ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Hormônios para sincronização do estro em vacas

POR JOSÉ LUIZ MORAES VASCONCELOS

JOSÉ LUIZ M.VASCONCELOS E RICARDA MARIA DOS SANTOS

EM 20/04/2000

3 MIN DE LEITURA

9
1

José Luiz Moraes Vasconcelos

SINCRONIZAÇÃO DO ESTRO:

Métodos para sincronizar o estro têm sido desenvolvidos e utilizados em muitos rebanhos leiteiros visando facilitar e tornar mais eficiente o manejo reprodutivo. Com o uso de protocolos de sincronização, o manejo da IA fica mais eficiente, reduzindo o intervalo para a primeira e subseqüentes inseminações. Os protocolos mais comumente usados em vacas leiteiras tem como base a utilização de PGF2a.

Estudos tem mostrado que a PGF2a pode reduzir o intervalo entre ciclos estrais e aumentar a taxa de detecção de estro. Entretanto, a PGF2a não regride corpos lúteos com menos de cinco dias após o estro, tornando necessárias duas aplicações de PGF2a, com intervalo de 14 dias, para efetivamente sincronizar o estro de vacas em lactação. A PGF2a também não sincroniza vacas em anestro, sendo que o número destas depende do nível nutricional do rebanho.

A sincronização do estro com PGF2a vem sendo utilizada com sucesso em vacas em lactação quando a IA ocorre após a detecção do estro, uma vez que a taxa de detecção de estro aumenta, tornando o manejo da IA mais eficiente quando comparado à detecção diária de estro. Entretanto, o estro não é precisamente sincronizado com a utilização de PGF2 a, uma vez que esta regula somente o CL, não sincronizando a onda de crescimento folicular, o que torna necessária a observação de estro por sete dias após a administração de duas doses de PGF2a com intervalo de 14 dias. Por isto, quando as vacas recebem a IA em horário prefixado, 72-80 h após a segunda aplicação de PGF2a, a taxa de concepção é menor do que quando as vacas são inseminadas após a detecção do estro.

O intervalo para o estro após uma aplicação de PGF2a depende da fase de desenvolvimento do folículo ovulatório no momento da injeção de PGF2a, e não do decréscimo da concentração de progesterona. Esta baixa taxa de concepção resulta do assincronismo entre o momento da IA e a ovulação, tornando indispensável a observação do estro após a utilização da PGF2a.

Uso de hormônios para controlar o ciclo estral

Prostaglandina PGF2a

A PGF2a é o principal hormônio utilizado para controlar o ciclo estral, atuando através da regressão do corpo lúteo. Estudos demonstram grande taxa de sucesso (regressão do corpo lúteo) quando a PGF2a é injetada por via intramuscular entre os dias seis a 17 do ciclo estral. Entretanto, a PGF2a controla somente a regressão do corpo lúteo, não alterando o crescimento folicular. Por exemplo, quando a PGF2a é injetada no sétimo ou oitavo dia do ciclo estral, as vacas mostram cio 62+-9 h após. Todavia, quando a PGF2a é injetada no 10º dia do ciclo estral, as vacas mostram cio 100+-35 h após. O tempo médio para o estro e a variabilidade no tempo de apresentação do estro é muito maior quando a PGF2a é injetada no dia 10. Estes dados mostram que o estro decorrente da aplicação de PGF2a depende da fase de desenvolvimento do folículo no momento da administração. Se a aplicação da PGF2a for realizada quando o folículo dominante estiver em fase final do crescimento, o intervalo para o estro e sua variabilidade em tempo é muito menor, se comparado ao folículo ovulatório em fase inicial de desenvolvimento no momento da aplicação da PGF2a.

Resumindo, a PGF2a controla somente a regressão do corpo lúteo, e quando se aplica somente PGF2a visando sincronizar o cio e ovulação, os resultados são desapontadores devido à variabilidade do tamanho e da fase do folículo no momento da aplicação.

Hormônio Liberador de Gonadotrofinas (GnRH)

O GnRH provoca liberação de LH pela hipófise anterior, que atua diretamente no folículo dominante, causando ovulação. Após aplicação de cinco doses de GnRH - 25, 50, 100, 150, e 250 (g) em vacas leiteiras foi observado que a concentração de LH aumentava significativamente, proporcional à dose administrada. Ocorria pico de LH com duas horas após a aplicação de GnRH e, com quatro horas, o LH começava a declinar. O GnRH tem sido utilizado em associação com a PGF2a, em protocolos de sincronização. Quando novilhas foram tratadas com Buserelin, agonista do GnRH, seguido por uma aplicação de PGF2a sete dias após, o número de novilhas detectadas em cio aumentava nos primeiros cinco dias após a aplicação da PGF2a, em relação ao grupo submetido somente a uma aplicação de PGF2a. Também ocorreu menor variabilidade no momento do estro, quando o intervalo da aplicação do GnRH para o da PGF2a foi de sete dias, comparado com oito dias. Além disto, a administração de GnRH seis dias antes da PGF2a reduziu o tempo e a variabilidade para o estro quando comparado com vacas tratadas somente com PGF2a.

fonte: MilkPoint

JOSÉ LUIZ MORAES VASCONCELOS

Médico Veterinário e professor da FMVZ/UNESP, campus de Botucatu

9

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 21/11/2017

Prezado Diego Api,

Obrigada pela participação!

Para esse seu objetivo, você tem que fazer uma estação de monta no rebanho, ou seja, durante um período do ano, você vai inseminar as vacas, como se faz no gado de corte.

Se você sincronizar as 30 vacas, não vai ser 100% delas que ficaram gestantes, nessa sincronização.

Espero ter respondido,

Ricarda


DIEGO API

EM 21/11/2017

Boa tarde!



Gostaria de saber qual a possibilidade de sincronizar o cio de um rebanho de 30 vascas ( jersey, holandes e jersolando) ?



Objetivo: Secar todo o rebanho de uma vez só!
FELCIO MANOEL ARAUJO

CARIACICA - ESPÍRITO SANTO - ESTUDANTE

EM 10/01/2017

Este é o ovisinc 56 usado no EUA?
GERSON CORDEIRO DE SOUZA

JARU - RONDÔNIA

EM 03/06/2015

Há uma gama de protocolos para sincronização de cio em vacas. Gostaria que me indicasse qual o protocolo mais eficiente para sincronizar vacas girolandas de leite de média produção, e talvez pudesse indicar ainda qual o protocolo mais eficiente levando em consideração o melhor custo benefício. Desde já, agradeço!
DIEGO PANCIERI DA COSTA

JAGUARIÚNA - SÃO PAULO - ESTUDANTE

EM 15/04/2013

Olá sou Diego Pancieri da Costa e gostaria de sincronizar umas 20 vacas nelores, mas nao utilizando a IA  sim a monta natural que é oque a fazenda tem disponivel e pode oferer, e com isso queria saber se pra poder sincronizar essas 20 nelores preciso ter divisao de pasto pra colocar junto o touro ou posso fazer a sincronização e coloco junto com o touro junto com as outras vacas do rebanho, e se nesse caso só a PGF2 seria eficaz. MUITO OBRIGADO ATÉ MAIS.
RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 17/02/2013

Prezado Falson,

Obrigada pela participação.

Para fazer sincronização de cio, é preciso que as novilhas estajam ciclando.

Elas estão ciclando?

Se estiverem ciclando, a aplicação de Prostaglandina pode ser efeita.

Espero ter ajudado.

Até mais,

Ricarda.
FALSON LUIZ CORREIA

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE

EM 15/02/2013

Belo horizonte,



Pretendo inseminar 200 novilhas comercial aneloradas de 2 anos e meio. Devido ao custo elevado dos protocolos de  IATF gostaria de saber qual a melhor maneira de sincronizar Cio com obserção e rufião.



Att.

Falson Luiz Correia
RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 25/07/2009

Prezado Michel dos Santos Abrahão,
Obrigada pela participação!
Se voce fizer GnRH no dia 0 , o melhor é fazer PGF no dia 7.
Se você faz GnRH no final do protocolo é melhor fazer IATF 16 horas após a aplicação. Não precisa observar cio, pois a aplicação de GnRH vai imibir a manifestação de cio.
Até mais,
Ricarda.

MICHEL DOS SANTOS ABRAHÃO

CORONEL VIVIDA - PARANÁ - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/07/2009

Parabens Zequinha pelo artigo. Gostaria de saber se optar pelo gnrh no dia zero, pgf2a no dia 8 e gnrh no dia 10, terei melhor resultado observando cio ou inseminando entre 12 e 24 horas apos a ultima aplicaçao do gnrh?

Obrigado
MilkPoint AgriPoint