ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

ARG: projeto deve elevar em 100% a produção até 2020

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 04/05/2009

1 MIN DE LEITURA

0
0
Apesar da complexa situação pela qual atravessa o setor leiteiro, os especialistas da Argentina buscam melhorar os níveis de produção com o objetivo de manter abastecido o mercado interno e poder aumentar ainda mais as exportações.

O Conselho para o desenvolvimento do plano estratégico da cadeia láctea e a Câmara de Produtores Leiteiros de Entre Ríos (Caproler) divulgaram a primeira etapa do plano estratégico da atividade. O projeto quer que o setor aumente seus níveis produtivos para chegar a 2020 gerando 18 bilhões de litros de leite por ano nacionalmente. Atualmente, o país produz 9 bilhões de litros. As principais províncias produtoras são Santa Fé (30%), Córdoba (30%), Buenos Aires (25%) e os 15% restantes provêm das províncias de Entre Ríos e La Pampa.

"É um plano muito ambicioso, já que o objetivo final do projeto é ir aumentando a produção para chegar a um total de 18 bilhões de litros de leite por ano a nível nacional em 2020. O aumento seria de 100%, já que atualmente o país produz 9 bilhões de litros", disse o secretário da Caproler, Horacio Mihura, que também definiu o plano como um programa "para desenvolver um setor leiteiro sustentável, com crescimento, que abasteça o mercado interno e o exportador".

Durante a jornada de apresentação do plano, que foi realizada na Bolsa de Cereais de Entre Ríos, a Caproler antecipou que não participará da Mercoláctea - uma das mostras mais importantes do país para o setor - porque "não há ânimo nem recursos econômicos". Isso mostra a realidade do setor, com produtores muito descontentes, já que não chegam a receber 1 peso (US$ 0,27) por litro (como a indústria tinha concordado com o Governo em janeiro), mas sim, 0,65 a 0,70 pesos (US$ 0,17 a 0,18) por litro, o que faz com que a atividade já não seja rentável e muitos se voltem à agricultura, principalmente da soja.

A elaboração do plano estratégico contou com a participação de industriais, pesquisadores do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), Instituto Nacional de Tecnologia Industrial (INTI), universidades e técnicos da atividade privada.

Mihura disse que o projeto se iniciou há três anos e que também prevê exportar 50% da produção com produtos de alto valor agregado, aumentando o consumo interno.

Em 24/04/09 - 1 Peso Argentino = US$ 0,27118
3,68760 Peso Argentino = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Âmbito Financiero, adaptada e traduzida pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint