FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

EUA: exportação de lácteos teve queda em novembro

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 19/01/2021

3 MIN DE LEITURA

0
0

Enquanto as exportações de lácteos dos EUA de novembro caíram 5,1% em valor ano a ano para US$ 509,7 milhões, as exportações de janeiro a novembro aumentaram 10%, para US$ 6,06 bilhões, de acordo com o U.S. Dairy Export Council.

As exportações de novembro registraram o primeiro declínio ano a ano em 2020. Apesar de um aumento de 27% nos embarques de soro de leite, os volumes totais caíram 0,2%. Os embarques caíram 8% para leite em pó desnatado, 16% para queijo e 14% para lactose.

Como um produto de valor mais alto, as exportações de queijo mais baixas contribuíram mais para o declínio no valor total do mês, relatou o USDEC. A queda foi causada em parte pelos altos preços domésticos dos EUA no verão e no outono, o que fez com que os compradores internacionais atrasassem as compras.

As exportações de queijo do país para o México em novembro caíram 38% ano a ano. A redução da demanda do consumidor devido à pandemia da Covid-19 e as graves consequências econômicas no México provavelmente contribuíram para o declínio, disseram analistas do U.S. Dairy Export Council (USDEC).

No entanto, os volumes de queijo dos EUA para o México de janeiro a novembro caíram apenas 1%, apesar da pandemia, disseram eles. O México também comprou menos leite em pó desnatado na maior parte do ano.

Esta tendência diminuiu em novembro, com os embarques crescendo 16% com relação ao ano anterior, e parece que a demanda mexicana de produtos em pó pode estar se recuperando, disseram os analistas.

Os embarques totais de soro de leite nos EUA aumentaram 24% de janeiro a novembro, continuando a ser impulsionados pela China, à medida que o país reconstrói seu rebanho suíno. A China informou que seu rebanho suíno atingiu cerca de 90% dos níveis normais no final de novembro.

“Mas, dado que a produção de carne suína ainda está muito aquém da demanda e os níveis de preço do soro de leite desidratado sugerem uma forte atividade de compra da China, esperamos que os ganhos de importação de soro persistam no novo ano”, disseram os analistas.

Os volumes de soro de leite para a China demonstram que o mercado passou da recuperação para a expansão da demanda, disseram eles. Os embarques do produto dos EUA para a China mais do que dobraram em novembro e aumentaram 111% de janeiro a novembro. Este crescimento se deve em grande parte à isenção de tarifa retaliatória garantida em 2019 e renovada para 2020, disseram.

Os EUA também registraram fortes vendas de leite em pó para o Sudeste Asiático em 2020, com embarques aumentando 50% de janeiro a novembro. Essa aceleração deveu-se principalmente ao crescimento da participação de mercado dos EUA de 31% no mercado para 46% em uma base anualizada.

Mas as exportações de produtos em pó dos EUA para a região desaceleraram em novembro, apesar de um aumento de 22% nas exportações para a Indonésia. As exportações totais para a região caíram 27%, provavelmente devido a vários fatores, disseram os analistas.

“Uma participação de 46% do comércio para qualquer fornecedor está bem acima da norma em uma região altamente competitiva. Portanto, alguma regressão na participação de mercado ou volume era de se esperar”, disseram eles.

Além disso, novembro foi o mês mais forte de crescimento para a região em 2019. Portanto, se os volumes caíssem em 2020, novembro seria o mês mais provável. Parte do declínio também pode ser em função das datas de embarque, disseram eles.

O USDEC monitorará a demanda geral de produtos lácteos em pó na região, mas espera que as exportações dos EUA lá permaneçam mais próximas dos níveis recordes em 2020 do que na era anterior.

As informações são do Capital Press, traduzidas pela Equipe MilkPoint. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint