ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Gigantes do agronegócio anunciam compromisso em prol da biodiversidade

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/09/2019

1 MIN DE LEITURA

0
0

Um grupo de 19 multinacionais com atuação no agronegócio, que faturam conjuntamente US$ 500 bilhões, junto com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) anunciaram nesta segunda-feira (23), em paralelo à Cúpula do Clima da ONU, a criação da coalizão “One Planet Business for Biodiversity” (OP2B) que visa “ações tangíveis” para proteger a biodiversidade e os sistemas agrícolas.

A ação cita o dado de um relatório de março da Agência da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO), segundo o qual das 6 mil plantas cultivadas para alimentos, apenas nove representam 66% de toda a produção agrícola global. O relatório também informou, na época, que 26% das 7.745 raças de animais domesticados estão em extinção, e 67% não puderam ter o risco avaliado.

Entre as companhias signatárias do OP2B estão a suíça de alimentos Nestlé, a suíça de chocolates Barry Callebaut, a holandesa de biotecnologia DSM, o grupo brasileiro Balbo, de açúcar orgânico, a norueguesa de fertilizantes Yara, a holandesa Jacobs Douwe Egberts (JDE) e, a anglo-holandesa Unilever, entre outras.

Saúde dos solos

As ações estarão focadas em aumentar as práticas de agricultura regenerativa para proteger a saúde dos solos, em desenvolver portfólio de produtos para incentivar o cultivo de biodiversidade e aumentar a resiliência dos modelos agrícolas e alimentares, e em eliminar o desmatamento, através do fortalecimento da gestão, restauração e proteção de ecossistemas de “alto valor natural”.

Em um calendário de ações, o grupo prevê desenvolver, até junho de 2020, um compêndio de soluções “sistêmicas, significativas e mensuráveis” que as companhias signatárias possam adotar em suas cadeias de suprimentos. Até outubro de 2020, essas companhias se propuseram a divulgar compromissos “ambiciosos, com prazos adequados e mensuráveis” durante a Convenção sobre Diversidade Biológica de 2020.

A Barry Callebaut aproveitou a ocasião para anunciar também compromissos para tirar 500 mil agricultores da pobreza até 2025 e se tornar positiva em carbono e florestas até 2025. A ação de combate à pobreza, segundo a companhia, prevê o apoio de soluções “customizadas” para os agricultores.

As informações são do Valor Econômico.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint