ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Ingredientes lácteos: novos caminhos para a rentabilidade na indústria

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/03/2021

1 MIN DE LEITURA

0
0

Boa parte dos derivados lácteos vendidos no mercado brasileiro tem comportamento de commodity, isto é, produtos padronizados, com pouca (ou nenhuma) diferenciação e com o preço como principal driver de venda (pelos laticínios) e compra (pelo consumidor final).

Um exemplo clássico é a muçarela, queijo que representa cerca de 30% do volume total do mercado de queijos e que, em algumas de suas apresentações (por exemplo, no formato de peças de 3,5kg) tem comportamento de commodity e margens de lucratividade descendentes nos últimos anos (observe a evolução das margens da muçarela no gráfico 1).

Gráfico 1. Evolução das margens aparentes da muçarela – R$/kg.


Fonte: MilkPoint Mercado

Num cenário de margens como o que mostra o gráfico 1, a indústria começa a “dar seus pulos” e buscar alternativas de desenvolvimento de produto e apresentação ao consumidor final que consigam diferenciá-lo na gôndola do supermercado e, desta forma, proteger e, se possível aumentar, suas margens de lucro. No caso da muçarela, temos visto cada vez mais forte a apresentação do produto na gôndola vendido já fatiado e pronto para o consumo.

No caso de outros queijos e até mesmo outras linhas de produto — como bebidas lácteas fortificadas, com alto teor proteico ou, até mesmo, para mercados específicos, como o público fitness (a chamada linha sports nutrition) temos visto o crescimento do uso de ingredientes como o WPC (Whey Protein Concentrate – Proteína Concentrada do Soro), o MPC (Milk Protein Concentrate – Proteína Concentrada do Leite), os Permeados e outros produtos, usados em novos desenvolvimentos ou mesmo em produtos commoditizados, buscando redução de custo.

Quais as últimas tendências em relação ao uso destes ingredientes na indústria de laticínios? Quais resultados referentes à diferenciação de produto e/ou redução de custos de produção – "bottom line", que impacto em margem tem apresentado? Esta discussão será trazida ao Fórum MilkPoint Mercado On Line pelo Marcelo Leitão, experiente executivo da indústria de ingredientes para a indústria de laticínios.

Quer participar do Fórum e ter acesso a esta discussão e a outros temas que ajudarão a definir as estratégias futuras de sua empresa em 2021? Faça já aqui a sua inscrição e prepare-se melhor para o incerto futuro do mercado lácteo brasileiro!


*Fonte da foto: Freepik

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint