ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

EUA: demanda por lácteos voltou aos padrões pré-covid

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/04/2021

3 MIN DE LEITURA

0
1

A pandemia de coronavírus interferiu no setor de serviços alimentícios, que normalmente movimenta quase metade de todos os laticínios nos EUA, mas as vendas em restaurantes começaram a aumentar e parece que uma recuperação total pode não estar tão distante. Betty Berning, analista do Daily Dairy Report, diz que os padrões de demanda por produtos lácteos já começaram a mudar.

De acordo com a revista Fortune, 110.000 restaurantes fecharam nos Estados Unidos no ano passado e 2,5 milhões de trabalhadores do setor de alimentação perderam seus empregos.“Há um ano, o mundo fechou”, relembra Berning.

“Restaurantes, salões e até igrejas foram fechados em muitos estados, tudo devido à Covid-19. A rápida propagação do vírus e o longo fluxo de mortes que se seguiram alarmaram os líderes mundiais, que responderam da melhor forma que puderam, pedindo às pessoas que ficassem em quarentena o máximo possível.”

Uma pesquisa em andamento com 1.000 consumidores, conduzida pela National Restaurant Association desde fevereiro de 2020 mostra que antes da pandemia, 59% dos entrevistados saíam para jantar pelo menos uma vez por semana. No auge dos bloqueios, esse número caiu para 16%. Em fevereiro e março de 2021, no entanto, 37% dos entrevistados voltaram a comer fora todas as semanas.

“Esse é o número mais alto desde o início da pandemia”, observa Berning. “Parece que, à medida que as vacinas se tornam mais prevalentes, os consumidores ficam mais dispostos a comer fora.” Além disso, Berning observa que as reservas de jantar feitas por meio do Open Table caíram quase 100% no início do bloqueio, em comparação com 2019.

“Embora as reservas na semana passada ainda fossem menores que em 2019, elas melhoraram significativamente para apenas 30%, e as reservas têm aumentado constantemente desde janeiro”, observa ela.

À medida que mais pessoas são vacinadas e voltam aos velhos hábitos de comer fora e a economia dos EUA aumenta, a mudança na demanda por laticínios se tornará ainda mais evidente, disse Berning. Em março, os fabricantes de queijo e manteiga viram as vendas de serviços alimentícios se fortalecerem, com alguns produtores de manteiga dizendo que os níveis de pedidos estavam se aproximando dos níveis anteriores à Covid, de acordo com o Dairy Market News do USDA.

Ao mesmo tempo, as vendas no varejo de queijo têm se mantido estáveis e a demanda por manteiga no varejo tem sido forte devido às vendas de Páscoa e promoções nos supermercados, acrescentou ela.

“É possível que a forte demanda de lácteos no varejo, experimentada durante a pandemia possa diminuir à medida que o serviço de alimentação se recupera e os consumidores trocam comer em casa por jantar fora”, observa Berning.

“Isso pode significar um aumento nas vendas de queijos de estilo italiano, normalmente consumidos com mais frequência fora de casa, enquanto a demanda por blocos, fatias e pacotes de Cheddar no varejo pode diminuir.”

Outro sinal de que os padrões de demanda por laticínios começaram a voltar ao normal é que os fabricantes de concentrado de proteína de soro de leite (WPC) têm produzido menos WPC 34 e mais WPC 80 e isolados de proteína de soro de leite.

Tanto o WPC 80 quanto os isolados de proteína de soro são usados na nutrição esportiva e, agora que as academias foram reabertas, a demanda por esses produtos também está crescendo. “À medida que mais escolas e faculdades retomam o aprendizado presencial, a demanda por leite em caixinha também aumentará”, finalizou.

As informações são do Dairy Herd Management, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

*Fonte da foto: Freepik

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint