ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Após queda em dezembro, importações voltam a aumentar

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/02/2019

2 MIN DE LEITURA

2
4

Os dados da balança comercial láctea, divulgada na última terça-feira (05/02), apontaram um aumento nas importações brasileiras. Os 112 milhões de litros em equivalente leite internalizados representam um aumento de 27% em relação aos 88 milhões de litros importados em dez/18. Ao compararmos com jan/18, ocorreu um aumento de 71%, quando internalizamos 55 milhões de litros mas, se compararmos ao volume comprado em jan/17, reduzimos as importações em 26%.

Gráfico 1. Saldo da balança comercial de lácteos no Brasil. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint Mercado com base em dados da Secex.

Com o aumento do preço dos derivados lácteos internamente verificados em dezembro, a valorização do real e o dólar médio negociado no mês atingindo o menor patamar desde mai/18 - após uma queda nas importações em dez/18 - no mês de janeiro, a quantidade importada aumentou. Neste ponto, é importante que se entenda a importância das relações de preços (em dólares) no Brasil e em outros países (principalmente do Mercosul) e a relação muito próxima que esta relação de preços tem com o volume de importações, como mostra o gráfico 2.

Gráfico 2. Preços do leite ao produtor em US$/litro (Média Brasil/Média Uruguai - %) e importações mensais de leite (em milhões de litros de leite fresco equivalente). Fonte: Elaborado pelo MilkPoint Mercado com base em  dados da Secex, do Inale e do Cepea.

As 6,2 mil toneladas importada de leite em pó integral e as 3 mil toneladas de leite em pó desnatado internalizadas em janeiro/2019 representaram um aumento em relação a dez/18, de 49% (4,2 mil tons) e 15% (2,6 mil tons) respectivamente. Com uma maior demanda, os leites em pó tiveram uma valorização interna de preços, o que também propiciou uma maior entrada do produto importado. Comparando-se com jan/18, foram importadas 3 mil toneladas de integral e 1,6 mil toneladas de desnatado, aumento de 108% e 81% respectivamente.Também nessa linha, foram internalizadas 2,6 mil toneladas de queijos, um aumento de 11% em relação as 2,3 mil toneladas importadas em dezembro.

Ao mesmo tempo, a quantidade de soro de leite importada foi reduzida em 30%. Em janeiro, foram internalizadas 450 toneladas contra 640 toneladas em dez/18. Para o leite UHT, a quantidade negociada pelo Brasil há meses vem sendo pouco relevante para a balança comercial, sendo exportadas 110 toneladas e importadas apenas 20 toneladas. Confira na tabela 1 o detalhamento da balança comercial em janeiro de 2019 por categoria de produto.

Tabela 1. Balança comercial láctea em novembro de 2018. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint Mercado com base em dados da Secex.

https://www.milkpoint.com.br/mercado/

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JOÃO LEONARDO PIRES CARVALHO FARIA

MONTES CLAROS - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 08/02/2019

A história se repete!
FELICIO MANOEL ARAUJO

CARIACICA - ESPÍRITO SANTO - ESTUDANTE

EM 07/02/2019

ISTO É UMA POUCA VERGONHA,PARA UM PAIS QUE OS PRODUTORES DE LEITE JA ESTAO SAINDO DO RAMO POR ESTA FALTA DE RESPEITO COM OS NOSSOS PRODUTORES .
VOTEI NO BOLSONARO FIZ CAMPANHA NAO SOU PRODUTOR MAIS DOU ASSISTENCIA,E EU ACHANDO QUE ESTA MINISTRA DA AGRICULTURA JA IRIA ENTRAR E PROIBIR A IMPORTAÇAO DE LEITE DESTES PAISES VIZINHOS QUE NEM SE QUER PAGAM IMPOSTOS A ESTA NAÇAO E VENDEM UM PRODUTO ALIMENTICIO SEM NENHUMA GARANTIA DE SANIDADE,NAO TEM NENHUM EMPREGADOS E NENHUM INVESTIMENTO NO BRASIL EMPREGATICIO.
MAIS NAO ALMENTOU A IMPORTAÇAO COM RELAÇAO A DEZEMBRO PASSADO 2018,.
EU ACHARIA QUE TODOS DEVERIAM SE PREOCUPAR COM ISTO MAIS NAO ,SE AS EMPRESAS DE RAÇAO,MEDICAMENTOS,EMPREEMENTOS AGRICULAS E OUTRAS MAIS JA DEVERIAM SE PREOCUPAR SE PARAR TODOS OS PRODUTORES DE LEITE DESTA NAÇAO,O QUE IRÃO FAZER?
MilkPoint AgriPoint