FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

China: coronavírus afeta vendas on-line de ingredientes para produtos lácteos

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 30/04/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

A Proteus Insight, uma empresa de pesquisa de mercado sediada no Reino Unido e focada em laticínios em mercados emergentes, começou a acompanhar as vendas de produtos lácteos nas plataformas on-line de comércio eletrônico chinês em 2019.

A empresa disse que a adoção de compras on-line na China vêm aumentando significativamente na última década, tanto em termos de compras no varejo quanto em canais de atacado/food service. Isso se dá principalmente para ingredientes lácteos, que servem como um indicador da demanda geral por produtos em todos os canais de distribuição, como manteiga e creme de leite .

A Proteus estima que as vendas on-line de creme de leite UHT representam até 20% do volume total consumido na China, enquanto a manteiga está entre 12 e 15%.

A demanda por bolos/assados ??no estilo ocidental vem aumentando acentuadamente, refletindo em produtos como manteiga, que se aproximou de 100.000 toneladas em 2019. Portais de vendas on-line, como TMall e JD, representam canais importantes para fornecedores de serviços de atacado/alimentos.

A Proteus disse que as restrições impostas na China durante o pico do surto de Covid-19 fizeram com que muitos fornecedores de ingredientes lácteos relatassem uma queda compreensível na demanda em janeiro e fevereiro de 2020, enquanto as pessoas ficavam dentro de casa, sem visitar cafés e a reuniões públicas para os festivais do Ano Novo Chinês foram canceladas. O impacto foi significativo, pois a demanda por bolos e produtos de panificação no estilo ocidental diminuiu.

A Proteus disse que as vendas de manteiga em toda a ampla amostra de diferentes plataformas de comércio eletrônico caíram 19% entre janeiro e fevereiro de 2020. A demanda por creme para chantilly UHT mais do que dobrou em março de 2020, comparado a janeiro e fevereiro de 2020, com empresas chinesas do food service buscando novamente criar estoques de ingredientes após a flexibilização das restrições no final do mês passado e no início de abril.

Como a maioria da manteiga e do creme de leite é importada na China, a desaceleração no primeiro trimestre de 2020 tem sido particularmente sentida pelos fornecedores desses produtos na Europa e na Austrália/Nova Zelândia.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint