ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Leite lidera lista de alimentos mais consumidos do mundo

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 23/02/2022

3 MIN DE LEITURA

0
2

Uma pesquisa da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura apontou os dez alimentos mais consumidos ao redor do mundo, trazendo apenas algumas diferenças de preparo destes ingredientes que são típicos das regiões.

Em primeiro lugar, o destaque vai para o leite e seus derivados, como os queijos, consumidos em cerca de 580 milhões de toneladas por ano no mundo. Segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o leite possui importância econômica de renda e sobrevivência para grande parte da população mundial, além de ser uma fonte vital de nutrientes. Em média, 116 kg de leite são consumidos por ano por cada habitante, número que vem crescendo uma taxa de 1,2% ao ano, segundo a pesquisa divulgada em 2019.

O segundo lugar é ocupado pelo trigo, o qual dá origem à farinha mais consumida no Brasil e que é o ingrediente principal das massas. No país, cada pessoa consome, em média, 40 kg de trigo ao ano, segundo a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo). A nutricionista explica que este alimento é fonte imediata de energia, não sendo bem tolerados por pessoas com doenças autoimunes, como a artrose e hipotireoidismo, que pioram o quadro inflamatório. 

arroz é o alimento que ocupa o terceiro lugar da pesquisa. Originário no Japão, este alimento possui um consumo médio anual mundial de 54 kg por pessoa, segundo pesquisa do Banco do Nordeste do último ano. “O arroz é uma ótima fonte de energia, rico em metionina, um aminoácido essencial para o organismo, pois não possuímos a capacidade de produzi-lo por si só”, explica Amanda. Segundo a especialista, o malefício do arroz é o consumo exagerado, auxiliando no ganho de gordura.

Veja o ranking completo de alimentos mais consumidos:

  1. Leite: Em média, 116 kg de leite são consumidos por ano por cada habitante no mundo
  2. Trigo: No Brasil, cada pessoa consome, em média, 40 kg de trigo ao ano.
  3. Arroz: Originário no Japão, este alimento possui um consumo médio anual mundial de 54 kg por pessoa.
  4. Batata: Fonte de energia e vitamina C e complexo B, é importante para o bom funcionamento do sistema nervoso. Seu consumo deve ser equilibrado, pois ainda assim é fonte de carboidrato simples.
  5. Cerveja: Segundo Amanda, talvez o principal benefício deste alimento seja nos fazer felizes, pois é um ingrediente calórico, que causa alta desidratação no organismo e piora a qualidade do sono. 
  6. Açúcar: O açúcar é um alimento que não traz benefícios ao organismo, sendo um ingrediente dispensável para a saúde e sobrevivência de uma pessoa. Amanda explica que, caso queira consumi-lo, o ideal seja antes ou depois do treino, pois repõe energia. O açúcar aumenta a glicose no sangue, piorando o funcionamento do pâncreas.
  7. Tomate: Fonte de vitamina C o tomate é rico em licopeno, nutriente importante contra inflamações do fígado, envelhecimento da pele e contra o câncer.
  8. Milho: Rico em fibra, o milho auxilia no controle de açúcar no sangue, além de ajudar no trânsito intestinal. Amanda atenta para que seu consumo orgânico seja preferido, pois existem diversas opções transgênicas, ou seja, geneticamente modificadas.
  9. Carne de porco: Rico em proteínas e vitaminas do complexo B, ferro, selênio, zinco e potássio. Seu consumo deve ser cuidadoso, pois, dependendo do corte, pode conter níveis de gorduras saturadas elevados, prejudicando a saúde do coração e aumento do colesterol. 
  10. Mandioca: Carboidrato rico em fibras, vitaminas e minerais, principalmente complexo B, cálcio e ferro. Auxilia nos níveis de serotonina no cérebro, responsável pela sensação de bem-estar, e ajuda no funcionamento intestinal. “Esta é uma ótima opção para celíacos, pessoas que possuem alta sensibilidade ao glúten. Porém, quem sofre de problemas renais precisa tomar cuidado por conta da alta concentração do fósforo”, explica a nutricionista.

As informações são da BandReceitas, adaptadas pela equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint Logo MilkPoint Ventures