente a todos esses fatores que potencializam a produção leiteira da raça, sua docilidade aliada a um bom manejo possibilitam a boa exploração do Gir Leiteiro para a produção de leite.

 

Têm alguma história ou experiência com a raça? Compartilhe!

STEPHANIE ALVES GONSALES

Zootecnista formada pela Universidade Estadual de Maringá e pós-graduada em Gestão do Agronegócio, Assistente de Conteúdo MilkPoint.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

FERNANDO FERREIRA PINHEIRO

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

EM 15/06/2021

Uma raça muito importante para a evolução do Girolando e a produção de leite nos trópicos. É preciso reforçar a seleção do Gir Leiteiro, até porque há ainda seleção de animais tidos como de dupla aptidão. Sendo assim, é importante destacar o trabalho da ABCGIL, junto com a Embrapa Gado de Leite, na seleção e desenvolvimento do Gir Leiteiro, com aumento de produtividade e aprimoramento das características funcionais, como tamanho de tetos e sustentação do úbere.
STEPHANIE ALVES GONSALES

MARÍLIA - SÃO PAULO

EM 15/06/2021

Boa tarde, Fernando! Ótimas observações. O trabalho de associações como a ABCGIL e Embrapa são de suma importância para o desenvolvimento das raças.
MilkPoint AgriPoint