ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Estresse por frio? Veja como fazendas na China lidam com o problema

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/12/2021

3 MIN DE LEITURA

0
0

A prevenção do estresse causado pelo frio é uma parte importante do bem-estar das vacas leiteiras. Recentemente, os produtores chineses deram mais ênfase à prevenção deste problema e isto melhorou o bem-estar animal e levou a uma melhor produção e lucratividade.

Durante as últimas décadas, o setor leiteiro chinês fez grandes avanços nas fazendas. Por exemplo, em 2009, a produção média anual na China era de apenas 4,8 toneladas/vaca, mas agora aumentou para cerca de 8,5 toneladas/vaca.

O número total de vacas também diminuiu na última década, de 12 milhões para 10 milhões de animais. No entanto, devido ao aumento da produtividade, a produção total do país aumentou. Essa tendência de desenvolvimento certamente continuará.

Hoje, muitas fazendas na China alcançam uma média de mais de 10 toneladas/vaca e algumas estão acima de 12 toneladas/vaca/ano. Essas conquistas baseiam-se não apenas na melhoria em tecnologias e gestão, mas também nas mudanças de mentalidade dos produtores e trabalhadores agrícolas do país. Além disso, cada vez mais fazendas estão operando com foco no bem-estar animal, o que tem levado a passos maiores em direção à produtividade.

 

Estresse pelo frio como uma ameaça à pecuária leiteira

O estresse pelo frio é uma das maiores ameaças à produção de leite em algumas áreas da China, onde a temperatura pode chegar a -20°C, ou até mesmo tão baixo quanto -40°C, por vários dias ou semanas. Isso gera muitos desafios de gestão.

O manejo inadequado na prevenção do estresse causado pelo frio em vacas leiteiras pode resultar em queda na produção, aumento de doenças e risco de congelamento. Esses são apenas alguns problemas comuns relacionados ao estresse causado pelo frio na China.

 

Novas fazendas de leite no norte da China

Nos últimos anos, os produtores do norte da China aprenderam a lidar com o frio e, quando uma nova fazenda leiteira é construída, as instalações são projetadas tendo em mente as temperaturas extremas.

Com base em sua experiência, o seguinte é priorizado para prevenir o estresse causado pelo frio:

  • Fechar o galpão corretamente para manter o calor dentro e, ao mesmo tempo, manter uma boa ventilação. Esta é uma tarefa difícil.
  • A manutenção da cama deve ser feita de maneira adequada e as baias devem ser mantidas macias e secas todos os dias.
  • Foco na prevenção do estresse pelo frio na área de parto. Estas 'rainhas' recebem cama macia.
  • Prestar muita atenção à temperatura da água e como mantê-la acima de zero por circulação e aquecimento local nos cochos.
  • Pós-dipping para evitar danos ao teto após a ordenha.
  • Prevenir o congelamento das passagens para a sala de ordenha para evitar qualquer desconforto e possíveis ferimentos nos animais.
  • Manter uma área externa limpa e oferecer proteção contra o vento quando as vacas quiserem sair.

Os bezerros são vulneráveis ao frio. Muitos produtores de leite usam instalações próprias para seus bezerros. A posição das casinhas é importante para evitar correntes de ar desnecessárias.

A nutrição ajuda as vacas a controlar o frio e é necessário que haja alimento suficiente. A ração (TMR) das vacas deve ser mantida em 45-50% de umidade e ser fornecida durante o meio-dia. Assim, o consumo das vacas é maior devido às temperaturas mais altas. Além disso, a silagem congelada deve ser evitada.

 

Centro e sul da China

As fazendas nas regiões centro e sul da China normalmente não enfrentam as mesmas condições climáticas extremas. Elas, por outro lado, são mais desafiadas no verão com o estresse térmico por calor.

Contudo, mesmo na região central da China, porém, cada vez mais produtores de leite estão prestando atenção ao estresse causado pelo frio. Embora a temperatura mínima local geralmente alcance cerca de -10°C, o rendimento das vacas leiteiras pode ser afetado. Para fazendas com vários milhares de vacas, isso pode ter um impacto significativo na produção.

 

Experiência prática e rendimentos mais elevados

Com a crescente conscientização sobre a importância de prevenir o estresse causado pelo frio, os produtores chineses estão obtendo bons resultados. Este é o caso de alguns produtores das regiões centro e sul de Hebei.

Esta província circunda Pequim e começou a implementar algumas medidas simples de prevenção do estresse causado pelo frio. Isso incluiu o isolamento dos galpões por meio de membrana de plástico e mais foco na qualidade da cama quando a temperatura está baixa. Isso resultou nos produtores sendo capazes de manter a produção durante o período mais frio do ano, com algumas fazendas relatando até mesmo rendimentos mais altos do que o esperado, até 2 kg por dia.

As informações são do Dairy Global, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint