FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Justiça autoriza massa falida da Nilza a pagar credores trabalhistas

O juiz Heber Mendes Batista, da 4ª Vara Cível de Ribeirão Preto, autorizou a massa falida do laticínio Nilza a quitar dívidas trabalhistas que somam R$ 8,2 milhões. O pagamento não havia sido realizado até o momento, porque os ex-proprietários do laticínio Montelac, adquirido pela Nilza em 2008 por R$ 123,5 milhões, reivindicavam a restituição de R$ 10 milhões. A reivindicação estava impedindo a Nilza de quitar outras dívidas até o pagamento ser anulado.

Um total de R$ 20 milhões está depositado em juízo. Segundo o administrador da massa falida, Alexandre Borges, o requerimento para a transferência de R$ 8,2 milhões desse total será realizado na próxima semana para aproximadamente mil credores trabalhistas. A decisão prevê o pagamento de metade do valor devido a cada credor, sendo o restante atrelado à venda de outros bens.

A empresa de alimentos, com sede em São Paulo, entrou com um pedido de recuperação judicial em 2009. O processo foi convertido em falência em 2012. Ainda está pendente o leilão das unidades de Itamonte, em Minas Gerais, e de Ribeirão Preto, além de equipamentos, avaliados em um total de R$ 68,5 milhões.

As informações são do Valor Econômico.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.