ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Sustentabilidade: startup está unindo gigantes mundiais ao redor das embalagens reutilizáveis

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/07/2019

4 MIN DE LEITURA

0
1

Uma boa parte das embalagens dos produtos que você compra é feita de plástico. Mas apenas 14% deles são coletados para serem reciclados. Pior: cerca de um terço do plástico do mundo vai parar nos oceanos, de acordo com o Fórum Econômico Mundial.

Esses dados alarmantes motivaram a startup americana TerraCycle, fundada pelo húngaro Tom Szaky, a criar um serviço radical. É o Loop, testado no começo deste ano em Paris.

O conceito do Loop é bastante simples. As empresas passam a ser donas das embalagens. Mas para viabilizar isso, a TerraCycle criou um serviço logístico para tirar essa ideia do papel. Os parceiros do Loop desenvolvem as embalagens não descartáveis. A Loop se encarrega da limpeza e da distribuição. O consumidor precisa acessar o site do projeto, fazer sua compra e, em poucos dias, receberá uma caixa com os produtos em embalagens reutilizáveis.

Loop

Depois de usar os bens adquiridos, o usuário retorna os frascos vazios à caixa da Loop e agenda a retirada – também capitaneada pela Loop. Cabe ao projeto limpar as embalagens, enchê-las novamente e, de novo, entregar ao cliente. É um ciclo (ou “loop”, em inglês) verde. Essa ideia atraiu empresas gigantes como Procter & Gamble, Unilever, Nestlé, PepsiCo, Danone, Mars Petcare, Mondelez International, Walgreens, Kroger, entre outros. É possível comprar de sorvetes a desodorantes em embalagens reutilizáveis.

“Como em qualquer varejo, compramos o produto dos nossos parceiros e aplicamos uma pequena margem em cima do valor. Nesta fase inicial, estamos desenvolvendo um sistema de compras circular totalmente novo e os consumidores terão de gastar um pouquinho mais para ter o produto que gostam numa embalagem ecológica, mas, à medida que crescemos, os custos certamente irão cair”, disse Szaky, com exclusividade ao NeoFeed.

Um sorvete Häagen-Dazs, por exemplo, custa US$ 6,49. Mas há o acréscimo de US$ 5 por conta da embalagem e da entrega e retirada do produto.

Depois de estrear de forma experimental em Paris, o Loop começou a ser testado nos Estados Unidos. Ele agora está disponível em Nova York, Nova Jersey, Pensilvânia, Washington, D.C., Maryland, Connecticut, Massachusetts, Rhode Island, Vermont e Delaware. Mais de 60 mil pessoas se inscreveram na plataforma só nos Estados Unidos.

Desodorantes em embalagens reutilizáveis para serem vendidos no serviço LoopDesodorantes em embalagens reutilizáveis para serem vendidos no serviço Loop

A TerraCycle já está planejando expandir sua atuação para outras cidades e países . Em 2020, a expectativa é que o serviço esteja disponível na costa Oeste americana, em Londres (Inglaterra), Toronto (Canadá) e em cidades da Alemanha e do Japão. “A Loop também vai ganhar mais robustez firmando parcerias com novas marcas”, afirma Szaky. “Nosso objetivo é ter entre 100 e 400 novos produtos disponíveis até o fim do ano.” Hoje, são 87 itens.

Apesar de ser uma unidade de negócios da TerraCycle, Szaky não descarta a possibilidade de torná-la independente. “Seu crescimento e expansão para novos mercados podem, sim, levá-la a se tornar uma empresa à parte".

Fugindo de Chernobyl

Fundada em 2001 por Szaky, a TerraCycle é uma empresa que foca em resíduos que são difíceis de serem reciclados. A startup criou, por exemplo, um método para reaproveitar gomas de mascar, bitucas de cigarro, escovas de dentes e outros produtos que não teriam outro destino senão a lata de lixo.

A empresa, que está presente em 21 países, inclusive o Brasil, oferece ainda um amplo portfólio de programas de coleta e reciclagem patrocinados por empresas, com o objetivo de viabilizar a coleta e o descarte ambientalmente correto de resíduos.

Com 37 anos, Szaky é um “refugiado” da tragédia nuclear de Chernobyl, na Ucrânia (na época, uma República da extinta União Soviética). Em 1986, países vizinhos começaram a ser afetados por nuvens tóxicas da usina nuclear, que forçou ao exílio milhares de famílias.

A Hungria, terra natal dos Szaky, foi também afetada, sobretudo na zona noroeste do país, onde morava. Sob o status de “refugiados”, a família passou pela Alemanha e por Holanda antes de desembarcar, em 1987, no Canadá. Lá, ele passou o final de sua infância e adolescência.

Para o ensino superior, contudo, o garoto optou pelos Estados Unidos e frequentou as aulas de psicologia e economia da Universidade de Princeton, mas abriu mão da teoria (e do diploma) para viver os ensinamentos na prática, criando a TerraCycle.

Honrando seus princípios e slogan “eliminando a ideia do desperdício”, a TerraCycle, em Trenton, ocupa escritórios que são inteiramente decorados com itens de reciclagem e operam sob um sistema de “zero waste” – “desperdício zero”, em tradução literal.

Sua principal atividade é propor soluções tecnológicas, biológicas, logísticas ou criativas para reaproveitar itens de difícil descarte. Dos programas sustentáveis da TerraCycle, talvez o mais bem-sucedido seja a plataforma Zero Waste Box.

Ainda não ativa no Brasil, ela que permite que quase todo o tipo de resíduo seja reciclado, como cápsulas de café ou complexos de laboratório. Ao contratar esse serviço da TerraCycle, a empresa só precisa escolher o tipo de resíduo que quer reciclar, adquirir a caixa de tamanho adequado, coletar o resíduo e enviar para a TerraCycle para ser reaproveitado.

Soluções industriais, reciclagem de resíduos regulados, como baterias e lâmpadas fluorescentes, também fazem parte do escopo de atividade da companhia de Szaky, que busca parceria com ONGs e lideranças locais, a fim de maximizar o potencial de suas atividades.

As informações são do portal Neo Feed.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint