ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Nestlé unifica o preço de leite-cota e leite-excesso em Montes Claros, MG

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 08/01/2002

1 MIN DE LEITURA

7
0
Os pecuaristas do norte de Minas Gerais conseguiram a garantia da Nestlé de que a empresa pagará o mesmo preço pelo leite-cota e leite-excesso, neste ano, com oscilação de R$ 0,25 a 0,35, para as propriedades rurais localizadas em Montes Claros. A empresa comunicou oficialmente ao Sindicato Rural de Montes Claros a sua decisão, lembrando que, desde dezembro, não pratica o preço diferenciado. A Nestlé é a maior captadora de leite desta bacia leiteira, onde compra 250 mil litros/ dia (de um total de 320 mil litros produzidos diariamente na região).

Na semana passada, foi a Cooperativa Agropecuária Regional de Montes Claros (Coopagro) que anunciou medida semelhante.

O presidente do Sindicato Rural de Montes Claros, Reinaldo Veloso Rabello, explica que a decisão da Nestlé é uma grande conquista para a classe rural, pois dá mais tranqüilidade ao produtor. "O leite é a principal fonte de renda do pequeno produtor do norte de Minas, que vinha amargando prejuízos, já que o custo da produção estava mais alto do que o preço recebido pelo leite. Isso se agravava com a cota do leite-excesso, que os laticínios pagavam pela metade do preço convencional", lembra Reinaldo Rabello.

Neste ano, o Sindicato Rural de Montes Claros abriu campanha para os pecuaristas deixarem de entregar o leite-excesso, visando assegurar melhor preço. Neste caso, a opção seria produzir queijo, requeijão e outros derivados.

A Nestlé usa o leite comprado no norte de Minas para produzir o leite condensado Moça, na fábrica de Montes Claros. Como a fábrica abastece todo mercado nacional, ela é obrigada a trazer leite até mesmo de Goiás e de outras regiões mineiras, como Teófilo Otoni. O preço do leite oscila por causa da distância, pois é descontado o frete.

Fonte: Hoje em Dia/ MG, adaptado por Equipe MilkPoint

7

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SAMUEL SOARES DOS SANTOS

MONTES CLAROS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 06/07/2020

Quero saber como posso vender o meu leite
Sou novo na área presiso de contato sou de pertinho de Mirandela mg
CARLOS ALMEIDA

SENADOR MODESTINO GONÇALVES - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 07/02/2015

Ola, sou pequeno produtor de leite do Norte de Minas, como faço para fornecer leite para a Nestle?
GABRIEL SILVA ROCHA

PATOS DE MINAS - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 22/11/2014

SOU GABRIREL SILVA ROCHA  DE PATOS DE MINAS , A NESTLE ESTA PAGANDO UM BOM PREÇO NO LEITE
GILBERTO DOS SANTOS

PIRANJI - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 21/10/2012

minha propriedade é certificada pela nestle,mas o custo de produção do lts. de leite fica muito caro para atender todas as normas da nestle, que acaba inviabilizando a atividade leiteira ,tornando um negocio não lucrativo.
RONALDO MARCIANO GONTIJO

BOM DESPACHO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 18/09/2012

E não é justamente a Nestlé que tanto tem defendido a produção a pasto como na Nova Zelândia? Como eles querem volume constante de leite em sistemas a pasto? Deveria ter mais coerência..
  
GILDEANE LARA DE PAULA

URUAÇU - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 12/09/2012

estou muito decepcionado com o preço do leite é um absurdo o criador  levantar as 3 horas da manhã e tirar leite para vender de 0,60 centavos isso só mostra o valor que nos fazendeiros temos,

Somente seus produtos tem valor,pois qualquer caixa de chocolate chega aqui por uns 8 reais,com no máximo 10 bombons, os fazendeiros não estão satisfeitos.
ADAIR PEREIRA CAETANO

OUTRO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 14/01/2002

Nós produtores de leite estamos sendo enganados em relação a essa notícia. A Nestlé continua praticando preço de excesso, uma vez que a gratificação de volume (1,23 centavos em litro de leite para cada100 litros fornecidos) continua sendo praticada só até o valor de cota. Pela carta recebida da Nestlé, é fácil saber que dois produtores, um que tenha feito cota de 400 e outro de 500 litros, que, neste mês de janeiro, entregando os dois 500 litros ao dia, recebem um preço diferenciado de 1,23 centavos por litro.

Hoje entrego entrego 500 litros e vou receber como se estivese entregando 400 litros, pois minha cota não passa de 400 litros. É difícil para o produtor descobrir nas entrelinhas dos comunicados essas armadilhas.
MilkPoint AgriPoint