ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Lely Astronaut A5 - O Novo Marco em Ordenha

Nova rotina a partir da automação

Ao optar por automatizar o processo de ordenha em sua propriedade, o produtor introduz uma nova rotina ao trabalho diário que proporciona maior flexibilidade, eficiência e melhor equilíbrio entre trabalho e vida social. Cerca de um terço da rotina de trabalho em uma propriedade leiteira é ocupado por tarefas repetitivas, como a ordenha, após a transição para a ordenha robotizada, oportunidades para focar em outras áreas importantes do negócio são criadas, como a saúde do rebanho, manejo reprodutivo, cria e recria de novilhas e obviamente a convivência com a família. 

Além da mudança na rotina, a propriedade como um todo passa a enxergar o rebanho com olhos diferentes, o produtor deixa de “trabalhar embaixo das vacas” e passa a “trabalhar entre as vacas”, pois as ferramentas de monitoramento do desempenho e da saúde dos animais, possibilitam a identificação rápida de quais deles precisam de atenção, onde estão e se necessário os separam para uma avaliação mais aprofundada.

Outra alteração importante na rotina da fazenda trata-se da liberdade que as vacas adquirem para escolher o que fazer e quando fazer. Isso se deve ao conceito adotado pela Lely:  o manejo de vacas em sistema de fluxo livre (Free Cow Traffic), onde as vacas são livres para escolher quando comer, beber, descansar ou ir à ordenha. O ambiente torna-se mais tranquilo, principalmente para aquelas vacas consideradas inferiores na hierarquia do rebanho, como novilhas, vacas de pós parto e de alta produção, pois estes animais acabam aprendendo quais os melhores momentos para ir a ordenha, comer ou beber, sem serem incomodados ou impedidos por aqueles animais chamados dominantes. Essa liberdade de escolhas, se traduz em maior tempo de alimentação e descanso, benefícios estes que somados ao aumento da dedicação em aspectos como a saúde e fertilidade do rebanho, trazem mais longevidade às vacas, otimizam a produção e reduzem as taxas de descarte.

Retorno em Performance

Ao investir em um novo equipamento, com um conceito diferente dos demais, o produtor precisa ter a certeza de haverá um sólido retorno. Com o sistema de ordenha automatizado, tipicamente observamos a produção de leite aumentar, além disso os produtores podem esperar também que suas vacas tenham uma vida produtiva mais longa. Uma mudança que explica isso, é o aumento da frequência de ordenhas, mas de modo eficiente, ou seja, animais com potencial produtivo serão ordenhados em torno de 4 a 5 vezes/dia, em contrapartida animais com menor produção ou em final de lactação serão ordenhados 2 vezes a 3 vezes/dia, gerando em média 2.7 até 3.2 ordenhas por dia.

Nós da Lely, desenvolvemos 5 regras básicas para alcançar uma ordenha rentável. Conseguimos colocá-los em prática pois temos ferramentas para isso, como o robô Lely Astronaut A5 e o nosso sistema Free Cow Traffic

1. Ofereça às vacas liberdade de escolha

Proporcione às vacas um ambiente livre de estresse e que permita a expressão do seu comportamento natural:

  • O sistema de Free Cow Traffic deixa a vaca escolher quando comer, beber, descansar ou ordenhar;
  • O sistema de entrada no robô em I (I-Flow) em cojunto com o box espaçoso e uma ampla área em frente ao robô fornecem um conforto adequado para que as vacas possam acessar o robô, tornando a ordenha mais atrativa;

2. Trate as vacas de forma consistente

Vacas não gostam de mudança, então um barracão bem projetado com um sistema de ordenha inteligente, são elementos importantes para uma boa adaptação e consequentemente bons resultados:

  • Permita que a vaca desenvolva uma rotina consistente e que atenda as necessidades do período de lactação em que ela está;
  • Ofereça um tratamento consistente em cada ordenha;

3. Aborde as vacas individualmente

Cada vaca e cada um de seus quartos mamários é único e, portanto, precisa ser tratado individualmente:

  • A  automatização da ordenha permite que as diferenças de ordenhabilidade entre grupo de vacas, úberes e quartos sejam tratadas de maneiras distintas;
  • A tecnologia possibilita trabalhar com diferentes ritmos de pulsação e relações de pulsação, bem como tempos de ordenha e nível de vácuo, para cada grupo, vaca ou quarto;
  • A alimentação também é baseada nas necessidades individuais de cada animal, considerando e fase de lactação e sua produção de leite;

4. Otimize a saúde de suas vacas

A performance da vaca é otimizada quando as vacas estão sadias:

  • Identifique quaisquer anormalidades no leite ou no comportamento da vaca que possam indicar algum distúrbio em termos de saúde;
  • Tome as medidas preventivas e curativas necessárias assim que possível, antes mesmo que estes probelmas se tornem clínicos;

5. Ordenhe e manuseie o leite com cuidado

O leite é um produto valioso, porém é uma comoditie perecível e precisa ser manuseado com cuidado para manter sua qualidade.

  • Utilize as informações geradas pelo sistema Milk Quality Control – MQC, para gerenciar a saúde da glândula mamária de suas vacas;
  • Realize um ordenha higiênica com a limpeza por escovas e o sistema de desinfecção de teteiras a vapor Lely Pura.

AstronautA5_Farmers_Testimonials_Português from AgriPoint Portais on Vimeo.

Para saber mais, entre em contato pelo box abaixo.

13

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JIL ANDRADE

SALGADO - SERGIPE - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 31/10/2018

Gostaria de obter informações mais detalhadas acerca do custo de implantação e do perfil de produção mínima indicada para o sistemas.
ALESSANDRO REIS AZEVEDO

SÃO JOÃO NEPOMUCENO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 16/10/2018

Boa tarde. Gostaria de mais informações sobre o produto e um orçamento.
sjnet@sjnetonline.com.br
Obrigado
Alessandro
ADIR PAULI

CAMPO NOVO - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 15/10/2018

Olá!!
Gostaria de receber mais dados técnicos sobre o assunto, para que se possa iniciar um estudo de implantação e projeção do sistema.
PAMELA DEUTZ NEVES TRARBACH

DOMINGOS MARTINS - ESPÍRITO SANTO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 11/10/2018

Gostaria de saber o orçamento para adquirir o produto .
LELY AMÉRICA LATINA

CARAMBEÍ - PARANÁ - TÉCNICO

EM 11/10/2018

Olá Pamela, obrigada pelo contato.

Enviaremos mais detalhes por e-mail.
EDUARDO COSTA SIQUEIRA

PASSA QUATRO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 08/10/2018

Oi gostaria de receber um orçamento para estudarmos a implantação em nossa fazenda.
LELY AMÉRICA LATINA

CARAMBEÍ - PARANÁ - TÉCNICO

EM 11/10/2018

Obrigado pelo interesse Eduardo!

Entraremos em contato por e-mail para mais detalhes.
SANZIO GABRIEL DINIZ

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/10/2018

Gostaria de receber contato para estudarmos a implantação.
LELY AMÉRICA LATINA

CARAMBEÍ - PARANÁ - TÉCNICO

EM 11/10/2018

Obrigada pelo seu contato Sanzio!

Enviaremos mais detalhes por email!
KIKA KER

LAJINHA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/09/2018

Como faz pra adquirir um produto desse?
LELY AMÉRICA LATINA

CARAMBEÍ - PARANÁ - TÉCNICO

EM 18/09/2018

Olá Kika!

Agradeçemos o seu interesse.
Entraremos em contato com você através do seu e-mail para responder suas dúvidas!
JOEL CARNEIRO DOS SANTOS FILHO

MARINGÁ - PARANÁ - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 14/09/2018

É uma ótima opção mas, temos que avaliar a relação Benefício : Custo de cada fazenda.
Gostaria de ter mais informações em relação ao investimento e às despesas de manutenção e em relação aos produtos de higiene e limpeza.
LELY AMÉRICA LATINA

CARAMBEÍ - PARANÁ - TÉCNICO

EM 18/09/2018

Prezado Joel,

Com certeza o custo-benefício para cada fazenda deve ser levado em consideração.
Por isso temos estudos econômicos que apontam o retorno de investimento ao redor de 5 anos, em fazendas que já estão produzindo leite a 8 ou 9 anos. Neste estudo temos incluído os custos com manutenção e produtos de higiene e limpeza.

Inicialmente a ordenha robotizada foi desenvolvida para atender a diminuição da mão de obra, porém atualmente, vários benefícios colocam essa opção como um importante recurso para atingir maior produtividade por animal, melhorar a saúde e o conforto além de melhorar o gerenciamento das informações e da rotina diária. As melhorias são alcançadas através do aumento do número de ordenhas ajustado para cada fase da lactação em conjunto com o fornecimento de concentrado de acordo com o mérito de produção de cada vaca, além do sistema de manejo em fluxo livre e da disponibilidade de ferramentas para monitoramento da saúde dos animais, como a medição da ruminação e os sensores que monitoram através do leite, qualquer tipo de alteração de saúde do úbere, com isso o diagnóstico de doenças importantes torna-se muito mais ágil.

Entraremos em contato por email para mais detalhes.

Obrigada!