ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Agroleite chama atenção de expositores internacionais

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 17/08/2018

4 MIN DE LEITURA

0
0

Reconhecida como a feira mais importante do setor pecuário, o Agroleite 2018 caminha para consolidação internacional. Só nesta edição, expositores da Nova Zelândia, dos Estados Unidos e da Espanha passaram pelo evento, que termina neste sábado.

Para o diretor comercial da espanhola J Delgado, Sérgio Delgado, o que motivou a companhia a participar do Agroleite foi justamente o posicionamento da feira como a principal do segmento leiteiro no país.

Com fabricação de maquinário de ordenha para pequenos, médios e grandes produtores rurais e acessórios de ordenha para grandes marcas como Ultra Milk e Euro-Milk, a J Delgado quer ampliar a participação no mercado brasileiro, para tanto aposta em negócios durante e pós- feira. São 40 anos no mercado e uma exportação para 70 países. 

Pela segunda vez no Agroleite, a gerente de Desenvolvimento de Agronegócio New Zeland e Enterprise Agência de Fomento Comercial do Governo da Nova Zelândia, Nádia Alcântara, destaca que “Castro e o Agroleite são uma referência principalmente para as tecnologias que são oferecidas para os produtores de leite e o nosso interesse é trazer para cá também as tecnologias que foram desenvolvidas na Nova Zelândia e já estão disponíveis aqui no Brasil e para os produtores de leite da região”, diz Nádia.

Ela acrescenta que pelo Agroleite, passam “visitantes de todas as partes do Brasil e inclusive de outros países, então para nós é uma referência e por isso achamos importante a nossa participação”.

Nádia destaca ainda que “a feira aumentou bastante do ano passado para este, percebemos pelos outros estandes e pelas novas empresas, o movimento está bem bom desde o primeiro dia”.

O vice-presidente de Marketing para a América Latina da Dairy Tech Incorporated, Jorge Botero, conta que a empresa está pela primeira vez numa feira brasileira. “Fizemos pesquisas com pessoas que conhecemos e nos informaram que o Agroleite seria a feira mais importante de leite no Brasil”, explica.

Jorge conta que a Dairy é detentora de tecnologia americana de uma máquina que pasteuriza o colostro. A empresa é do Colorado (EUA), mas possui parceria com a Eurolatte, do Rio Grande do Sul, para a qual fornece a tecnologia para fabricação da máquina de pasteurização e de bolsas para alimentação de bezerros.

Feira pode ser tornar a maior da América Latina

Para o gerente de Negócios Leite da Castrolanda, Eduardo Ribas, a presença de empresas internacionais é de extrema importância para o Agroleite. “O Agroleite tem planos de voos longos, de se tornar não só a feira mais importante do leite na América Latina, mas a maior da América Latina e sem estas empresas, sem estes parceiros, este desafio não pode ser alcançado; então no nosso maior desafio de se tornar os maiores precisamos destas empresas, do público”, fala.

Eduardo destaca que o Agroleite já tem muitas empresas internacionais. “Um exemplo é a Cargill, que vem com a Nutron para o evento, e é uma empresa americana e temos também a Biogénesis Bagó que é Argentina”, diz.

O gerente antecipa que no próximo mês uma equipe da Castrolanda irá para a França, onde visitará uma feira do agronegócio. A ideia é estreitar o relacionamento entre Agroleite e os franceses.

E não são apenas os expositores internacionais que o Agroleite está recebendo. Há visitantes da Nova Zelândia, França, Espanha, Argentina, Paraguai, Holanda, Japão entre outros. “A feira está se internacionalizando”, destaca.

Cidade do Leite passará por ampliação

Na noite da última quarta-feira, após a premiação do Troféu Agroleite, o presidente da Castrolanda, Frans Borg, apresentou projetos para ampliação da Cidade do Leite. Em uma apresentação virtual, Borg mostrou como poderá ficar o espaço nas próximas edições. Serão construídas novas casas e espaços cobertos, além da ampliação do uso dos terrenos da parte de trás do local. “Essas são apenas sugestões para os próximos cinco ou sete anos, mas que só irão se tornar realidade se vocês quiserem”, afirmou para uma plateia formada por produtores e empresários da cadeira produtiva do leite.

Com uma grande festa, no Memorial de Imigração Holandesa, a organização do Agroleite 2018 apresentou os 18 vencedores do Troféu Agroleite, considerado o Oscar do setor leiteiro brasileiro. Foi entregue uma placa de agradecimento ao deputado federal Osmar Serraglio, autor do projeto de lei que instituiu a cidade de Castro como a Capital Nacional do Leite. Foram homenageados também os ex-ministros de Agricultura, Francisco Turra e Roberto Rodrigues.

Entre os vencedores estão a Alta, na categoria Genética; categoria Nutrição a Nutron; Medicamentos a Biogénesis Bagó; Forragens a Nobre Nutrição Animal; Sementes a DuPont Pioneer; Ordenhadeiras e Refrigeração a Gea; Equipamentos para Ensilagem a Nogueira; Equipamentos para Fenação a Krone; Tratores Agrícolas a New Holland; Prestador Serviços Agrícolas a Cia da Silagem; Técnico do Ano o Sérgio Soriano; Agente Financeiro o Sicredi; Associação de Produtor a Associação Paranaense dos Criadores de Bovinos da Raça Holandesa; Produtor de Leite do Ano a Sekita Agronegócios; Laticínios a Italac; Embalagens a Tetra Pak; Mídia Impressa a Revista Leite Integral e na categoria Mídia Digital o MilkPoint.

Veja também > MilkPoint recebe 16º troféu Agroleite na Cooperativa Castrolanda

As informações são do Jornal Diário dos Campos.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint