FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Pilares de consumo mudam em lácteos refrigerados

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 07/12/2020

4 MIN DE LEITURA

0
3

Categorias como iogurtes são influenciadas pelos novos hábitos dos brasileiros. Há boas oportunidades para seu supermercado. A seção mudou bastante nos últimos anos, impulsionada por um consumidor que passou a valorizar atributos diferentes e por investimentos das indústrias para inovar em segmentos. 

Produtos relacionados à imunidade, ao ato de cozinhar em casa, à indulgência e à nutrição infantil tiveram aumento na procura. É o que constatou a Danone , uma das principais fabricantes de lácteos do País, ao analisar o comportamento dos consumidores por meio de ferramentas digitais e do uso de dados.  

“Tínhamos planos desenhados para curto, médio e longo prazo, e, nesse novo cenário, tivemos que revisitar tudo”, conta Marina Fernie, VP de marketing da Danone Brasil. “Nosso foco foi entender quais eram as necessidades do consumidor durante o pico da pandemia e também no famoso ‘novo normal’, rever os territórios de crescimento e definir que marcas endereçariam essas novas necessidades”, diz.

 

 

 

A decisão foi trabalhar com os quatro pilares identificados como os mais relevantes nesse período

1. Imunidade
A empresa lembra que 70% do nosso sistema imunológico passa pelo aparelho digestivo, então uma boa saúde digestiva é chave para ter uma imunidade boa. Daí o relançamento de Actimel, marca 100% ligada à imunidade. 

2. Indulgência 
“Identificamos um crescimento da marca Danette durante esses meses de pandemia. Entendemos que as marcas nostálgicas, que a gente consumia na infância, são mais procuradas nesses momentos mais difíceis, pois consumi-las é quase um voltar para casa. Traz conforto”, analisa Marina Fernie. 

3. Cozinhar em casa
Nesse quesito, a Danone aposta nos produtos das linhas naturais, que contêm apenas dois ingredientes – leite e fermento – e podem ser usados em qualquer tipo de receita.

4. Nutrição infantil

“Como exemplo para esse pilar temos o Danoninho. Trouxemos sugestões de brincadeiras e atividades em nossas redes sociais, como a comemoração virtual dos aniversariantes do mês. Essa é uma forma de contribuir com as famílias que têm crianças em casa neste período difícil” destaca a VP de marketing da Danone Brasil. 

45% Compraram alguma versão mais saudável de um produto lácteo no mês de junho

44% Estão priorizando alimentação saudável

31% Agora cozinham mais em casa a partir do zero

21% Passaram a consumir mais alimentos e bebidas indulgentes para manter a saúde mental e emocional devido à pandemia

Fonte: Mintel/diversas pesquisas compartilhadas pela vigor

 

Saúde, sabor e sustentabilidade

Produtos de uso culinário, destinados ao crescente público que cozinha suas próprias refeições em casa, passam a ser muito procurados e não apenas nas lojas físicas, mas também em e-commerce e canais digitais, conforme lembra a Vigor .

Dois movimentos distintos também ganham força no segmento, explica Flávia Drummond, diretora de marketing da Vigor. Isso porque o consumidor tem procurado uma alimentação mais equilibrada e saudável, especialmente nos alimentos lácteos, e, paralelamente, também buscado prazer nos alimentos mais indulgentes. Resultado: no portfólio da Vigor, crescem tanto as vendas de iogurte grego quanto de itens saudáveis, como as versões naturais. 

Essa busca por saúde e prazer na alimentação ocorre ainda entre o público consumidor das marcas da DPA, joint venture formada por Nestlé e Fonterra. Tanto que a lista de produtos com maior crescimento em vendas neste ano inclui sobremesas lácteas, mas também iogurtes com foco em saudabilidade, como os “triplo zeros” (zero lactose, zero adição de açúcar, zero gordura) e naturais, que apresentam produtos menos processados – outros itens com destaque em 2020 são iogurtes infantis e, claro, as embalagens maiores. A empresa lembra que os refrigerados lácteos ainda apresentam maior concentração em iogurtes básicos, como líquidos e polpas.

Nos últimos anos, porém, tem ficado claro para a DPA um movimento dos consumidores na busca por saudabilidade, o que tem gerado aumento no consumo em segmentos como probióticos e prebióticos, iogurtes com alta concentração de proteína e opções clean label, aquelas com poucos ingredientes e sem nomes que o consumidor desconhece na fórmula, além de produtos de base vegetal.

O incentivo à experimentação de novos produtos, ampliando frequência e ocasiões de consumo, pode ajudar a desenvolver ainda mais o mercado de lácteos refrigerados, já presentes em 9 a cada 10 lares brasileiros.

Outra tendência citada pela DPA é a sustentabilidade, preocupação cada vez mais presente no dia a dia dos consumidores. “Para se ter uma ideia, 55% concordam com a afirmação de que marcas/empresas devem oferecer mais soluções sustentáveis proativamente”, confirma Flávia, da Vigor, com base em estudo da Mintel.

“Apesar da forte tendência por alimentos mais saudáveis, o consumidor brasileiro não está disposto a abrir mão do sabor e da indulgência. Essa tendência foi acelerada durante o período de pandemia, como forma de amenizar os sentimentos de medo e ansiedade provocados pela incerteza do cenário mundial, porém esse hábito acontece independente do contexto atual”, diz Flávia Drummond, Diretora de Marketing da Vigor.

Gostou do conteúdo? Deixe seu like e seu comentário, isso nos ajuda a saber que conteúdos são mais interessantes para você. Quer escrever para nós? Clique aqui e veja como!

As informações são do SA.Varejo.

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint