FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Tripanossomose bovina: sinais no rebanho

POR THIAGO S. AZEREDO BASTOS

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 07/12/2020

2 MIN DE LEITURA

1
8

A tripanosomose ou tripanossomose bovina é uma doença que causada pelo protozoário Tripanosoma vivax, que gera grandes prejuízos econômicos. Este artigo vai tratar dos sintomas da doença no rebanho.

 

Depois de discutir a origem e transmissão da doença, nos artigos anteriores, chegou a hora de apresentar os sinais clínicos mais observados em um animal com tripanossomose bovina.

Veja os artigos anteriores:

Tripanosomose bovina: só controla quem conhece!

Tripanosomose bovina: como esta doença se espalha

 

Qual é o sinal da doença em uma vaca?

Como venho falando, apesar de poder causar problemas em outras espécies e faixa etária, os animais que mais estão sofrendo com a doença hoje são as vacas em lactação.

Nestas vacas, poucos dias depois que o protozoário invade seu organismo e alcança o sangue, surgem os primeiros sinais da doença: febre e anemia (Figura 1)1. Estes dois sinais acabam reduzindo a capacidade do animal andar e alimentar bem. Então, por conta disso, os próximos sinais que geralmente aparecem são desidratação, fraqueza, prostração (Figura 2), perda de peso, aborto e queda na produção de leite, por exemplo2. Como sabemos bem, uma vaca que fica deitada, sem beber água e sem comer bem, tem grande chances de resultar em morte.

Figura 1: Sinais de anemia e febre em bovinos: mucosa ocular e bucal pálida, temperatura acima de 38,5 graus (Bastos et al., 2017).

 

Figura 2: Vaca em decúbito, após manifestar febre alta e deixar de se alimentar (Bastos et al., 2017).

 

Mas, estes sinais são os mesmos de outras doenças!

Exatamente! Os sinais clínicos que tripanossomose causa, são os mesmos que várias outras doenças causam. Por exemplo, ela pode ser confundida com verminoses, tristezinha, raiva, deficiência nutricional e intoxicações por plantas3. Isso faz com que ela seja facilmente confundida e, por isso muitos tratamentos não funcionam.

 

Então, como posso confirmar se meus animais estão com tripanossomose?

Já que apenas com sinais clínicos o diagnóstico não é possível, a melhor forma de confirmar a presença do parasito no rebanho é pelo apoio de um médico veterinário que esteja familiarizado com essa nova parasitose.

Durante a visita técnica, ele precisará observar os animais, alimentação, ambiente e outros fatores que podem ajudar a diferenciar tripanosomose das demais doenças1. A colheita de sague e a escolha do exame certo também é fundamental para a confirmação. Como existem vários exames e cada um deve ser utilizado em um certo momento da doença (alguns funcionam só nos primeiros dias de febre, por exemplo), o atendimento médico veterinário é fundamental.

 

Foi confirmado tripanossomose em meu rebanho. Fico preocupado ou não?

Logicamente não existe doença que desejamos para os nossos animais. Então, é importante lembrar que quanto mais cedo descobrirmos o problema, mais rápido será possível agir para tratar ele.

 

Tripanossomose bovina tem tratamento!

O que não podemos deixar acontecer é demorar para diagnosticar a doença. Pois, quando mais tempo demorar, mais ela pode se espalhar.

 

Gostou do conteúdo? Deixe seu like e seu comentário, isso nos ajuda a saber que conteúdos são mais interessantes para você. Quer escrever para nós? Clique aqui e veja como!

 

Referências

1.Bastos TSA, Faria AM, Madrid DMdC, Bessa LCd, Linhares GFC, Fidelis Junior OL, et al. First outbreak and subsequent cases of Trypanosoma vivax in the state of Goiás, Brazil. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária. 2017;26(3):366-71.

2.Silva TMF, Olinda RG, Rodrigues CMF, Câmara ACL, Lopes FC, Coelho WAC, et al. Pathogenesis of reproductive failure induced by Trypanosoma vivax in experimentally infected pregnant ewes. Veterinary research. 2013;44(1):1.

3.Hurtado OJB, Castro PDJ, Giraldo-Rios C. Reproductive failures associated with Trypanosoma (Duttonella) vivax. Veterinary parasitology. 2016;229:54-9.

THIAGO S. AZEREDO BASTOS

Médico Veterinário pela UFG. Possui doutorado com ênfase em diagnóstico e prevenção de doenças infecciosas e parasitárias, principalmente tripanossomose bovina. Professor e Coordenador do curso Med. Veterinária na Faculdade Anhanguera de Anápolis.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ROMMEL JACINTHO DA SILVA

QUIRINÓPOLIS - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 07/12/2020

Ótimo
MilkPoint AgriPoint