FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Na contramão do restante do mundo, demanda de lácteos na Índia aumenta

Salvo alguns incidentes extremos, os produtores de leite na Índia são "abençoados", especialmente quando se olha para o cenário europeu.

Em toda a União Europeia fala-se sobre queda na demanda e no preço do leite devido à Covid-19, disse RS Sodhi, diretor administrativo do Gujarat Cooperative Milk Marketing Federation Ltd. (GCMMF). “Somos realmente abençoados, pois não apenas nossas compras registraram um aumento considerável, mas também os produtores estão obtendo melhores preços por seus produtos”.

A Amul coleta leite de 18700 cooperativas e leva a 80 fábricas espalhadas por todo o país. Sodhi informou que no ano passado a Amul adquiriu 23 milhões de litros de leite por dia e planeja aumentar para 32 milhões em cinco anos. “Nossa captação registrou um crescimento de 9% nos últimos 10 anos e continuaremos aumentando. Além disso, a Amul está investindo na fabricação de doces, como Pedha, Barfi e outros itens”, disse Sodhi, sobre os planos futuros.

Salvo alguns casos, a captação tem sido tranquila no país, apesar da ameaça do vírus. Um desses casos foi relatado em Odisha, no qual os produtores de leite da Sociedade Cooperativa de Produtores de Leite Raisunguda, no distrito de Cuttack, descartaram uma quantidade enorme de leite na estrada, protestando contra a não captação pela Federação Cooperativa de Produtores de Leite do Estado de Odisha (OMFED).

Mas isso não é nada comparado ao que está sendo visto na Europa. O Farmers Weekly, com sede no Reino Unido, informa que os produtores de leite da União Europeia vêm solicitando cortes na produção em toda a UE para ajudar a "apertar" o mercado e pressionar os preços durante a crise do coronavírus.

Organizados pelo órgão produtor do Conselho Europeu do Leite (EMB), os produtores de leite de sete países realizaram uma variedade de atividades para chamar a atenção para o problema. Na Alemanha, os produtores ergueram uma pirâmide de leite em pó desnatado em frente ao Reichstag (Parlamento alemão) em Berlim.

De acordo com o produtor de leite belga e presidente da EMB, Erwin Schöpges, “o leite em pó desnatado tornou-se o símbolo em toda a UE das medidas de crise errôneas implementadas pela União Europeia no setor lácteo”, relata a publicação. Segundo ele, o armazenamento de manteiga e leite em pó como medida para lidar com o colapso da demanda é retardar problemas com excesso de oferta para uma data futura.

Outras demonstrações foram realizadas no Luxemburgo, Dinamarca, Bélgica, Lituânia e Itália.

As informações são do IndianCooperative.com, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.