ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

A safra de leite ainda existe?

POR MATHEUS NAPOLITANO

UM GRÁFICO, UMA ANÁLISE

EM 13/06/2024

2 MIN DE LEITURA

0
19

Adiantando a resposta: sim.

No entanto, a caracterização do período da “safra do leite” é bem menos pronunciada atualmente do que já foi no passado. E é sobre isso que falaremos neste artigo!

No gráfico abaixo, podemos observar a variação da captação formal de leite no Brasil no 4º trimestre (período típico de maior oferta de leite no mercado) em relação ao 3º trimestre.

Gráfico 1. Variação do volume captado de leite no Brasil do 4º trimestre em relação ao 3º trimestre.

Variação do volume captado de leite no Brasil do 4º trimestre em relação ao 3º trimestreFonte: IBGE - Pesquisa Trimestral do Leite - elaborado pelo MilkPoint Mercado.

Vemos no gráfico que essa diferença tem ficado cada vez menor. As razões para essa transformação são diversas, mas dois fatores se destacam como principais:

  1. O Sul se tornando a principal região produtora de leite do país: nos últimos anos, houve uma mudança geográfica significativa na estrutura produtiva de leite do Brasil. O Sul superou a liderança histórica do Sudeste e se tornou a região com maior produção de leite do país. A região Sul apresenta uma sazonalidade de produção diferente do Sudeste, com o pico de produção nos meses de julho, agosto e setembro (3º trimestre), ao contrário do Sudeste, que ditava a “safra do leite” com maior volume de produção no final do ano, entre outubro e janeiro.
  2. Crescimento da produção de leite confinado: as vacas em sistemas de produção de confinamento, por estarem menos expostas às condições climáticas (oscilações de temperatura, chuvas, oferta de forragem, umidade, etc.), apresentam uma produção de leite mais estável ao longo do ano em comparação aos sistemas a pasto, que predominavam no passado recente. Com o aumento da participação do leite de sistemas confinados na oferta total do mercado, a produção total de leite também se tornou mais estável ao longo do ano.

A sazonalidade do leite ainda existe, mas sua manifestação ao longo do ano é bem menos expressiva atualmente.

Um dos efeitos dessa maior estabilidade é a potencial redução da volatilidade dos preços ao longo do ano, no médio prazo.

Dessa forma, ao avaliar e projetar a variação da oferta de leite ao longo do ano, precisamos considerar a nova realidade do mercado. Em um setor com mudanças estruturais tão expressivas (e rápidas) como o mercado lácteo, não dá para tirar conclusões com a mesma lógica do passado!

 

A coluna "Um gráfico, uma análise" traz aos leitores uma informação rápida e ao mesmo tempo educativa, provocando reflexões e ideias. Se você tem uma sugestão para realizarmos uma breve análise, envie pra gente através deste formulário. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro de todas as novidades do MilkPoint diretamente no seu e-mail

Obrigado! agora só falta confirmar seu e-mail.
Você receberá uma mensagem no e-mail indicado, com as instruções a serem seguidas.

Você já está logado com o e-mail informado.
Caso deseje alterar as opções de recebimento das newsletter, acesse o seu painel de controle.

MilkPoint Logo MilkPoint Ventures