ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Starbucks ajudará produtores de leite a reduzirem emissões de carbono

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 22/11/2021

4 MIN DE LEITURA

0
1

Com as emissões da produção de lácteos sendo responsáveis por 22% das emissões globais de carbono da Starbucks, a cadeia de café fez parceria com a cooperativa de laticínios Arla Foods, para trabalhar em um projeto piloto de três anos de fornecimento de matéria-prima sustentável. Este projeto apoiará os fornecedores de leite da Starbucks Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

Os proprietários da Arla estão entre os produtores de leite mais eficientes em carbono do mundo, já produzindo leite com cerca de metade das emissões da média global, tornando-os a escolha óbvia para ajudar a Starbucks a cumprir seu objetivo de se tornar positiva em recursos.

No projeto, a Starbucks trabalhará diretamente com 14 produtores da Arla no Reino Unido para identificar novas práticas agrícolas inovadoras e métodos para reduzir significativamente as emissões associadas à produção de laticínios.

A Starbucks e os produtores selecionados da Arla se concentrarão em três áreas principais: administração ambiental, saúde e bem-estar animal e garantia de lucratividade para os produtores por meio do programa de padrões agrícolas Arla UK 360.

Alex Rayner, gerente geral da Starbucks no Reino Unido, disse: “Esta parceria com a Arla e a comunidade de produtores de leite reforça nosso compromisso em produzir produtos de alta qualidade e de origem responsável.”

“A Starbucks e a Arla compartilham o compromisso de manter os mais altos padrões na agricultura. Como uma empresa pertencente a produtores, a abordagem da Arla – incluindo seus princípios cooperativos – os torna o parceiro certo para nós.”

“A compra de produtos lácteos sustentáveis é parte integrante do nosso trabalho, expandindo nossas opções de menu ambientalmente corretas, ao mesmo tempo em que aprimora a experiência Starbucks. A personalização de bebidas foi e sempre será o cerne da Starbucks e este programa ajudará a garantir que as melhores práticas de redução de carbono sejam implementadas em toda a nossa seleção de leite e laticínios.”

Os 9.400 produtores de leite proprietários da Arla Foods têm trabalhado para produzir lácteos mais sustentáveis por mais de duas décadas. No centro de seus métodos de produção estão as reduções de emissões, ações que impulsionam os ciclos naturais e um compromisso com alguns dos mais altos padrões de bem-estar animal. Esses métodos agrícolas produzem alguns dos produtos lácteos mais amados da Grã-Bretanha, como Lurpak e Arla Cravendale.

Falando sobre o anúncio, Graham Wilkinson, diretor de agricultura sênior do grupo Arla Foods, comenta: “A Starbucks ter escolhido a Arla como parceira para abastecimento com matéria-prima sustentável é uma grande prova da prática agrícola sustentável adotada pelos nossos produtores. Nosso objetivo de ser zero carbono líquido reconhece a importância de reduzir as emissões e fornecer uma 'mão amiga à natureza', mas é extremamente importante que a Starbucks também tenha reconhecido a importância de ter uma primeira abordagem voltada ao produtor para entregar isso.

“Espero que isso também garanta que os clientes da Starbucks saibam que por trás de cada xícara está um esforço combinado para apoiar os produtores na gestão de fazendas leiteiras, fazendo com que sejam lucrativas e sustentáveis.”

Mark Glanvill é um dos produtores de leite selecionados para fazer parte do programa. Ele cria 280 vacas no sudoeste da Inglaterra em uma fazenda que vendo transmitida por gerações, desde 1816. Mark trabalha para manter sua pegada de carbono o mais baixa possível, com foco na limitação de ração comprada, utilização de fertilizantes naturais e redução do uso de produtos químicos sempre que possível. Como a maioria dos produtores da Arla, ele calcula sua pegada de carbono anualmente para identificar áreas onde pode continuar reduzindo suas emissões.

Mark comenta: “Estou muito animado para fazer essa jornada com a Starbucks. Embora os produtores de leite da Arla estejam na vanguarda da redução das emissões da produção de laticínios, deve-se reconhecer que isso tem um custo de produção, nossa ação só pode ser tão rápida quanto nossas finanças permitirem. Ao ingressar no programa Arla UK 360, a Starbucks demonstrou reconhecer isso, embora suas metas também demonstrem um entendimento de que o abastecimento sustentável deve atender aos critérios de boa nutrição feita com emissões mais baixas e uma mão amiga para a natureza.”

A Starbucks também trabalhará com cientistas da The Nature Conservancy, uma organização sem fins lucrativos de administração ambiental e global que apoiará a parceria.

Fazendo um esforço para ajudar a Starbucks a cumprir o compromisso de reduzir as emissões de gases do efeito estufa em 50% até 2030 globalmente e se tornar uma empresa com recursos positivos, esta colaboração com a Arla também ajudará a cumprir suas metas de redução de emissões de gases do efeito estufa em 30% por quilo de leite ao longo da próxima década e para alcançar o carbono líquido zero até 2050.

Ambições ambientais globais da Starbucks:

Em 2020, a Starbucks estabeleceu uma aspiração ousada de ser uma empresa com recursos positivos, armazenando mais carbono do que emite, eliminando desperdícios e fornecendo mais água limpa do que gasta. Seus objetivos para 2030 incluem:

  • Redução de 50% nas emissões de carbono;
  • Redução de 50% da retirada de água por meio da conservação ou reposição da água usada para operações diretas, armazenamento, embalagem e abastecimento agrícola;
  • Redução de 50% nos resíduos enviados para aterros.

As informações são do Dairy Industries International, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint