FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Características do consumo de lácteos durante a pandemia

KENNYA SIQUEIRA

EM 26/06/2020

2 MIN DE LEITURA

0
4

Por Kennya B. Siqueira e Davi Chaves

A Embrapa Gado de Leite/Centro de Inteligência do Leite realizou, entre os dias 23 de abril e 03 de maio, uma pesquisa por meio das redes sociais para acompanhar o comportamento do consumidor brasileiro de leite e derivados durante a pandemia do novo coronavírus. Participaram da pesquisa 5.105 consumidores distribuídos em todo o território brasileiro que responderam sobre o consumo de 13 produtos lácteos.

Neste estudo foi considerado o consumo domiciliar, ou seja, os produtos adquiridos pelo consumidor no autosserviço (supermercados, padarias, mercearias, etc) para consumo na sua residência. Com isso, a pesquisa não considerou a alimentação fora do lar (bares, restaurantes, hotéis, etc), categoria que apresentou as maiores quedas de consumo durante a quarentena.

A pesquisa mostrou que a grande maioria dos consumidores que participaram da pesquisa mantiveram seus hábitos de consumo durante a pandemia, consumindo a mesma quantidade de produto que consumiam anteriormente. Ao contrário do ocorrido com a maioria dos derivados do leite, para dois derivados do leite ligados à indulgência (sorvete e doce de leite), houve uma porcentagem maior de consumidores que afirmou ter diminuído o consumo domiciliar desse produto (Tabela 1).

O sorvete, por ser alimento sazonal, geralmente tem seu consumo reduzido nesta época do ano no Brasil. Já, o doce de leite parece estar perdendo espaço para sobremesas preparadas em casa, o que fortaleceu as vendas de leite condensado, outro derivado do leite que também é considerado um produto indulgente.

Tabela 1. Porcentagem de variação no consumo de lácteos durante a pandemia, segundo os participantes da pesquisa. Fonte: resultados da pesquisa.

Dentre os fatores analisados na pesquisa que mostrou relação com o consumo de lácteos está a renda. Análises estatísticas evidenciaram que a renda de até um salário mínimo (SM) está associada com a redução do consumo para todos os derivados do leite analisados na pesquisa (Tabela 2).

Tabela 2. Média da porcentagem que a mudança no consumo representa por classe de rendimento, contando todos os produtos. Fonte: resultados da pesquisa.

Já a localização também revelou algumas informações importantes com relação à variação de consumo de lácteos durante a pandemia. O estado de Goiás, por exemplo, está associado com o aumento de consumo de leite pasteurizado (Figura 1). Já Acre e Ceará estão associados com o aumento do consumo de sorvete no período de quarentena, enquanto Pernambuco está associado à redução no consumo de leite fermentado.

Figura 1. Teste de independência entre as variáveis e as variações no consumo durante a pandemia e o estado. Fonte: Resultados da pesquisa. Obs: o teste de independência ilustra a associação entre duas variáveis. Nesse teste estatístico, os círculos azuis representam associações positivas e quanto mais forte for o azul, maior é a associação.

Apesar dessa pesquisa ter sido realizada com o intuito de medir o comportamento do consumo de lácteos nas residências brasileiras apenas no período de isolamento social da população, ela forneceu importantes informações e insights sobre este mercado. As informações referentes à renda, por exemplo, são muito importantes para os produtos mais populares, dirigidos para as classes de renda mais baixa e que, geralmente usam a estratégia de diferenciação de preço, pois os resultados indicam que estes podem ter maior retração na demanda.

Vale a pena ler também > De programas de incentivo à demanda aquecida: veja a opinião de 3 indústrias sobre o momento atual

KENNYA SIQUEIRA

Pesquisadora da Embrapa Gado de Leite

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint