ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Cultura negativa: se eu não tratar, qual o risco?

Essa é uma pergunta muito frequente entre produtores e técnicos que passam a adotar a ferramenta de cultura na fazenda. Neste artigo, vamos respondê-la juntamente com outra questão muito presente no nosso dia a dia: resultado de cultura negativa, o que fazer com esta vaca? Vamos lá?

Resultado de cultura negativo: se eu não tratar, qual o risco?


Para responder esta questão, vamos analisar os resultados de um estudo realizado pela equipe de uma das maiores especialistas em mastite, Pamela Ruegg, da Universidade de Wisconsin, nos EUA.

O trabalho teve como objetivo comparar o tratamento intramamário de cinco dias com cloridrato de ceftiofur com o não tratamento de casos de mastite clínica de grau leve, cuja cultura microbiológica tenha sido negativa (sem crescimento).

Foi observado a partir dos resultados que não houve diferença significativa entre os grupos (tratado e não tratado). O tratamento com antibióticos não mostrou benefícios em relação a retorno econômico, melhorias nos sinais clínicos, aumento da produção de leite e diminuição de CCS, como podemos observar nos gráficos abaixo.

 

Respondendo à pergunta inicial, com base no estudo, não houve riscos ou prejuízos em não se realizar tratamento com antibióticos em animais com mastite clínica de grau leve e que apresentem resultados negativos na cultura microbiológica. Isso reforça mais uma vez a importância do correto diagnóstico clínico, bem como a informação do agente que está causando a infecção.

Fonte: Fuenzalida, M.J.; Ruegg, P.L. Negatively controlled, randomized clinical trial to evaluate use of intramammary ceftiofur for treatment of nonsevere culture-negative clinical mastitis. Journal of Dairy Science, v. 102, p. 3321-3338, 2019.

 

Resultado de cultura negativo: o que fazer com essa vaca?

Vale lembrar que, se o resultado de cultura foi negativo, provavelmente é porque essa vaca se curou sozinha da infecção. Com isso, o que se faz para ajudá-la é (se for o caso de mastite leve ou moderada, ou seja, apenas grumo e/ou peito inchado) aplicar um anti-inflamatório.

O anti-inflamatório vai reduzir o sinal clínico (grumo e inchaço do peito), possibilitar mais conforto para o animal, diminuindo dores, estimulando a ingestão de alimentos e água, ou seja, facilitando a recuperação.

Mas atenção! Mesmo nos casos negativos, deve-se monitorar a vaca por 4 dias. Se o grumo ou outro sinal clínico não desaparecer, neste caso, deve-se iniciar o tratamento com antibióticos.

Se for o caso de mastite grave, onde a vaca apresenta febre, perda de apetite, apatia, perda de ingestão de água... Neste caso, não se pode esperar para iniciar o tratamento da vaca, ele deve ser iniciado imediatamente. Além do uso de antibióticos, recomenda-se fazer soro oral ou intravenoso e dar toda a terapia de suporte necessária para o animal, evitando uma perda de quarto mamário e, no pior dos casos, o óbito.

Vídeo: Resultado de Cultura Negativo: O Que Fazer com Essa Vaca? | Minuto com Especialista #2

Ficou alguma dúvida? Para saber mais, convidamos você a escutar o nosso podcast, no qual abordamos o assunto “Qual o risco de não tratarmos um caso negativo de mastite clínica”: quero ouvir. E também não esqueça de nos acompanhar em nossas redes sociais!

Até a próxima!

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint