ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Gordura da carne de cordeiro não faz mal à saúde e é fonte de nutrientes, revela pesquisa do IZ

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/01/2017

2 MIN DE LEITURA

4
2
A gordura presente na carne de cordeiro não faz mal à saúde, além de ser fonte de nutrientes. É o que aponta a mais recente pesquisa do Instituto de Zootecnia (IZ) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo sobre o perfil dos ácidos graxos que compõem a gordura da carne de cordeiros superprecoces de raças deslanadas brasileiras.
carne de cordeiro - gorduras

O estudo foi realizado no IZ com animais abatidos com idade entre 100 e 130 dias, conhecidos como superprecoces, que apresentam uma carne magra com gordura de boa qualidade nutricional. A pesquisa foi feita em parceria com a USP-CENA pelos pesquisadores da Secretaria que atuam no IZ Mauro Sartori Bueno e Ricardo Lopes Dias da Costa, dentro do projeto “Produção de cordeiros para abate superprecoce de raças maternas brasileiras Santa Inês e Morada Nova”.

A carne de cordeiro superprecoce é uma tecnologia já consagrada no Estado de São Paulo, sendo utilizada pela maioria dos produtores devido à excelente qualidade do produto final e da aceitação no mercado consumidor. De acordo com Sartori, o teor de gordura na carne e a composição do perfil de ácidos graxos são benéficos para o consumidor, tanto pelo baixo teor de gordura, como pelo perfil favorável dos ácidos graxos, importantes para prevenir problemas de saúde.

"O estudo colabora para desmitificar o receio da ingestão de carnes, que poderia estar relacionado a possíveis problemas cardiovasculares, como aumento do mau colesterol (LDL)”, detalha Sartori.

O pesquisador explicou também que os resultados obtidos na pesquisa mostraram que a carne de cordeiro superprecoce atendem os índices considerados saudáveis para consumo humano. “Para ter uma ideia, os ácidos graxos totais oleicos, encontrados em maior quantidade no óleo de oliva, foram de 40%, percentual considerado muito bom para a saúde humana”, destacou.

Para o secretário da Agricultura, Arnaldo Jardim, o IZ tem se comprometido com a transferência de tecnologias para a cadeia de produção animal ao atender tanto o produtor quanto o consumidor final, levando benefícios à saúde humana. “A saudabilidade dos alimentos é fator ímpar nas exigências dos estudos científicos feitos pelos institutos de pesquisa do Estado de São Paulo, conforme preconizam as propostas do governador Geraldo Alckmin diante do desenvolvimento e inovação tecnológica da cadeia da proteína animal”, enfatizou.

A diretora do IZ, Renata Helena Branco Arnandes, salientou a importância do projeto de pesquisa que atende a demanda mundial de produtos com qualidades nutricionais para saúde dos consumidores. “Os estudos atendem aos valores nutricionais exigidos pelos órgãos competentes de saúde na prevenção de doenças, além de atender a demanda do mercado consumidor, transferindo tecnologia de ponta ao produtor rural, que poderá ofertar um produto com maior valor agregado”, destacou Renata.

Importância das gorduras

A gordura como um todo é utilizada como fonte de energia para o organismo humano, para o trabalho muscular e manutenção da temperatura corporal no frio, com poder calórico 2,25 vezes mais que os carboidratos açúcar e amido.

Os ácidos graxos são agrupados em saturados, insaturados e monoinsaturados e categorizados em ômega-3 e ômega-6. Eles contêm carbono e hidrogênio, utilizados como energia pelas células, mantendo os níveis saudáveis de gorduras no sangue. Têm ação antioxidante no organismo, protegem contra hipertensão, combatem o excesso de colesterol ruim e de glicose. 

As informações são do Governo do Estado de São Paulo.

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CLAUDIO FRANCO GODOI

SÃO BERNARDO DO CAMPO - SÃO PAULO - ESTUDANTE

EM 22/06/2021

EXCELENTE ESSE ARTIGO,GOSTEI MUITO,MUITAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA NOS AJUDAR A TER UMA OPÇÃO DE ALIMENTO SAUDÁVEL.
ANGELA LINS

EM 09/04/2021

Muito bom saber.obgda
JOSÉ ERNANDE G.ARVALHO

COLINAS - MARANHÃO

EM 24/03/2020

gostei do esclarecimento perfeito
MARÍLIA MELLO

EM 04/02/2019

Sebo de Carneiro pode ser usado na comida?
MilkPoint AgriPoint