FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Yakult Korea faz parceria para lançamento de bebida funcional com formulação 'flavobiótica'

POR JULIANA SANTIN

NOVIDADES E LANÇAMENTOS EM LÁCTEOS

EM 25/03/2019

3 MIN DE LEITURA

0
1

A Yakult Korea colaborou com a empresa holandesa de ciências da vida, BioActor para desenvolver uma nova bebida funcional de duplo propósito para o mercado sul-coreano.

Chamado de MPRO3, o produto engarrafado de dose única contém prebióticos líquidos, probióticos encapsulados (contendo três tipos diferentes de bactérias lácticas patenteadas) e o ingrediente principal: “flavobiótico” patenteado da BioActor, chamado de MicrobiomeX, que a empresa afirma que beneficia a saúde intestinal.

MPRO3 - Yakult Korea

O MicrobiomeX da BioActor é um ingrediente natural derivado de citrus que contém flavonóides ativos que, segundo se diz, melhoram a composição do microbioma intestinal, fortalecem a barreira intestinal, diminuem a inflamação do intestino e oferecem suporte ao sistema imunológico.

"O MicrobiomeX adiciona uma nova categoria ao espaço de saúde intestinal. Chamamos de 'flavobióticos' porque não é probiótico nem prebiótico. 85% a 90% de seus flavonóides atingem o cólon intacto depois de ‘viajar’ pelo estômago e intestino delgado, só então começam a metabolizar. Esse processo é desencadeado por micróbios muito específicos que têm as enzimas para produzir butirato. Isso significa que os flavonóides do MicrobiomeX estão em sua forma ativa, então um antioxidante ativo e composto anti-inflamatório é liberado no lúmen do intestino (quando atinge o cólon)", explicou o diretor da BioActor,  Hans van der Saag.

Segundo ele, o MPRO3 é um produto simbiótico que combina fibras prebióticas, flavobióticos e probióticos. “Os probióticos são armazenados na tampa da garrafa (para garantir a estabilidade da validade), e as fibras prebióticas e o MicrobiomeX estão contidos no corpo do recipiente. Tudo o que o consumidor tem a fazer é tirar a tampa e liberar os probióticos na bebida, antes de ingeri-la. É um produto para a saúde intestinal muito conveniente para as viagens".

Este metabolismo de flavonoides tem dois resultados diretos: a liberação de metabólitos ativos no lúmen do intestino e a modulação do microbioma intestinal com Clostridium cluster XIVa, que produz butirato. Este primeiro leva a um aumento da atividade antioxidante in vivo, o que fortalece a barreira intestinal, e o segundo, um aumento nos perfis benéficos de AGCC (ácido graxo de cadeia curta), que fornece suporte para o sistema imunológico.

O MicrobiomeX já foi submetido a um ECR (Resposta Eficiente ao Consumidor, na tradução), uma experiência de 12 semanas que examinou os efeitos de uma dose diária de 500mg de MicrobiomeX na composição do microbioma intestinal e nos níveis de calprotectina em um grupo de 50 indivíduos com sobrepeso e, portanto, com uma microbiota alterada.

O estudo, que está em processo de publicação, constatou que MicrobiomeX melhorou a função da barreira intestinal e diminuiu a inflamação intestinal. "Isso é o que torna este ingrediente único, comparado com fibras prebióticas, que não têm efeitos anti-inflamatórios, e probióticos, que não têm efeitos simbióticos. Além disso, é eficaz em uma dose muito baixa - a dose recomendada é de 500mg, facilmente 10 vezes menos do que uma dose prebiótica ou probiótica recomendada".

Mais pesquisas, mais lançamentos

No momento, o MPRO3 está disponível apenas no mercado sul-coreano, e a Yakult Korea não indicou se disponibilizará o produto em outros países. De acordo com van der Saag, a bebida é adequada para consumidores de todas as idades. Ele acrescentou que a BioActor continuaria a conduzir pesquisas sobre o MicrobiomeX para apoiar o potencial NPD com a Yakult Korea e possivelmente outras empresas.

Além dos numerosos estudos in vitro e clínicos que já foram realizados no MicrobiomeX, a BioActor está atualmente fazendo dois ensaios clínicos no Hospital Universitário de Maastricht - um envolvendo pessoas com SII (Síndrome do Instestino Irritado) e outro com idosos. "O primeiro teste teve como alvo uma população geral, então, agora, estamos nos concentrando em grupos específicos para descobrir os efeitos do MicrobiomeX em condições específicas. Os dados desses estudos podem apresentar novos benefícios que podem apoiar o desenvolvimento de novos produtos acabados, e continuaremos ajudando nossos parceiros gerando mais pesquisas e fornecendo mais dados para explorar novas formulações", concluiu van der Saag.

Vale a pena ler também > Guia da ANVISA para avaliação de probióticos para emprego em alimentação humana

Fonte: Dairy Reporter.

JULIANA SANTIN

Médica veterinária formada pela FMVZ/USP. Contribuo com a geração de conteúdo nos portais da AgriPoint nas áreas de mercado internacional, além de ser responsável pelo Blog Novidades e Lançamentos em Lácteos do MilkPoint Indústria.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint