FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Inspiração da infância

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 02/10/2020

2 MIN DE LEITURA

2
3

Veterinário paulista conta sua trajetória com a profissão e reforça a importância do bem-estar animal, especialmente no processo de secagem

Lembranças da infância na fazenda, é assim que Sérgio Carvalho Galhardo inicia sua história com a veterinária. O pequeno menino que auxiliava nos afazeres da lida diária teve seu amor pelos animais despertado acompanhando de perto os passos de seu avô e xará, Sérgio.

Produtor de leite em Tambaú, no interior de São Paulo, ele ensinou ao neto como cuidar da produção. “Passava as férias na fazenda junto com meu avô e nesse período ajudava em todas as atividades. Foi nessa época que decidi que seria veterinário”, conta Sérgio.

O desejo de criança seguiu até a juventude, quando ingressou na universidade Barão de Mauá em Ribeirão Preto - SP. Nesta época, atuou nas áreas de melhoramento genético, biotecnologia da reprodução, entre outras.

Depois de formado, abriu seu próprio empreendimento, a Foco Agronegócio que conta com uma equipe formada por veterinários e zootecnistas e presta consultoria nas áreas de reprodução, produção, nutrição, manejo, gestão, qualidade de leite, sanidade, clínica e cirurgia de bovinos, para fazendas em Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

“O principal objetivo do nosso trabalho é oferecer uma solução personalizada aos produtores, focando no bem-estar animal e no incremento produtivo”, explica Sérgio.

Para o profissional, o bem-estar animal está intrinsicamente associado ao sucesso produtivo. “Aplicar conceitos de bem-estar, como diminuir o estresse térmico das vacas, assegurar que elas estejam livre de dor e desconforto e investir em medidas sanitárias adequadas é imprescindível para qualquer sistema produtivo. Existem processos simples, que quando executados assertivamente geram resultados muito positivos”, declara.

 

A diminuição do estresse das vacas durante a secagem, período que marca o intervalo entre as lactações, é uma das medidas citadas por Sérgio como fundamentais, por ter impactos diretos na lactação seguinte.

Procurando inovações que auxiliassem no processo o veterinário conheceu o Velactis, primeiro e único facilitador de secagem existente no mercado e passou a utilizar o produto em vacas de alta produção, visando reduzir o desconforto dos animais durante a secagem.

“Conheci o Velactis em um evento de lançamento do produto. Achei a solução interessante e passei a utilizar em algumas propriedades, especialmente nas vacas de alta produção. Com Velactis o estresse das vacas no período de secagem é muito menor. Minha experiência com o produto tem sido bem positiva”, afirma.

Vendedor técnico de Campo da Ceva, Giulianno Puccini atende Sérgio e destaca que a parceria com o veterinário tem potencial para ser ainda mais forte. "Estamos estreitando os laços através do Velactis, que o Sérgio vem utilizando em várias propriedades onde ele atua. Temos certeza que estamos construindo um relacionamento duradouro", diz.

Com 13 anos dedicados ao campo, Sérgio avalia que as inovações são grandes aliadas dos produtores e reforça que o manejo adequado é fundamental para que os resultados produtivos sejam alcançados. “A evolução das atividades na fazenda deve sempre seguir em harmonia com o bem-estar animal” conta.

Quando questionado sobre sua visão da veterinária depois de adulto, o profissional reforça que o amor pelos animais se manteve o mesmo da infância.

O que se iniciou como uma brincadeira de criança, hoje, é a profissão com a qual Sérgio busca novos sonhos, seguindo pelos caminhos que o avô trilhou.

Gostou da história? Se tiver dúvidas entre em contato pelo box abaixo:

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

PEDRO DA SILVEIRA CAMPOS

PIRES DO RIO - GOIÁS

EM 05/10/2020

Gostei do artigo, principalmente por se tratar ter a mesma tragetória de vida profissional. Fui também inspirado pelo Avô do Sérgio, que desde pequeno o tive como meu ídolo, professor auto-ditada, um homem à frente do seu tempo, que me ensinou técnicas de gado leiteiro, muito antes da Universidade. Meu Pai tinha fazenda perto, e eu era frequentador assíduo, da Granja Santo Antônio do Valinho, em Tambaú - SP, onde tive oportunidade, por muitas vezes, de ajudar na pesagem de leite, um controle bi-mensal, que manteve por 50 anos. Um gado produtivo com graus de sangue Gir Leiteiro e Holandês Preto e Branco, 3/8; 5/8 e 3/4.
Fico feliz em saber da capacidade técnica deste jovem Veteriário, Sérgio Carvalho Galhardo, que tem pedigree, DNA que recebeu de seu Avô Sérgio Villela de Carvalho, e com competência exerce sua profissão.
Apesar de ter tido contato com ele menino ainda, andando agarrado nas calças do Avô, ou á cavalo que juntos saíamos pela fazenda, nem nos conhecemos mais. Me formei há 45 anos , fui para o norte de Goiás, hoje Tocantins, tendo entranhado nas veias, o amor pela pecuária leiteira, que recebemos bebendo da mesma fonte.
Parabéns Sérgio, fiquei muito feliz por te conhecer de novo neste artigo.
Pedro da Silveira Campos
Zootecnista.
BIA ORTOLANI

SÃO PAULO - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 05/10/2020

Muito bacana!
Pessoas inspiradora merecem reconhecimento.
Abraço
MilkPoint AgriPoint