ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
FAÇA SEU LOGIN E ACESSE CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Acesso a matérias, novidades por newsletter, interação com as notícias e muito mais.

ENTRAR SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

A França pode ficar sem leite?

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 17/05/2022

1 MIN DE LEITURA

0
5

Este é o alarme que a Syndilait, a associação francesa de fabricantes de leite para consumo, lançou em uma conferência, realizada há poucos dias em Paris. Um país como a França, referência na produção de leite, pode ver sua segurança alimentar ameaçada neste setor, disseram.

A razão é que os produtores não estão recebendo um valor que cubra seus altos custos de produção, que vinham subindo desde o final de 2021, mas dispararam desde a guerra na Ucrânia. O medo é que, enquanto um agricultor pode plantar girassóis este ano e cevada no próximo, um produtor de leite que feche sua fazenda, não consiga reabrir.

A Syndilait acredita que os produtores devem receber um preço de 60 centavos de euro (62 centavos de dólar) por litro e, para isso, a chave é aumentar o preço ao consumidor. O leite é um produto básico e intimamente ligado à cultura e gastronomia francesas, assim como o pão. Consequentemente, se um francês paga mais de 1 euro (US$ 1,04) por uma baguete, por que não pode pagar mais de 1 euro por um litro de leite?

O preço do leite para consumo na França aumentou 1,5% quando deveria ter subido de 20% a 25% e quebrar o teto de € 1/l que parece intransponível para distribuição – é o que reivindica a associação.

Além disso, o setor continua trabalhando na implementação do logotipo "Lait collecté et conditionné en France" (Leite coletado e embalado na França), lançado em 2015 e que já representa 60% dos produtos vendidos nas prateleiras francesas.

As informações são do Agrodigital, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint