FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

SP: com lei sancionada, prefeitura deve fazer licitação para uso da Usina de Leite de Piracicaba

A Prefeitura de Piracicaba (SP) sancionou a lei que prevê a concessão à iniciativa privada da Usina de Leite de Piracicaba (SP), fechada desde abril do ano passado. O local, que ficou abandonado, foi alvo de reclamações pelos constantes vandalismos na estrutura. Com a lei, será feita uma licitação para uso do empreendimento, que ainda não tem data para acontecer, segundo a prefeitura.

A lei determina que parte do imóvel seja utilizado pela concessionária por 10 anos. No artigo modificado e publicado no dia 19 de setembro, a empresa que assumir o negócio deve receber, preferencialmente, a produção leiteira dos produtores rurais de Piracicaba e região, "de acordo com a capacidade de processamento da Usina e desde que estejam dentro das normas de higiene e dos padrões de qualidade vigente".

A justificativa do projeto para a lei citava que, além de dar uso à estrutura, o objetivo era gerar um maior número de vagas de emprego e aumentar a receita tributária.

A usina fica no bairro São Jorge e está equipada com máquinas da prefeitura, mas a empresa que vencer a licitação precisará investir em novos equipamentos para modernizar a estrutura. Além disso, fica responsável por toda a montagem, instalação, conservação, revisão, consertos e reparos necessários no imóvel. Não há previsão de repasse municipal.

Fim da cooperativa

O imóvel da usina está fechado desde que a Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana) o devolveu ao Executivo. Gerida pela Coplacana em parceria com a prefeitura, a usina funcionou no local por 10 anos, mas segundo a presidência da instituição, o negócio estava inviável financeiramente.

A cooperativa recebia leite de 35 produtores de Piracicaba e cidades da região. Quatro funcionários trabalhavam no local: dois no setor administrativo e dois na produção. Além do leite, a Coplac preparava queijo frescal, muçarela e bebida láctea.

No início da operação, segundo a cooperativa, o litro do leite era vendido por R$ 0,93 e 10 anos depois, o preço continuava o mesmo, mas o imposto e a necessidade de mão-de-obra subiram.

O encerramento das atividades da Coplac foi anunciado no dia 29 de janeiro de 2017. Com isso, o prédio foi devolvido à Prefeitura de Piracicaba e o contrato de comodato finalizado.

As informações são do G1. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.