FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Cochos móveis: é viável utilizar?

EDUCAPOINT

EM 14/05/2019

0
1
Na época de seca, é comum os produtores rurais utilizarem suplementação alimentar para compensar a deficiência nas pastagens. Para isso, a propriedade deve dispor de cochos.

O cocho móvel é uma excelente ferramenta de ajuda ao produtor rural quando o assunto é a recuperação de pasto e a manutenção da boa saúde do gado, seja de corte ou de leite.

As vantagens de se utilizar o cocho móvel são promissoras, já que evita o excesso de lama, esterco e urina ao redor dos comedouros fixos, eliminando a quantidade de moscas transmissoras de doenças. Além disto, o cocho móvel é capaz de proporcionar um ambiente limpo, mais seco e mais saudável para o gado.

Nos meses chuvosos, por exemplo, o comedouro deve ser mudado de lugar a cada três ou quatro dias; já em épocas mais secas, a troca pode ser feita a cada 10 ou até 15 dias. É bom ressaltar, no entanto, que independente da época do ano, tudo dependerá do clima e do número de animais no rebanho. Se notado o acúmulo excessivo de sujeira ao redor do cocho, este deverá ser mudado de lugar o quanto antes.

Outra característica positiva que não deve deixar de ser mencionada é o fato de a movimentação do trenó pelo pasto acabar trabalhando na distribuição do esterco pela área, economizando na adubação química da pastagem.

Cocho-trenó

Uma opção para uso do cocho móvel é o cocho-trenó, desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sudeste. Muito resistente e fabricado de material plástico que iria para o lixo, cada módulo do cocho móvel possui 2,80 metros de comprimento, por 1,70 metro de altura. Apoiado sobre dois esquis, o que permite mantê-lo em posição mais elevada em relação ao solo, o cocho pode ser amarrado por uma corda na parte dianteira de cada módulo e puxado de lugar a outro na fazenda por um trator, o que lhe confere o nome de cocho-trenó.



O agrônomo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Pecuária Sudeste, André Pedroso, explica que o cocho é fabricado por uma entidade beneficiente. O comedouro foi desenvolvido com o apoio da Embrapa que, há mais de 20 anos, trabalha com o modelo, também conhecido como cocho-trenó.

Outra característica central é que, apesar das aparências, ele não é feito de madeira e sim de um material reciclado. É uma matéria-prima conhecida como madeira plástica. Além desse cocho maior, a Embrapa também utiliza comedouros menores, para bezerros, e ainda mourões, para cerca elétrica. Tudo feito com a mesma madeira plástica.







Tryber Tecnologia

Outra opção é o cocho movel desenvolvido pela startup brasileira Tryber Tecnologia. Lançado em setembro de 2017, o equipamento proporciona economia, ao otimizar a mão de obra e frete, além de acelerar o ganho de peso dos rebanhos.

Segundo a empresa, a máquina possui um compartimento fechado, onde os grãos ficam protegidos do ambiente externo e sem contato com as seções onde os animais se alimentam. Além disso, o abastecimento do cocho é automático e a ração é disponibilizada conforme a demanda, evitando assim que se deteriore por contato com saliva. Dessa forma, o abastecimento do tratador pode ser realizado uma única vez em períodos que chegam a três semanas, enquanto que, em cochos fixos, deve ocorrer três vezes ao dia.



Outra vantagem do equipamento é que ele pode ser deslocado até o campo e abastecido por caminhões ou carretas graneleiras. Essa mobilidade também atende às necessidades da Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), sistema de manejo que vem representando uma revolução no campo.

O pecuarista Rubem Kudies, de Chiapeta (RS), explica que essa locomoção do tratador permitiu que os animais se aglomerassem em pontos diferentes de sua propriedade por períodos determinados, o que evitou a compactação do solo e surgimento de lamaçais.

“Em qualquer estrutura de confinamento ou de suplementação que utilize cochos fixos, a chuva resulta em problemas de barro, o que força a mudança de local a cada 15 dias”, diz. Além disso, Kudies ressalta que o cocho móvel também ajudou na adubação das terras. “A mobilidade facilita muito, além favorecer o manejo do próprio esterco, possibilitando que diferentes pontos do terreno sejam fertilizados periodicamente”.



Segundo ele, a máquina é abastecida automaticamente com milho, grão inteiro e aveia para fazer a complementação, principalmente de animais que saíram da pastagem de inverno e não ficaram prontos. Como o alimento permanece sempre à disposição do rebanho, é possível administrar, pelo menos, 150 animais em 20 metros de borda de cocho.

“Pode-se levar a suplementação de ração ou proteinados até o gado na pastagem, que, assim, acaba se alimentando com uma melhor nutrição, o que resulta em ganho de peso, maior ritmo de crescimento e melhor taxa de lotação (UA/ha)”, afirma.





Você tem experiência com o uso de cocho móvel? O que achou dessa proposta?

Se você gostou desse conteúdo, poderá se interessar por diversos temas relacionados ao manejo de bovinos de leite e de corte, oferecidos pela plataforma de cursos on-line EducaPoint. Já são mais de 145 cursos diferentes que podem ser adquiridos separadamente, obtendo-se, dessa forma, acesso vitalício a seu conteúdo.

Há ainda a possibilidade de assinar a plataforma em um plano semestral ou anual, o que lhe dará a acesso a TODO O CONTEÚDO por um preço único durante o período de assinatura. Clique aqui e escolha seu plano.
 

Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 


Fontes consultadas:

Cocho trenó apresenta maior durabilidade (https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/2030432/cocho-treno-apresenta-maior-durabilidade)

Cocho móvel e ecológico desperta o interesse de criadores de gado (https://www.cpt.com.br/noticias/cocho-movel-e-ecologico-desperta-o-interesse-de-criadores-de-gado)

Cocho móvel e ecológico traz vantagens ao criador (http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2014/09/cocho-movel-e-ecologico-traz-vantagens-ao-criador.html)

Cocho móvel promete eliminar a perda de ração na pecuária (https://canalrural.uol.com.br/noticias/cocho-movel-promete-eliminar-perda-racao-pecuaria-70580/)

http://www.tryber.com.br/pt/portfolio/tratador-de-animais-movel
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.