ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

SE: estado ganha comitê do AgroNordeste e bovinocultura de leite é prioridade

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/10/2019

1 MIN DE LEITURA

0
0

O estado de Sergipe recebeu nesta terça-feira (22) a instalação do comitê estadual do programa AgroNordeste, plano de ação para impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da região. O diretor-geral do plano, Danilo Forte, e o superintendente federal de agricultura em Sergipe, Haroldo Araújo Filho, tiveram a oportunidade de explicar aos produtores rurais sobre a importância do plano para o estado. 

Em Sergipe, serão beneficiados nove municípios. O município-polo será Nossa Senhora da Glória e as cadeias prioritárias a serem incentivadas serão apicultura e bovinocultura leiteira. Nos próximos dias, os comitês estaduais serão instalados em São Luís (MA), Teresina (PI), Salvador (BA) e Montes Claros (MG). 

A reunião, realizada no Sebrae de Aracaju, contou com a presença do secretário estadual de agricultura de Sergipe, André Bonfim, além de prefeitos e representantes dos nove municípios sergipanos contemplados, além de várias representações de produtores rurais e dos parceiros do plano. 

AgroNordeste 

O programa, que vai desenvolver a capacidade produtiva dos pequenos agricultores e criadores do Nordeste e do Norte de Minas Gerais, será implantado no biênio 2019/2020 em 230 municípios dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais, divididos em 12 territórios, com uma população rural de 1,7 milhão de pessoas. 

O AgroNordeste é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem. Entre os objetivos do plano estão aumentar a cobertura da assistência técnica, ampliar o acesso e diversificar mercados, promover e fortalecer a organização dos produtores, garantir segurança hídrica e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado. 

Os territórios foram identificados pela Embrapa e selecionados com base em critérios como localidades com até 1% da população do estado, famílias com rendas de três a dez salários mínimos e onde fosse possível identificar cadeias produtivas com potencial de crescimento.

Liderado pelo Mapa, o AgroNordeste será desenvolvido em parceria com órgãos vinculados à pasta e instituições como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Banco do Nordeste (BNB) e o Banco do Brasil. 

As informações são do Mapa.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint