ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Uruguai: receita com exportação de lácteos cresceu 13%

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/06/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

O faturamento do setor de lácteos uruguaio no acumulado até maio deste ano, cresceu 13%, com  maiores volumes de leite em pó integral, leite desnatado e manteiga, segundo relatório do Instituto Nacional do Leite (Inale) do Uruguai.

O valor gerado com as exportações foi de US $ 266,3 milhões (R$  R$ 1.346,01). O volume de leite integral no período da comparação anterior cresceu 10%, cobrindo 54,2 mil toneladas que geraram US $ 175 milhões (R$ 885,36 milhões), com um valor médio por tonelada de US $ 3.442 (R$ 17,41).

No caso do leite em pó desnatado, o volume vendido cresceu 2,2%, somando 4,6 mil toneladas por US $ 135,5 milhões (R$ 685,52 milhões) com um valor por tonelada de US $ 3.086 (R$ 15,61). Paralelamente, na categoria de queijos, o volume vendido caiu 1%. Foram embarcadas 10,4 mil toneladas por US $ 41,9 milhões (R$ 211,98 milhões) e o valor por tonelada ficou em US $ 4.194 (R$ 21,22). 

Por fim, o volume vendido de manteiga cresceu 72% (eram 4,6 mil toneladas), gerando US $ 17,6 milhões (R$ 89,04 milhões). O preço mensal por tonelada atingiu US $ 4.088 (R$ 20,68).

 

Mercados

No âmbito do Fórum Inale 2021, o Engenheiro Agrônomo, Gabriel Giudice, técnico da Inale, descreveu o contexto internacional do mercado de lácteos. De acordo com ele, o crescimento do leite mundial entre 2.000 e 2019 foi de 2% ao ano e estima que de 2021 a 2022 crescerá 1% nas regiões exportadoras. “A produção mundial nunca parou de crescer”, afirmou.

Vários analistas no mundo estimam que o consumo aumentaria 2,1% e ofertaria 1%. Em suma, a demanda vai superar a oferta, o que geraria cenários positivos para os produtores nos próximos anos. O Uruguai exporta cerca de US $ 650 milhões (R$ 104,62 milhões). Contudo, atualmente as exportações são d  US $ 700 milhões (R$ 3541,44 milhões) e estima-se que o valor gerado pelo setor lácteo chegará a US $ 800 milhões (R$ 4047,36 milhões). “O grande negócio do Uruguai é a venda de leite em pó integral."

Os principais mercados são Argélia e Brasil, disse o palestrante. Ele mostrou que, no último ano, “Brasil e Argélia, China e Cuba cresceram nas compras de leite em pó integral. O queijo, exceto na Rússia, caiu em todos os destinos em relação à média dos últimos quatro anos. O Brasil é o segundo destino do leite em pó e o primeiro dos queijos. É um mercado de US $ 500 milhões (R$ 2529,60 milhões) e o Uruguai vende US $ 200 milhões (R$ 1011,84 milhões) ”, acrescentou Giudice.

Por sua vez, a Argélia é o primeiro destino de leite em pó integral do Uruguai. “É um mercado de US $ 1.400 milhões (R$ 7,08 milhões) e o Uruguai entra com US $ 200 milhões ( R$ 1011,84 milhões). É o quarto maior importador do produto no mundo e responde por 4,2% do leite mundial. Precisa importar 51% de sua produção para atender a demanda. Você vai comprar lácteos por muito tempo”, avaliou o especialista da Inale. O Uruguai vende cerca de US $ 80 milhões (R$ 404,74 milhões) anuais no mercado argelino.

No caso da China, é o maior importador mundial de leite em pó e laticínios, com 21,8% do leite produzido no mundo. É um mercado de cerca de US $ 6,3 bilhões. (R$ 31,87 bilhões). Por fim, a Rússia cobre 25% de seu consumo com importações e “o Uruguai está vendendo cerca de US $ 50 milhões (R$ 252,96 milhões”, disse Giudice.

As informações são do El País Digital,  traduzidas pela Equipe MilkPoint.


 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint