FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Nestlé China atribui crescimento à nutrição biológica, leite A2 e nutrição infantil

A Nestlé China creditou seu foco em subcategorias especializadas dentro do setor de nutrição infantil por seu crescimento positivo de vendas no primeiro trimestre do ano. A empresa registrou vendas de US$ 5,3 bilhões nos mercados da Ásia, Oceania e África Subsaariana, um aumento de 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Seu crescimento positivo nas vendas superou as expectativas e foi atribuído em grande parte às suas empresas de produtos lácteos e de nutrição infantil.

fórmula infantil Nestlé China

A China, o Sudeste Asiático e o Sul da Ásia registraram crescimento orgânico de um dígito e com fortes vendas da linha de nutrição infantil orgânica A2 Illuma na China e na sua faixa de nutrição infantil NAN no Sudeste Asiático e no Sul da Ásia. O chefe regional de negócios e vice-presidente sênior da Nestlé Infant Nutrition na China, Binu Jacob, disse:

"Nosso foco em áreas especializadas em nutrição infantil foi uma das razões pelas quais nos saímos bem. Uma das grandes mudanças que fizemos no ano passado foi ampliar alguns segmentos específicos, como o leite A2, fórmula orgânica, fórmula de cuidados especiais e alimentos para bebês, especialmente porque o último ainda é uma categoria subdesenvolvida na China. Decidimos nos concentrar em segmentos com maior potencial de crescimento, e não nas categorias gerais que já estavam bastante saturadas. Se você olhar para o crescimento geral da categoria, os resultados não são tão bons - na verdade, desacelerou no primeiro trimestre. Mas quando você olha para segmentos específicos, A2 e leite orgânico, assim como fórmulas de cuidados especiais, notarão crescimento mais rápido que a média”.

Os produtos Illuma da empresa estão disponíveis em lojas físicas e em sites de comércio eletrônico na China e a empresa está procurando impulsionar as vendas transnacionais de sua linha NAN para o país a partir da Austrália. A Nestlé também lançou seu produto de leite A2 para mães na China no início de 2019. O produto, considerado o primeiro leite em pó A2 do mundo para mães na China, foi lançado no JD.com e no canal de mães e bebês Leyou. "Já se passaram cerca de quatro meses desde o lançamento do nosso leite em pó A2 para as mães na China e na Austrália. Faz apenas dois meses desde que o produto fórmula infantil A2 foi amplamente disponibilizado via e-commerce transfronteiriço".

Ele acrescentou que, apesar de ambos os produtos ainda serem relativamente novos no mercado, as coisas pareciam "promissoras", com a ideia da CBEC (Cross Border e-Commerce in China) fazer com que os primeiros usuários difundissem informações sobre seus produtos A2 online. Ele se referiu a isso como a "primeira fase" da abordagem da Nestlé à categoria de leite A2. Ele comentou ainda acreditar que a CBEC se beneficiaria "imensamente" das novas regulamentações.

"O governo está tentando trazer maior visibilidade e transparência para a plataforma, então eu acho que grandes participantes da CBEC como Alibaba e Mia enfrentarão o desafio, e o canal crescerá mais rápido".

Em termos de desenvolvimento de novos produtos em suas outras subcategorias de fórmulas infantis, no entanto, Jacob disse que o ritmo da inovação deve desacelerar no futuro próximo, graças em grande parte aos extensos requisitos de registro para novos produtos de fórmulas a serem vendidos na China.

"Não lançaremos produtos tão rapidamente quanto fizemos no passado, porque cada um deles precisa passar por um longo processo de registro que pode levar até dois anos. Agora temos alguns produtos em andamento, mas a maioria deles não será lançada no próximo ano. O único que temos confirmado é uma fórmula infantil de 'conforto' que será lançada no próximo mês, principalmente para bebês que têm problemas gastrointestinais que às vezes são inexplicáveis. Também acabamos de lançar purês de frutas e vegetais para crianças. Poderemos inovar muito mais rápido quando se trata de alimentos para bebês, já que esses produtos não precisam passar pelo mesmo processo de registro (como produtos para fórmulas infantis)", disse Jacob.

Embora seus produtos para fórmulas infantis tenham um bom desempenho, a Nestlé também sofreu recentemente por supostamente desrespeitar as regulamentações de marketing de fórmulas na China ao "usar a ciência como ferramenta de marketing", afirmando que tais ações contribuíram para a baixa taxa de amamentação no país. Um porta-voz contrariou as alegações dizendo que a firma aplicava o Código de Marketing de Substitutos do Leite Materno da OMS e estava em conformidade com as leis locais e internacionais.

Jacob disse: "se uma mãe é capaz de amamentar, não há necessidade de fórmula, e apoiamos fortemente isso. É por isso que temos parceria com o governo e organizações como Alibaba para criar mais de 3.000 salas de amamentação na China para ajudar as mães a amamentar quando não estão em casa".

Ele acrescentou que, na China, as empresas não tinham permissão para comercializar fórmulas infantis para crianças com seis meses ou menos, mas a Nestlé decidiu dar um passo à frente apenas com fórmulas para crianças de um ano ou mais.

De acordo com Jacob, a Nestlé é a única empresa que fez isso na China e essa prática também se aplica a todos os outros mercados. "Também sabemos que o leite materno às vezes não é suficiente. Uma mãe pode ter problemas médicos e, em tais circunstâncias, os bebês às vezes são alimentados com substitutos inadequados do leite materno. Nosso papel é promover o leite materno, e se uma mãe não pode amamentar por qualquer motivo, também é nossa responsabilidade garantir que os bebês não recebam substitutos inadequados. Ao dar aos consumidores acesso a essas informações, queremos conscientizar as mães sobre as decisões de alimentação corretas". 

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.