FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Especial NE: gestão feminina e superação, conheça a história do Conj. Turmalina

POR MAYSA SERPA

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 23/09/2020

3 MIN DE LEITURA

2
5

Estamos reestreando o Especial Região Nordeste com o pé direito! Vamos começar viajando até o município de Medeiros Neto, no sul da Bahia, para contar a história do Conjunto Turmalina, uma propriedade com gestão feminina, que integra outras atividades, mas tem o leite como principal fonte de renda. Quem conversou conosco foi a Chiara Stitzer, umas das proprietárias da fazenda.

O pai de Chiara, Gildesio Leite Nascimento, começou a produzir leite na década de 80 e foi um dos primeiros da sua região a implementar o uso de inseminação artificial no rebanho, cruzando vacas 1/2 sangue Holandês com touros Girolando. Em outubro de 2017, infelizmente, o patriarca da família veio a falecer, deixando a propriedade como herança para os filhos e a esposa.


Chiara, seu pai Gildesio, e os pais americanos.

Chiara, seu irmão mais novo, Gilberto Nascimento Neto, e sua madrasta, Vilma Braga Leal, resolveram então unir seus quinhões hereditários e criar um condomínio de gestão para dar continuidade à propriedade. Só havia um problema: nenhum deles tinha conhecimento e experiência sobre o assunto.


Gilberto, irmão de Chiara, Chiara, o gerente do Laticínio da Vaca e Vilma, madrasta e sócia de Chiara.

Buscando informação nos mais diversos lugares (sites, podcasts, webinares e Youtube) e contando com uma assistência técnica muito eficiente, além de dar andamento ao que já vinha sendo feito, também aprimoram procedimentos e instalações. “Meu pai faleceu há 3 anos e foi quando assumimos a propriedade. Desde então, implementamos POPs [Procedimentos Operacionais Padrão], reativamos o sistema de pasto irrigado em parte da propriedade, fizemos um bezerreiro tropical com 220 vagas e iniciamos o preparo de silagem, alternando sorgo e milho”, contou Chiara. “A propriedade está se tornando híbrida. O carro-chefe sempre foi pecuária leiteira, mas, desde que assumimos, estamos desenvolvendo também a pecuária de corte.”

Treinamento de primeiros socorros e combate a incêndios na propriedade

Atualmente, os animais são mantidos a pasto – Braquiarão (Brachiaria brizantha cv. Marandu) e Capim-mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça) – e cerca de 400 vacas estão em lactação, com produção média de 13 litros/vaca/dia, atingindo 6 mil litros de leite diários  no “tempo das águas” (estação mais chuvosa). O gado é predominantemente Girolando 5/8 e a reposição é retirada do próprio plantel, inseminando o restante dos animais com sêmen de touros Nelore. O plantel todo, contando gado de corte e leiteiro, tem um total de 1600 animais. “Estamos caminhando para um nível cada vez maior de excelência, com diminuição do intervalo entre partos, aumento do período de serviço e com bons padrões de sanidade”, comentou. “A produção de leite é diária e na cadência de um relógio: nenhum vetor pode falhar porque compromete todo o sistema, da nutrição à reprodução, do conforto térmico ao manejo”.

Contudo, para a produtora, o maior gargalo da atividade é a mão de obra. “Há muita dificuldade em encontrar colaboradores engajados ou de engajar quem já é contratado. Existe uma cultura resistente à gestão feminina e aceitação dos POPs nos respectivos setores da propriedade”. A fim de integrar mais a equipe, as proprietárias realizam um “café coletivo”, momento que confraternizam, avaliam resultados, propõem metas e, usualmente, fazem treinamentos.


Chiara e Vilma

Muitas dificuldades foram superadas e a propriedade só vem crescendo, graças à gestão de Chiara e Vilma. “Somos duas mulheres a frente de um negócio vasto e, quando começamos, não sabíamos o que era uma vaca amojando e nem quantos quilos tinha uma arroba. Uma visão ambiciosa somada a muito esforço e a uma consultoria técnica impecável, feita pelo Dr. Jonas Batista Filho, tem feito a diferença e marcado o sucesso da atividade. O controle financeiro, zootécnico e de produção, aliado à gestão de pessoas, abrindo o canal de comunicação como regra prática, tem tornado a atividade sustentável e eficiente. Há ainda muito o que melhorar até o nível de excelência que pretendemos alcançar, mas cada dia chegamos mais perto.”


Reunião mensal com a equipe para avaliação das metas.

Além do que já foi citado, há outros projetos em andamento, como a instalação de duas usinas fotovoltaicas produzindo 130 mil kilowatts mês um sistema de manejo dos dejetos, que separa parte líquida e sólida, para reaproveitamento como fertilizante nas pastagens e cultivares. Para o futuro, Chiara apontou que os planos são:

  • curto prazo: compartilhar conteúdo sobre a fazenda e as atividades nas redes sociais;
  • médio prazo: atingir uma média de 20 litros/vaca/dia;
  • longo prazo: atingir autossuficiência em energia e comida e diversificar as atividades com suinocultura e agricultura integrada à pecuária e cultura silvipastoril.

O Conjunto Turmalina é um exemplo de como força de vontade, aliada a assistência técnica e informação de qualidade são fundamentais para um negócio de sucesso. Gostou da história? Conte nos comentários!

Quer contar sua história ou conhece alguma propriedade de destaque no Nordeste? Clique aqui e fale com a gente!

MAYSA SERPA

Médica Veterinária e mestranda em Sanidade Animal pela UFLA, Editora Assistente de Conteúdo MilkPoint.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ROSANE ELENILSON GUSTAVO NOVAIS

TEIXEIRA DE FREITAS - BAHIA

EM 24/09/2020

Que história inspiradora de foco, força, determinação, fé e muuuuuitooo trabalho. Parabéns mulheres empreendedoras lindas e iluminadas!
Rosane Guttemberg da Fonseca Novais
BOMFIM

TEIXEIRA DE FREITAS - BAHIA

EM 23/09/2020

Tive a oportunidade de conhecer recentemente essas duas mulheres e realmente elas fazem toda diferença. Nasceram para serem Lideres. Parabéns
MilkPoint AgriPoint