ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Pesquisa mostra que sorvete "deixa as pessoas felizes"

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 09/05/2005

2 MIN DE LEITURA

0
0
Depois de um verão úmido e vendas não muito animadoras em 2004 na Europa, o mercado de sorvetes deverão ter aumento em seus resultados devido a uma nova pesquisa que afirma que o sorvete "deixa as pessoas felizes".

Esse alimento lácteo tão comum no verão atua nas zonas de prazer do cérebro, segundo pesquisadores britânicos do Instituto de Psiquiatria de Londres, que rastrearam a atividade cerebral de pessoas que consumiram sorvete de baunilha.

"O sorvete tem um efeito imediato em partes do cérebro que pesquisas anteriores mostraram responder a sabores agradáveis, incluindo o córtex orbitofrontal, a área de 'processamento' do cérebro", disseram os cientistas.

A Unilever, maior fabricante de sorvetes do mundo, apoiou este estudo, com a intenção de construir um forte retrato da resposta direta do cérebro ao sorvete. Eles esperam que as descobertas desta pesquisa fundamental sejam usadas como base para o desenvolvimento de futuros produtos de sorvete.

"Este é o primeiro estudo deste tipo. Agora nós começaremos a analisar respostas cerebrais a diferentes sabores e texturas", disse a pesquisadora do Centro de Tecnologia de Sorvetes da Unilever, que esteve envolvida na pesquisa, Amanda Mistlin.

No estudo, oito participantes receberam cerca de 30 gramas de sorvete de baunilha da marca Wall's (da Unilever), em doses de 15 colheres de chá.

Os pesquisadores usaram imagens de ressonância magnética funcional (fMRI) para inicialmente coletar imagens das regiões cerebrais de interesse em descanso antes do consumo de sorvete e, então, após a pessoa ter ingerido o alimento. As medidas funcionais das fMRI mudam com a atividade cerebral, o que é feito através de uma série de imagens cerebrais em uma rápida sucessão. O primeiro grupo de imagens é subtraído do segundo: presume-se que as áreas mais visíveis na imagem resultante foram ativadas na atividade.

"Essa é a primeira vez que nós fomos capazes de mostrar que o sorvete torna as pessoas felizes. Somente uma colher de Carte D'Or estimulou as zonas de felicidade do cérebro em estudos clínicos", disse o vice-presidente de desenvolvimento da Unilever Ice Cream Europe, Don Darling.

A Unilever pretende se basear nessas informações sobre saúde e bem estar proporcionados pelos sorvetes para estimular o crescimento no setor de sorvetes neste ano. A empresa disse que neste verão, 5% de seus produtos terão açúcar e gordura reduzidos, com uma meta de 15% a 20% de produtos mais saudáveis para 2010.

Em 2004, a firma que tem 17% de participação no mercado global de sorvetes no valor de 4,4 bilhões de euros (US$ 5,69 bilhões), lançou seu primeiro sorvete Magnum Light. No entanto, as vendas de sorvetes na Europa caíram quase 10%, para 2,3 bilhões de euros (US$ 2,97 bilhões) em 2004, devido ao verão frio e úmido: uma situação que a firma pretende evitar em 2005.

Fonte: Dairy Reporter, adaptado por Equipe MilkPoint


0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint