Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

EUA: exportações de lácteos entram em território positivo e alcançam US$ 402 mi em agosto

postado em 14/10/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

exportações de lácteos - estados unidos As exportações de lácteos dos Estados Unidos alcançaram US$ 402 milhões em agosto, 3% a mais que em agosto do ano passado e o primeiro aumento interanual em mais de dois anos. Em termos de volume, os exportadores venderam 172.764 toneladas de leite em pó, queijo, manteiga, soro de leite e lactose durante o mês, 23% a mais que no ano anterior e o maior volume desde maio de 2015.

As vendas ao México foram de US$ 119,5 milhões, o maior valor em 10 meses, e aumentaram 31% com relação ao ano anterior. As exportações de leite em pó ao México foram recordes, em 32.883 toneladas, 80% a mais que no ano anterior.

As exportações de produtos de soro do leite à China mais que dobraram com relação ao ano anterior e foram responsáveis por 45% do total dos envios de soro do leite dos Estados Unidos. O volume de soro do leite desidratado foi o maior desde maio de 2015, liderado pelas vendas recordes à China (9.308 toneladas). As exportações de concentrado de proteína do soro do leite à China permanecem fortes também; no período de junho a agosto aumentaram 38% com relação ao ano anterior.

As exportações de queijos também entraram em território positivo. O volume em agosto foi de 22.710 toneladas, mais que em agosto do ano passado, marcando o primeiro ganho com relação ao ano anterior (ainda que pequeno) desde setembro de 2014. Os envios para os três principais mercados, México, Japão e Coreia do Sul, caíram 15% em agosto, mas isso foi compensado por um aumento de 20% a todos os demais destinos - liderados pela região do Oriente Médio/África do Norte, América Central e Sudeste da Ásia.

Em uma base de sólidos totais do leite, as exportações dos Estados Unidos foram equivalentes a 16% da produção de leite do país em agosto - as maiores desde abril de 2015.

Vale a pena ler também: 

EUA: exportações de leite multiplicaram por cinco, em cinco anos

As informações são do Conselho de Exportações de Lácteos dos Estados Unidos (USDEC), traduzidas pela Equipe MilkPoint.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade